Últimas

Terça-Feira, 01 de Setembro de 2009, 21h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE PÚBLICA

Médicos se reúnem com prefeito e não pedem demissão


Com camisetas com a frase "Basta, prefeito!", comissão de médicos se reúne com prefeito Wilson Santos

  Após muito barulho, com direito a protesto nas ruas e no Palácio Alencastro e ainda a pronunciamento na sessão ordinária da Câmara Municipal, oito representantes dos médicos, trajando camiseta de cor branca e com a frase em destaque "Basta, prefeito!" sentaram com o prefeito Wilson Santos (PSDB) para uma conversa dura. Eles integram o quadro de cirurgiões lotados no box de Emergência do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá e tinham anunciado demissão em massa, em protesto ao que chamam de ingerência do secretário municipal de Saúde, Luiz Soares. A reunião demorou mais de uma hora.

   Santos propôs e os representantes acatassem a proposta de suspender o pedido de demissão coletiva e criassem uma comissão para retomar as negociações. Assim foi feito. Haverá novo encontro entre a comissão e o prefeito na quinta (3). O próprio Wilson Santos compõe a comissão de negociação, assim como o vice-prefeito e secretário municipal de Orçamento, Planejamento e Gestão, Chico Galindo, o secretário de Saúde Luiz Soares e o diretor-geral HPSMC, Huark Correia. Os médicos terão a mesma quantidade de representantes na comissão. “Fiz questão de recebê-los porque respeito a categoria e reconheço o importante papel que desempenham na saúde pública”, diz o prefeito, ao abrir a reunião. Santos disse que os médicos deveriam fazer reivindicações também aos governos governo estadual e federal, já que o SUS é financiado pelas três instâncias administrativas.

    "Em nome do usuário do SUS, sugiro o restabelecimento do canal de comunicação entre a gestão municipal e a categoria com a finalidade de continuarmos as discussões em torno de uma pauta de reivindicações”. O prefeito garantiu que não tinha conhecimento de nenhum movimento de protesto por parte dos cirurgiões do Pronto-Socorro. “Recebemos apenas a pauta de reivindicações de médicos do PSF”, diz Santos, ao garantir que, ao contrário do que vinha sendo anunciado, nenhum médico de PSF apresentou pedido de demissão.

    O prefeito disse que o HPSMC é importante para todo Estado e região, principalmente no atendimento de urgência e emergência. “Temos a melhor equipe de profissionais de Mato Grosso, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos e demais profissionais da saúde que lá trabalham, salvando vidas e muitas vezes trabalhando em situações adversas. Lembro, que a remuneração final desses mesmos profissionais está dentro do padrão nacional", afirmou o prefeito. Disse ainda que está aberto às negociações.

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • maga | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse acordo vai ser gordo.....escuta o que estou falando....não vai sair barato....não é feio trocar secretario ate acertar....o que não pode e ficar esses cãos na saude, e pessoas achando que são Deus como o tal Marcos Aurelio da Tensão Basica, ditador e autoritario, igualzinho ao chefe Indio Cabeção. O cara esta abusando da sorte, e deixando o povo a merce, sem medicos nos postos e PSF, confira Romilson, não é dificio ver isso, vem aqui no PSF Colorado, tem equipe sem medico.

  • Deise Ondina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Voces médicos do pronto socorro não tem
    o apoio da população!!! poque são sem educação e brutos. entreguem o pedido de
    demissão! tem outros querendo trabalhar!!!
    voces vão ficando antigo no cargo vão ficando
    com preguiça,ai começa procurar um probleminha aqui outro ali, e assim vai!!!
    Vocês gostam mesmo é de faltar plantões e sair durante os plantões. A saúde antes era bem pior, agora vcs falam que a saúde esta em coma porque vcs médicos estão sendo cobrados a cumprir horário para atender ao povo que tanto necessita. Nenhum secretário teve peito para cobrar de vcs médicos, agora que vcs encontraram um, ficam querendo fazer mobilização. Mas pelo que vi nos noticiários, são 800 médicos e ontem na passeata somente tinha 16 médicos. Bela mobilização a de vcs. Vão trabalhar e percebam que nem os médicos colegas aprovaram a mobilização, pois foi um fiasco. Porque vcs não pediram a demissão ???? Parem de bobagens e vão trabalhar ........

