Últimas

Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2007, 01h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Mendes posterga candidatura; Éder avança

   O presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), empresário Mauro Mendes (PPS), voltou a dizer, em entrevista ao programa Terceiro Mundo, da TV Record Canal 10, nesta terça à noite, que pode disputar a Prefeitura de Cuiabá, mas se recusa a colocar o assunto na pauta nesse momento. Para ele, articular candidatura faltando praticamente dois anos para as eleições representa 'política fora de hora'. Perguntado sobre o fato do presidente da MT Fomento, Éder de Moraes, do mesmo grupo político do governador Maggi, já estar trabalhando a pré-campanha ao Palácio Alencastro, Mendes despistou: "Respeito a liberdade de cada um".

     Éder de Moraes, que assistiu a entrevista com Mauro Mendes, reafirmou que é pré-candidato a prefeito da Capital. "Um projeto dessa envergadura não se constrói no afogadilho e tampouco no atropelo. Tem etapas que precisam ser vencidas. A vida é um exercício político e não existe vida fora de hora". Ele disse que está construindo espaço de forma consistente e tem a humildade de procurar as lideranças politicas da Baixada Cuiabá para debater o projeto.

   Num recado indireto a Mauro Mendes, eventual concorrente interno, Éder dispara: "O que talvez não esteja bem assimilado é que estou construindo minha candidatura através do alicerce e não pelo telhado. Essa construção leva tempo. Sou homem decidido. Tomo minhas decisões e assumo as consequências delas. Não fico escondendo o jogo da sociedade para ser canndidato de última hora".

     O presidente da MT Fomento assegura que sua pré-candidatura já tem apoio de 15 entidades e garante levar consigo para o partido que se filiará ao menos 5 mil pessoas. Observa que a tendência é acompanhar o destino partidário de Maggi e aderir ao PR. Ele se considera 'fato novo na política'. "Vou disputar espaço para prefeito. Acho que tenho esse direito como qualquer cidadão", destaca Éder, que tem mantido conversações com os deputados federais Homero Pereira e Wellington Fagundes, com o governador Maggi, com o secretário de Educação, Luiz Pagot, com o vereador Helny de Paula e com o ex-deputado Emanuel Pinheiro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Candidato irritado chama EP de traste

abilio junior 400 curtinha   Abílio Júnior (foto), candidato do Podemos ao Palácio Alencastro, tem se mostrado mais irritado depois do debate promovido pela Fecomércio, na quarta à noite, quando, em vários momentos, se viu questionado e desqualificado pelo prefeito e candidato à...

Prefeito reeleito sob investigações

ze do patio 400 curtinha   A situação jurídica do prefeito populista e desgastado Zé do Pátio (foto), que acaba de ser reeleito para o terceiro mandato em Rondonópolis, sendo o segundo consecutivo, não é das melhores. Contra sua gestão tem pipocado denúncias sobre...

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...