Últimas

Quarta-Feira, 09 de Setembro de 2009, 09h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE PÚBLICA

Médicos mantêm greve e só negociam se Soares "cair"

    Após reunião que durou mais de quatro horas, os médicos da rede básica de saúde de Cuiabá decidiram, nesta terça (8), pela continuidade da paralisação dos serviços, pelas demissões em massa e descartam a possibilidade de sentar à mesa de negociação enquanto o secretário de Saúde for Luiz Soares. Querem a "cabeça" do tucano de qualquer maneira. “Isso se tornou uma questão de honra. Estamos cansados de ser boi de piranha. Não somos os culpados por esse caos da saúde”, diz o presidente do Sindmed, Luis Carlos Alvarenga, em entrevista ao RDNews nesta quarta.

   Segundo ele, o ofício encaminhado pelo prefeito Wilson Santos (PSDB) não contemplou nenhuma das reivindicações. “Ele (prefeito) não respondeu nada e só quer ganhar prazo. Apenas disse que talvez possa mudar alguma coisa, por isso mantivemos a paralisação e as demissões”, argumenta Alvarenga.

  O médico pondera que a situação vem se agravando há 20 anos e que agora está insustentável. “Os médicos também estão doentes. Não temos condições de trabalho”, ressalta. Ele lembra que desde que o movimento teve início, o Conselho Regional de Medicina está fiscalizando com mais frequência às unidades de saúde. “As constatações não têm sido nada boas. Faltam insumos, equipamentos e até papel para escrever. Não sei a onde estão os investimentos anunciados pela administração”, questiona Alvarenga. O presidente do Sindmed cobra o fato do Tribunal de Contas e o Ministério Publico não investigarem os supostos desvios na pasta da Saúde da Capital. “Até hoje não sabemos sequer o porque houve a queima do depósito no Dom Aquino. Esses órgãos deveriam agir mais”, avalia.

    Os médicos pretendem colocar o prefeito “contra a parede” e vão comunicá-lo de que se não exonerar Soares não haverá mais negociação. “Enquanto ele for secretário não sentaremos na mesa para conversar”, avisa Alvarenga. Ele sustenta que o secretário age como se vivesse num regime totalitário e que não tem condições de lidar com a parte humana da pasta. “Não estamos questionando a atuação de Soares administrativamente, mas sim como ele lida com os servidores. Ele não tem condições de permanecer na pasta e o prefeito tem que entender isso”.

    Por meio da assessoria, o secretário Soares argumenta que ainda não tomou conhecimento sobre a decisão dos médicos, que fizeram assembleia-geral nesta terça.  (Patrícia Sanches)

(Às 12h50) - Prefeito faz apelo para categoria dos médicos suspender greve de imediato


Ao lado do secretário Soares, Wilson Santos (de costas) debate com médicos na presença de vereadores

   Wilson Santos afirma ter feito apelo à diretoria do Sindmed para que seja suspensa a paralisação na rede básica de saúde, durante reunião de negociação com a classe. Reforça a necessidade de se manter os serviços em defesa do usuário do SUS. Segundo o Palácio Alencastro, mesmo o processo de negociação tendo sido acordado com os médicos, o presidente do Sindmed, Luiz Carlos Alvarenga, disse que apenas entregaria a pauta de reivindicações e seguiria com o movimento de paralisação e a manutenção dos pedidos de demissão e que ali encerraria a sua participação na reunião.

    “Se vocês concordaram em abrir o processo de negociação na terça-feira, não há porque suspenderem o diálogo", disse o prefeito. Ele diz reconhecer o direito democrático do movimento dos médicos, mas destaca o interesse único e supremo de ambas partes que é de garantir o acesso aos serviços de saúde ao cidadão que necessita do SUS.  Santos analisou cada um dos 14 itens do documento entregue pelo Sindmed e nesta quarta vai encaminhar um ofício ao sindicato com o pedido de suspensão da greve e ainda um prazo de 15 dias para responder às reivindicações. “Precisamos de um prazo mínimo para analisar uma a uma as exigências e respondê-las com base em documentos oficiais que comprovem a possibilidade de atendê-las ou não”, frisou.

    Alguns pontos da pauta foram sinalizados pelo prefeito e pelo secretário de Saúde, como passíveis de serem atendidos, a exemplo da questão do acesso dos profissionais no período noturno ao Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC). Hoje, para garantir o mínimo de segurança a funcionários e pacientes, para preservar o patrimônio público e também coibir o abandono dos plantões por parte dos trabalhadores, prejudicando o atendimento ao paciente, a administração da entidade fecha os portões a partir das 22 horas. O vice-prefeito Chico Galindo sugeriu a instalação de um circuito interno de TV para fazer este monitoramento.

   Sobre o pedido da criação de um posto da Central de Regulação dentro do HPSMC, o secretário Luiz Soares orientou o diretor do Pronto Socorro, Huark Correia, a estudar a possibilidade de atender a reivindicação. Ao comentar o item “mais condições de trabalho”, o prefeito lembrou que a gestão tem feito investimentos importantes e que inclusive colocam Cuiabá em condições bastante favoráveis nas pesquisas que tratam da melhoria da qualidade de vida da população em nível nacional. Os médicos ainda exigiram o pagamento imediato do Prêmio Saúde Cuiabá referente ao mês de dezembro de 2007 devido à classe. Luiz Soares informou que o débito está sendo quitado paulatinamente, por categoria de trabalhador, e mesmo adiantando não ter dinheiro em caixa para pagar a dívida, que chega a R$ 500 mil, acatou o pedido do prefeito para levantar a possibilidade de apressar o pagamento.