  • Petronio Portela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Decência e Carater, coisas que estão faltando
    prá esses médicos!!! essa manobrinha dos
    médicos não vai dar em nada,podem ter certeza!!! se isso acontecesse os médicos
    iriam pegar uma corda só!!! luis soares é firme
    não aceita intimidações e imposições,por isso
    a raiva dos médicos. peçam demissão,não
    fiquem só ameaçando, péça já!!!
    Basta parar para pensar: No PSF o médico ganha o salário final em torno de 7 mil para fazer saúde preventiva e clinica geral básica, de segunda a sexta, exceto sabados, domingos e feriados, se pedem demissão pergunto: Onde eles vão fazer clínica geral para ganhar esse valor ??? São 800 médicos, onde o mercado privado vão acolher esses 800 médicos se pedirem demissão em massa ??? sabe o que vai acontecer, a maioria vai ganhar menos da metade do que ganham hoje, pois os hospitais privados já tem suas equipes montadas, então eles vão fazer o que ??? Pura balela dessa Dra. Eliana e sua companheira Dra. Marcia, que não sei onde elas atendem na rede privada. Na rede privada, por exemplo, elas não tem espaço, e são elas que estão fazendo essa movimentação. Percebam a politicagem, porém tiveram um resultado pífio. Somente 16 médicos foram na manifestação........ hahahaha. Vão trabalhar...............

  • Tom | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seria bom mesmo que esses médicos mal educados realmente tivessem a coragem de pedir a demissão. O secretario não realiza consultas e nem cirurgias, mas cobra desses médicos mal educados que pensam que são deuses. As pessoas são muito mal tratadas pelos médicos, eles não olham na sua cara, não dá nem um bom dia e detestam trabalhar, mas adoram ganhar dinheiro do SUS, nisso esses médicos são especialistas. Já fui uma vez na ouvidoria reclamar de mau atendimento de médico do Pronto Socorro e na conversa com uma funcionária da ouvidoria, ela me disse que existem inúmeras reclamações de péssimo atendimento por parte dos médicos. Acho bom mesmo que existe alguém que cobra e faz esses semi deuses trabalharem............. O povo não apóia esse movimento dos médicos, eles somente pensam neles e querem usar a opinião pública para se beneficiarem. Tudo isso é politicagem da parte desses médicos. Mandem eles trabalharem que é melhor..... ou então dá a vaga para quem quer........

  • mara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vejam o que a população pensam desses médicos:
    “Mercenários! É um bando de mercenários!” Gritou indignado um senhor de pele morena, queimada do sol do trabalho dia-a-dia, ao ver a passeata dos médicos reivindicando melhores condições de serviço e aumento do piso salarial. Aliás, ‘bravo’ mesmo ele ficou ao descobrir o quanto os funcionários da saúde já ganham.
    “Esse médicos que estão ai são os mesmos que te atendem mal no pronto socorro. Só sabem receitar dois remédios: paracetamol e amoxicilina. De resto, até para tomar um injeção você tem que pedir”, desabafou, Pilades Bruno de Campos, de 53 anos.
    “São eles que te atendem sem nem olhar para você, em menos de 10min”, acrescentou, revoltado o cidadão, habitante de uma realidade diferente da dos funcionários da Saúde.
    Isso é que é a realidade da educação desses médicos. tratam mal as pessoas, porém querem apoio para ganhar polpudos salários... Na hora de atender bem as pessoas são grossos igual casco de cavalo.
    É isso aí secretário põe esse pessoal semi deuses para trabalhar........
    Que vergonha Dra. Eliana, pelo que li nos noticiários, são 800 médicos e a Dra. apenas conseguiu reunir em torno de 16 médicos e ninguém pediu demissão. A Dra Eliana e a companheira Dra. Márcia, deveria ter pedido a demissão junto com Dr. Alvarenga, para mostrar que o movimento é pra valer e não para ameaçar. Gente junte as trouxas, e vão trabalhar quietinhos e atender bem o povo de Cuiabá. Lembrem do Juramento que vocês prestaram...........

