Últimas

Sexta-Feira, 29 de Junho de 2007, 18h:46 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

EMBATE JURÍDICO

MCCE reage e ataca os 3 petistas denunciados

      Integrantes do Movimento Cívico de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que sempre levaram o carimbo de aliados do PT, agora resolveram agir com imparcialidade e, por conta disso, motivaram uma briga e embate jurídico interessante. Nesta quinta, o MCCE foi à Justiça Eleitoral denunciar os deputados petistas Carlos Abicalil e Alexandre Cesar e o vereador Lúdio Cabral. Acusaram os três de fazerem propaganda extemporânea e ainda de usarem indevidamente o ProUni para promoção pessoal.

   Abicalil, Alexandre e Lúdio, acostumados a atirar pedra, agora viraram vidraça. E não gostaram. Nesta sexta, em resposta, disseram que os integranrtes do  MCCE estão equivocados, foram irresponsáveis e maldosos ao denunciá-los sem fundamento. Agora, é a vez do MCCE reagir. Confira abaixo a nota na íntegra do líder do Movimento, Antônio Cavalcanti, o Ceará.

NOTA PÚBLICA

"Diante das declarações formuladas pelos políticos Carlos Abicalil, Alexandre César e Lúdio Cabral, classificando como irresponsável a denúncia do
Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral (MCCE) contra suas respectivas campanhas extemporâneas, levadas a cabo através de representação junto ao
Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na data de 28 de junho do corrente ano, vimos a público escalrecer que:

1)    A legislação que trata de período de campanha eleitoral é específico e claro, assim como a que impõe regras para o uso de símbolos oficiais. Ao afixar seus respectivos materiais de campanha e utilizar símbolos oficiais do Governo, os três políticos incorreram em grave crime eleitoral. Do contrário, devem provar na Justiça.

2)    O MCCE surgiu do interesse mútuo de ativistas interessados em um Brasil mais próspero e digno para os brasileiros, o que, começa, evidentemente, com uma organização política séria, respaldada na democracia,
na ética e na moral.

3)    Ao levar a denúncia contra os três políticos à Justiça Eleitoral, o MCCE cumpre com o seu papel para a qual surgiu, ascendendo na esperança de que a Justiça Eleitoral brasileira tome as providências, dentro do entendimento da legislação violada, contra aqueles que se arvoram do poder e usam apenas e tão somente em seu benefício.

4)  O MCCE, portanto, rechaça de maneira categórica que tenha agido de forma equivocada ou irresponsável. Muito pelo contrário. Consideramos que o Movimento agiu de maneira sensata e correta. Irresponsável seria não levar tamanha tortura contra as leis ao conhecimento das autoridades.

5)  Criado há sete anos, o MCCE em Mato Grosso reafirma neste momento seus propósitos. Mais experiente, queremos tranqüilizar a sociedade deste Estado e dizer que nenhum tipo de observação malfadada como feita pelos três políticos irá desmotivar seus integrantes da luta por um Estado ético e
democrático. Do alto da nossa isenção, seguiremos combatendo propagandas extemporâneas, como essa de agora; a exemplo dos anos anteriores, vamos
seguir denunciando as campanhas milionárias que, no final, ainda deixam saldos devedores contra empresas e também cabos eleitorais, e também os "caixa dois" de candidatos; bem como a tradicional e desgraçada compra de votos.

Diante do exposto, nos colocamos a disposição de quem quer que seja, especialmente da imprensa, para eventuais esclarecimentos."

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • LUCIO ALMEIDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Espero que esse episodio nao seja uma farca, pois, esse pessoal das "denuncistas" geralmente sao pessoal do PT. Esse Ceara, sempres esta em reuniao com o pessoal do PT. Temos que acreditar, Mais abre o olho companheiro....

Corrida de Teis no noticiário nacional

waldir teis 400 curtinha   As imagens que mostram o conselheiro afastado do TCE Waldir Teis (foto) descendo em alta velocidade as escadas de um prédio para jogar no lixo vários cheques rasgados que somavam R$ 450 mil ganharam o noticiário nacional, com destaque neste domingo em veículos, como Folha de S. Paulo, G1 e IG....

Esforço de ex-senadora para eleger 2

rafael ranalli curtinha 400   Eleita no pleito de 2018 e cassada em definitivo em abril deste ano, a ex-senadora Selma Arruda, presidente do Podemos de Cuiabá, pode deixar o partido após o processo eleitoral deste ano. Segundo informações, a juíza aposentada se afastaria da política partidária para...

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.