Últimas

Domingo, 22 de Junho de 2008, 19h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CONVENÇÃO DO PR

Mendes avisa que não fará promessas eleitorais


Candidato a prefeito, Mauro Mendes discursa na convenção do PR e divulga seu projeto "Pequenas Ações, Grandes Soluções"

  O empresário Mauro Mendes disse neste domingo à noite, em discurso na convenção do PR que oficializou seu nome como candidato a prefeito de Cuiabá, que não vai fazer promessas que não possa cumprí-las. "Vou fazer compromissos com Cuiabá e não promessas eleitorais. Da mesma forma que estou entrando, quero sair daqui a quatro anos", disse o candidato, para uma platéia de aproximadamente 700 pessoas.

  Por sugestão do próprio Mendes, o PR realizou a convenção na escola estadual Malik Didier Namer Zahafi, no Pedra 90, um dos bairros carentes da Capital. O evento motivou a presença do governador Blairo Maggi, de quem Mendes é amigo pessoal, dos deputados federais Wellington Fagundes e Homero Pereira, do prefeito várzea-grandense Murilo Domingos, do diretor-geral do Dnit, Luiz Pagot, de candidatos a vereador e de representantes de partidos que integram o arco de aliança, como PMDB e PT. Um dos ausentes no congresso do partido foi o presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo, que era o pré-candidato do PR e, por falta de respaldo da cúpula, desistiu.

  Terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto - está atrás de Walter Rabello (PP) e Wilson Santos (PSDB) -, Mauro Mendes disse que escolheu o Pedra 90 para a largada rumo ao Palácio Alencastro como espécie de sinalização do que será sua gestão, ou seja, voltada para a maioria das pessoas que moram nos bairros. Diz que a prefeitura precisa atender a região periférica. "O governo tem que ser feito para a maioria, para aqueles que mais precisam do poder público, de saúde, de educação e de infra-estrutura".

  Mendes diz que entrou para a campanha e não sairá às suas ou de casa-em-casa fazendo compromissos, mesmo enfatizando que o governador Maggi se colocou como avalista das propostas. Segundo ele, Cuiabá não pode continuar assistindo a estagnação de sua economia. "Acredito que, com seriedade, com transparência e com honestidade podemos fazer muito mais por nossa cidade".

  O candidato do PR disse que, se eleito prefeito, pretende fazer por Cuiabá o que Maggi fez por Mato Grosso. Adianta que vai desenvolver o projeto "Pequenas Ações, Grandes Soluções" por entender que assim atende melhor a demanda. Destaca que serão projetos que vão atender as necessidades básicas da sociedade e que não está preocupado em realizar obras faraônicas, como muitos fazem apenas para poder fazer propaganda. Diz ter amor por Cuiabá e voltou a repetir que é possível fazer política com lealdade, compromissos, competência e trabalho em nome dos interesses coletivos. Acredita que vai contagiar aqueles que ouvirão sua mensagem ao longo dos próximos 3 meses de campanha eleitoral.


De costas para o público, Mendes faz agradecimento a Maggi

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • edesio do carmo adorno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pequenas empresas, grandes negócios é um programa exibido pela TV Globo e o candidato do PR à Prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, por falta de criatividade e de imaginação, resolveu fazer um plágio adaptado do nome do pragama global para usá-lo como mote de sua campanha eleitoral. Isso é novidade na política? Outra construção fraseológica já surrada que ele usou durante sua fala: Acredito que, com seriedade, com transparência e com honestidade podemos fazer muito mais por nossa cidade. E o que é mais desalentador: avisou que vai fazer em Cuiabá o que Maggi fez e esta fazendo em Mato Grosso.Em sendo assim, À Deus rios, córregos, reservas, matas ciliares. Enfim, se cumprir a promessa, não restará uma arvore na cidade verde.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhores internautas....
    Infelizmente o Candidato do PR, nem sabe porque é candidato.
    Em seu discurso, não citou sequer o básico: o orçamento que o proximo prefeito irá administrar!
    Não falou nada da administração pública!
    Não sabe quantos servidores tem a nossa Prefeitura,aliás será que sabe ao menos onde fica a Prefeitura Municipal de Cuiabá?
    Isso é o risco de se votar em candidato arranjado, representantes de grupos que querem o poder a qualquer custo.
    Se fosse preparado, se soubesse o questá fazendo.....já na convenção citaria os números!
    Reflitam.....