--------------------------------------------------------
Clique no play e veja entrevista de Alvarenga à TV Rondon

Postar um novo comentário

Comentários (37)

  • Petronio Portela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa manifestação de greve é política. É contra o Prefeito, contra a população de Cuiabá. Explique-se Dr. Alvarenga o que você estava fazendo no gabinete de Silval Barbosa antes da reunião com Wilson Santos? O que Silval tem a ver com a saúde pública? Combinando o que ???? Cuidado que existe efeito bumerang............

  • gustavo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a frase:Os médicos estão doentes.Doentes de safadesa,não querem trabalhar,mas querem receber.Criam vergonhas e vão trabalhar honrar os seus salários que o povo paga através dos impostos.Cadeia nele,p/o Pfresidente da Sindimed.

  • Mara Cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O prefeito além de ter respondido todas as solicitações do sindimed, convidou para hoje o Dr. Alvarenga para reunir no gabinete, porém o Dr. Alvarenga se negou. Então o que este médico está querendo ??? É negociar ou badernar ??

  • Maranhão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O négocio do Dr. Alvarenga é os 8 milhões da reforma do Pronto Socorro. Tem uma turma patrocinando esse movimento do sindmed e o Dr. Alvarenga está obtendo dividendos. a missão dada ao Dr. Alvarenga é endurecer o movimento mesmo que morra gente, para que haja atroca de secretario da pasta e nisso a turma do mal atua.
    De olho no Dr. Alvarenga Ministério Público.........

  • Ana Maria Correa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem for sábio ver que o movimento é politiqueiro e que há uma certa combinação: Vejam só: PAC / MP ; daí as coisas somem da mídia. Vem o anuncio da Reforma do Pronto Socorro visando a melhoria de todas as condições dos serviços, então entra na mídia a manobra do SINDMED, articulam a briga no PDT para saída do Sec. Souza, Pedem a saíde do Sec. Edivá, ou seja, numa clara visão de que há um grupo político tentando desestabilizar a gestão de Wilson Santos, devido ao prefeito está sendo bem pontuado nas pesquisas. O negócio é não se abalar e tocar a administração para frente com foco no que é bom para a sociedade.

  • Paulo Roberto Silveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que o WS vai mais uma vez mostrar que não administra a cidade? Desde o primeiro mandato ele sempre cedeu a pressões e nesse segundo irouo refem de vez. O Toninho de Souza e o Adevair exigiram a nomeação do Aurelio Augusto, que até agora não disse ao que veio, tamanha é a incompetencia. Ele está destruindo tudo o que o Sinohara construiu com competencia. Agora o Toninho que sempre foi golpista está armando outra, chantageando o prefeitoi para ele demitir o Josué de Souza. No episódio do PAC não pensou duas vezes e jogou o Zé Rosa na toca do leão só pra ficar bem. Antes teve a troca na secretria de comunicação , nunca explicada devidamente. Como quem está comandando a secretaria na prática é o Antero, deve ter cedido a pressão do proprio e da Gazeta, de onde o Antero saiu. Agora se demitir o Luis Soares vai mostrar que nao manda nada e que se for eleito governador será apenas um marionete nas mãos de corporações, de grupos economicos e políticos...Pense bem, galinho.. Pense bem.. Vai, como tem feito até agora abrir mão da competencia, da integridade e da lealdade?

  • Amanda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É isso que os médicos de cuiabá querem atender em vários lugares como acontece c/pronto Socorro de varzea Grande, Dr. Lafetá só está viajando sombra e água fresca.
    Em Cuiabá o Secretário Luiz Soares não deixa acontecer essa baderna por isso os médicos querem fazer greve p/tirar o Secretário que tem comprometimento com o POVO DE CUIABA. População Invada o SINDIMED, Cobra uma atitude digna desses médicos mercenários, coloquem essa máfia de branco para trabalhar já........

  • solange | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Você no Gabinete do Silval Barbosa,fazendo o quê?Fazendo Negociata suja,?Todo esse dilema desses médicos é politicagem,vamos população ajudar Wilson Santos a Governar Cuiaba,vamos dar banana p/o povo da BOTINA,não vamos eleger ninguém desse Governo que nada fez p/o povo de CUIABA eim p/as FAZENDAS deles,tem nojo dos CUIABANOS.Cinval Barbosa quem é você?2º Carlos Bezerra?O Homem da Denuncias?Vamos fazer Política Limpa,Inteligente o povo não querem saber de politica MELDÍCRE,Povo Matogrossense não tenho Certeza.Maria Cristina você tem Duvida o que esse Médico(Dr. Alvarenga Quer?É baderna mesmo.

  • Maria Lobão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É possível compreender o choro de distrato, se é que é verdade... do Secretário Luiz Soares e da Dra. Carolina. Alguém já viu o nome dos dois envolvidos com roubo, desvios de verbas públicas, privilégios, enriquecimento ilícito, luxos, etc... ?
    O que é melhor ter um secretario e uma chefe de gabinete bonzinhos, cheios de tapinhas nas costas, cheios de risos, etc..........

  • cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    wilson Santos não desanima,procura dar respostas p/ a turma da botina c/trabalho, atendendo os anseios da população Cuiabana.Sociedade Cuiabana não somos bobos não,vamos mostrar para a turma da botina que somos inteligentes nos resultados das pesqusias.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.