Últimas

Terça-Feira, 06 de Outubro de 2009, 11h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

GREVE

Médicos discutem emendas; mais 40 pedem demissão

   Representantes do Sindicado dos Médicos de Mato Grosso (Sindmed) se reuniram nesta terça (6) com o presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Deucimar Silva (PP), e agendaram uma audiência pública para esta quarta (7). Na ocasião, os médicos vão debater emendas que contemplem a categoria na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2010 e no Plano Plurianual.

   A reunião entre os médicos e Deucimar também foi acompanhada pelos vereadores que compõem a Comissão de Constituição e Justiça, Domingos Sávio (PMDB), Everton Pop (PP) e Antônio Fernandes (PSDB), além dos membros da Comissão de Economia e Finanças, Ivan Evangelista (PPS), Chico 2000 (PR) e Roosivelt Coelho (PSDB).

   Os médicos aproveitaram para informar ao presidente do Legislativo sobre o resultado da assembleia geral do Sindmed, realizada na noite desta segunda (5). A categoria decidiu pela continuidade da greve.

   Nesta terça, mais 30 pediatras deixam de atender pela rede municipal de Saúde. Eles pediram demissão em massa há um mês e cumpriam aviso prévio. Outros 24 cirurgiões já haviam ingressado com pedido de desligamento das funções e, desde então, pararam de trabalhar. Segundo informações do Sindmed, 10 anestesistas e 30 médicos de outras especialidades protocolam nesta terça na prefeitura novo pedido de demissão em massa. 

   A pedido do Ministério Público Estadual, a Justiça concedeu uma liminar no final de semana que obriga  a prefeitura e o governo do Estado a pagar as despesas em hospitais particulares de pacientes graves, que deveriam ser atendidos no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá. (Patrícia Sanches e Andréa Haddad)

(19h20) - Antônio Fernandes garante que não participou de reunião

   O vereador Antônio Fernandes (PSDB) nega ter participado da reunião entre o presidente Deucimar e os médicos cuiabanos. O tucano garante que acompanhou a sessão ordinária desta terça (6), reforça que realmente haviam profissionais da saúde na Casa, mas não sabe se a reunião aconteceu de fato.

   Eis, abaixo, a nota enviada por Antônio Fernandes

   "Em referência à materia acima, temos a esclarecer que:  como de costume, participei hoje atentamente de toda a sessão e, apesar de ter observado a presença do presidente do Sindicato dos Médicos e do Presidente do Conselho Regional de Médicina na galeria da Câmara, em momento algum este vereador participou de reunião entre o presidente da Câmara e os representantes dos médicos e membros das Comissões de Constituição Justiça e de Finanças, como fora publicado. Se houve a reunião, este Vereador não foi convidado e, conseguentemente, não participou! "
   Atenciosamente
   Vereador Antônio Fernandes

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • maria lucinda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prefeito não perde tempo aproveita e demita esse secretario/saude que tá tumutuando a condição dos medicos... e resolva logo esse abacaxi, as eleições ja esta bem ai, abre o olho companheiro.....

  • efigenia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ao invés de demitir o Sec. Luiz Soares ,demita esses mercenários,máfia de branco ou mrlhor manda prendê-los.Não querem trabalhar,safados,trata mal os pacientes, sem educações aliás não são todos aqui mesmo no Pascoal Ramos são bons,com a esse Secretario que melhorou a Saúde porque qdo. era Sec. Médicos não prestava agora não melhorou muito,falto O BUTINUDO investir que não investe nada só soube fechar os Hospitais :Modelo,São Tomé,das Clìnicas e outros beneficiando os seus amigos Butinudos infelizmente povo de Mato Grosso.

  • MARCOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os sindicatos tem todo o direito de reenvindicar seus direitos,concordo com as manifestações mas esta ultrapassa o sensso, o radicalismo já provou no mundo inteiro que só prejudica povos, então caros médicos já passou da hora de vocês abaixarem a bola e tambem dar mão a palmatoria, porque o que parece e que vc estão querendo e travar queda de braço com o poder publico, e que estão seguindo orientação de fora do sindicato coisa que e imoral e uma falta de respeito com quem precisa do sistema de saúde, esta e minha opinião de indiguinação, não tenho lado mas to lendo saites e acompanhando jornais e vejo e analiso a situação e to vendo que vocês que estão erados.

  • leo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o efigenia, voce esta sendo muito racista
    além de incompetente, vc nao quer ver a realidade.
    visite o pronto socorro e depois de seu comentário, se aquilo serve pra vc, tudo bem, então fale por vc,
    o que os medicos estão fazendo é pra população,
    alhias se vc está satisfeita com isso, é porque sua casa deve ser pior né

  • AUGUSTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caos na saude, e o prefeito só quer saber de reuniao e jantares politicos,so para defender o seu ego politico,ganancia de poder,tanto ele como o luis soares tem planos de saude com direito a uti movel,jatinho e tudo mais que o dinheiro possa oferecer,e o povo nem hospital decente tem.

  • NILSON | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uaiiii so,vi uma materia em que wilson esta pedindo arrego($$$) para o blairo maggi,logo vc wilson que no interior anda falando mal dele pelas costas,a prefeitura nao tem dinheiro??

    Ate pouco tempo estavam nadando no dinheiro,fizeram a reforma da praça 8 de abril e gastaram 700 mil,cerca de 30 carros populares de 25 mil cada,obra de reforma de uma praça,pasmem senhores, e os 100 mil da rotatoria mal fadada do dispraido,e o aumento que a prefeitura deu de 400% no orçamento para propaganda na tv,radio e jornal??

    Ta provado que o pinoquio nao tem a minima condição de administrar uma cidade,que dira um Estado,volta pra sala de aula,pinoquio!!!!

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...