Últimas

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2007, 08h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Meio Ambiente: um tema que deve ser transversal nos parâmetros curriculares

     A atual existência da espécia humana sobre a face da terra é resultado do diálogo genético dos nossos antepassados com a natureza à qual os abrigava.  No transcurso de séculos a raça humana observou a completa extinção de inúmeras outras raças animais, que não conseguiram manter a mesma sintonia com a natureza, seja por um processo de seleção natural, seja pela inadequação às novas condições climáticas.
    Quando, sobre a terra passou a incorporação no seu cenário, além dos frutos da criação da mão-de-Deus, também os frutos da criação da mão-do-homem todos os processos naturais se aceleraram, e o espaço, que antes era o grande diferencial entre as relações passou a ser substituído pelo tempo.   As grandes invenções da era moderna objetivam oferecer às ações humanas o controle eficaz desta que é a matéria mais intangível que a terra nos oferece.  Na busca incessante de controlar o tempo e o espaço que nos rodeia, fomos cada vez mais nos distanciando do diálogo saudável de nossa espécie com a mãe que nos abriga e da qual somos oriundos: a natureza.
    Acredito que nossa geração agora sofre os efeitos de décadas de preocupação voltada apenas à necessidade de provar ao nosso próprio ego coletivo que somos capazes de controlar a matéria e a energia da qual somos iriundos. Assim como somos herança dos atos dos nossos antepassaods, também sofremos as conseqüências da forma inadequada com a qual dialogavam com o ambiente no qual nossa espécie sempre se inseriu.
    As mudanças climáticas desordenadas que hoje observamos refletem decisivamente na existência ou não do alimento que nos sustém com energia;  as inúmeras doenças que hoje a simples exposição demasiada ao sol pode nos provocar;  as enchentes que invadem as costas marítimas e dizimam milhares de vidas, as queimadas que hoje, apesar dos avanços tecnológicos,  para nós só podem ser controladas com a ajuda da própria natureza com as chuvas; e o ar, repleto de fumaça, que é quem ao encher nossos pulmões, se torna o nosso veículo condutor de vida, nos fazem um quetionamento surdo.
    Nossa espécie aprendeu que toda ação gera uma reação de igual valor contrário. À todas estas e muitas outras ações da natureza contra nós é que devemos refletir qual será o nosso papel frente à permanência da vida sobre a face da terra. Muito além da necessidade de provar qualquer coisa, para nós mesmos enquanto espécie, é fundamental respondermos a estes questionamentos de forma urgente.
    A cada ator social cabe o papel de tradutor oficial do diálogo surdo que a natureza nos impõe, demonstrando sempre a clareza das conseqüências dos nossos atos e, principalmente, da conseqüência desastrosa do nosso silencio individual. Cada um de nós deve, urgentemente, interdisciplinar a educação ambiental em nossa vida diária: nas escolas, no ambiente de trabalho, nas nossas horas de lazer e em todos os momentos nos quais nos relacionamos entre nós e com a natureza, seja de forma coletiva ou individual.
    Hoje, muito mais do que podermos escolher qual o mundo que queremos para os nossos filhos e netos, temos de ter a consciência de que desencadeamos um processo de seleção natural, aonde somos nós, enquanto espécie, que podemos sair perdendo: ao não respeitar aquilo que não entendemos, ao cruzarmos os braços, e ao não colocarmos nossas crianças completamente em sintonia com o respeito à natureza, estaremos transformamos em inimigo até o próprio ar que respiramos.

 

Juliano Lobato Evangelista é Assessor Parlamentar do Deputado Estadual Alexandre Cesar - PT MT

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.