  • jose humberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses médicos são um bando de politiqueiros, que olham para seu próprio umbigo, ganham bem e tratam mal o ser humano. Porque esses médicos (Principalmente a Dra. Eliana Siqueira, Dr. Alvarenga e Dra. Márcia Valli Siqueira) e as entidades que representam essa classe não fazem uma passeata e uma mobilização para o Governo do estado construir o Hospital Regional na baixada cuiabana para diminuir o sofrimento do povo e acabar com a super lotação do Pronto Socorro ??? Eles somente pensam neles. O que salva é que o secretario de saúde tem uma visão com foco no cidadão, caso contrário estaria o caos: desvio de verbas, médicos viajando ao bel prazer, médicos ganhando do SUS faltando ao serviço mas em consulta no consultorio particular, medicamentos sendo incinerados por terem sido comprados vencidos para esquentar notas fiscais, reformas de unidades com valor de construção de uma nova, etc...... Era assim a saúde antes do atual gestor, será que isso é que era bom ????????? Ah, dá licença, vão trabalhar e deixem os outros trabalharem......

    Esses médicos mal educados deveria mesmo pedir demissão, e dar oportunidade para novos médicos com vontade de trabalhar....

  • Mara Cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Luiz Soares, ponha esses deuses no lugar que merecem. São profissionais, a maioria sem qualquer especialização e, até mesmo sem residência (curso que habilita o médico a clinicar), que só com um diplominha de 05 anos de curso já querem botar banca, e acham que salário de R$ 7.000,00, R$ 10.000,00 é pouco, acho que pela porcaria de serviço que prestam tá até demais, deveriam ganhar de três a quatro salários mínimos, no máximo, É O QUE VALEM!, pelos serviços que prestam.
    A Dra Eliana bem que tentou, mas teve que amargar o movimento pífio que fez e sem o apoio da categoria.
    A Dra. Eliana Deveria tentar outro movimento: Mobilizar os médicos, enfermeiros e profissionais da área da saúde para o governo do estado concluir o hospital estadual e o governo federal construir um hospital de urgência e emergêngia em Cuiabá, unica capital do Brasil que não tem Hospital Estadual e Federal. Lembrem-se que o SUS é formado pelos 3 entes: Federal, estadual e Municipal, e em Cuiabá apenas o município cumpre a parte dele.
    Pensem no povo Srs. Médicos, com outros hospitais, melhoram também para vcs.

  • Isa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acho que o prefeito deveria melhorar a estrutura do pronto socorro, ou seja, aumentar o número de leitos e nunca faltar os equipamentos e remédios necessários ao atendimento da poplulação. O sálario dos médicos já esta bom, não necessita ser aumentado é só dar condições ambientais e materiais melhores de trabalho.

  • Heráclito | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses vereadores estão igual a personagem Ofélia. somente falam besteiras e apoiam não sabe o que. Isto é uma vergonha. Os representantes do povo teriam que pelo menos conhecer a realidade da saúde pública de cuiabá: Como era e como está. não são capazes nem de avaliar a articulação de um movimento. Por exemplo: se há 800 médico, e apenas 16 estão se manifestando, então algo de errado existe, esses 16 estão com politicagem a mando de alguém. Será que o Toninho de Souza que se diz esperto, não consegue nem avaliar isto ? Nem dá para cobrar do vereador novato que acabou de entrar na vaga de ralf leite, esse vereador chegou a ir à tribuna e dizer que as pessoas estão morrendo por falta de Raios X. Uma vergonha essa fala. Quem disse que o Raios X é exame determinante para salvar vidas ????
    Meu Deus, essa Câmara está uma veradeira baderna. Aliás, os eleitos para a câmara de vereadores antes de opinar, deveria resolver os problemas internos existentes, pois está uma vergonha........... Os vereadores estão sentando em cima do proprio rabo e esquecendo dos problemas da casa. Agora se os vereadores não dão conta de administrar um prédio, quem dirá uma cidade ou uma secretaria. Ah, dá licença seus vereadores, parem de envergonhar Cuiabá e consertem os erros desta casa de leis.

  • Guilherme | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que vergonha Dra. Eliana e a turma do sindimed, 800 médicos e apenas 16 aderiram ??? A Dra. Eliana e Dr. Alvarenga deveria dar exemplo e fortalecer o movimento, entregando a demisão deles. Ficou feio, fazer o barulho, convocar imprensa, falar em demissão em massa, e apenas 16 pessoas participar. Ai que feio. Se eu fosse vocês deixaria mesmo é o sindicato, pois nem aí vocês tem apoio. Olha, ensaca a viola de vocês e vão trabalhar, atendendo a população melhor, e quem sabe de uma próxima vez vocês terão apoio de parte da população......... O povo está cansado de ser mal tratados por vcs. Isso mesmo vcs que encabeçaram o movimento tem muitas reclamações nas ouvidorias de maus tratos e mau atendimento..............

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...