  • moacir duarte de barros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa gaúchada vai receber uma surra nas urnas!!!o senhor maggi, aquele da motoserra de ouro, diz que é avalista do mauro, aquele dos muitos financiamentos federais, ou seja, vai detonar o meio ambiente de cuiabá assim como ele está fazendo com mato grosso, que é manchete toda semana na imprensa nacional e internacional. O povo cuiabano está ansioso em dar uma resposta a estes paus rodados que vem aqui sugar os nossos recursos naturais e não gostam de contratar cuiabanos para trabalhar em suas empresas. Nos órgãos públicos do Estado é muito raro encontrar um cuiabano, assim como é muito dificil encontrar uma obra do sojicultor maggi na baixada cuiabana, pois essa turma da botina discriminou cuiabá nestes 6 anos de mandato e agora querem enfiar guela abaixo um moçinho mimado que sequer sabe onde fica o cpa, três barras, osmar cabral, enfim, é mais fácil ele conhecer a china (já viajou 5 vezes para este país) do que a nossa cidade verde. Cuiabá merece mais respeito do senhor maggi e caterva!!!

  • João Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Ainda bem que ele já falou que vai fazer o mesmo que Maggi fez para Mato Grosso: DESTRUIU A FLORESTA, então vai acabar com os parques de cuiabá, com as árvores, A saúde e a educação vai ser um desastre, pois no governo Maggi, fechou escolas, a saúde nem se fala.......
    Coitado dos Cuiabanos se elegerem Mauro Maggi Mendes.
    Xô turma da botina, vai procurar o que fazer lá em Rondonópolis ou no Sul do País.
    Greenpeace neles.............................

  • Carlos Carvalho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Blairo acabou com nossa economia,
    agora coloca esse mocorongo desse mauro que
    nao sabe nem oq ta fazendo aqui em cba,
    chega, a cuiabania nao quer mais maggi no poder,
    mauro mendes vai cuidar das suas empresas que vc
    ganha mais. E PELO AMOR DE DEUS, NAO TEM PROPOSTAS???????????????????????? vamos votar pq?? pq é rico??

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu era PMDB desde o meu primeiro voto.
    Deixei de ser PMDB, assim que vi que seus dirigentes(Carlos Bezerra) olha apenas para o próprio umbigo, usa do partido apenas para benefício próprio.
    O PMDB NESTA ELEIÇÃO E PARA AS PRÓXIMAS, PODE CONTAR COM 05 VOTOS À MENOS, É O QUE POSSO GARANTIR PORQUE É O DE MINHA FAMÍLIA, e nesta mesma situação existe meu vizinho, e o vizinho de meu vizinho e o vizinho deste também, e assim por diante...

  • Sergio P Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SE DEPENDER DE CARISMA, ESSE CANDIDATO DO PR JÁ PERDEU A ELEIÇÃO.

  • BENTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OS QUE AGORA CRITICAM EM DESESPERO DE CAUSA, SÃO OS MESMOS QUE ELEGERAM LINO ROSSI, PEDRO HENRY, CHICA NUNES, RIVA, BOSAIPO. SÃO OS MESMOS QUE AJUDARAM A ENDIVIDAR O ESTADO ATÉ AS TAMPAS.
    JÁ É PASSADA A HORA DE MUDAR O COMPORTAMENTO, DAR CHANCE AO NOVO, GENTE QUE MOSTRA NA PRATICA O SUCESSO DE SABER FAZER. PROBLEMAS TODOS TEM, MAS É PRECISO HUMILDADE PARA RECONHECER QUE HOJE MATO GROSSO É BEM MELHOR.

Direitistas encaram pedreira em 2022

gilberto cattani 400   O xadrez político rumo a 2022 se movimenta e a tendência é que os deputados de direita encontrem dificuldade para se reeleleger. Xuxu Dal Molin, Gilberto Cattani (foto), Elizeu Nascimento, Delegado Claudinei e Ulysses Moraes, nem todos defensores fiéis de Bolsonaro, devem buscar novo mandato em meio...

Mauro, desgastes e projeto à reeleição

mauro mendes curtinha   Não há como negar que o governo Mauro Mendes (foto) enfrenta forte desgaste por causa das medidas restritivas de combate à Covid e, principalmente, devido à exigência da sociedade de maior investimento e planejamento na Saúde. Por mais que o Executivo divulgue feitos e liste...

Thiago, respaldo da igreja e reeleição

thiago silva _curtinha_400   O deputado estadual Thiago Silva (foto) começa a labuta pela reeleição e não terá uma tarefa fácil pela frente. Thiago faz parte do grupo da Assembleia de Deus, que sempre prioriza o colega de Parlamento Sebastião Rezende, que vai tentar o sexto mandato. Curiosamente,...

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...