Últimas

Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2007, 01h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Mendes posterga candidatura; Éder avança

   O presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), empresário Mauro Mendes (PPS), voltou a dizer, em entrevista ao programa Terceiro Mundo, da TV Record Canal 10, nesta terça à noite, que pode disputar a Prefeitura de Cuiabá, mas se recusa a colocar o assunto na pauta nesse momento. Para ele, articular candidatura faltando praticamente dois anos para as eleições representa 'política fora de hora'. Perguntado sobre o fato do presidente da MT Fomento, Éder de Moraes, do mesmo grupo político do governador Maggi, já estar trabalhando a pré-campanha ao Palácio Alencastro, Mendes despistou: "Respeito a liberdade de cada um".

     Éder de Moraes, que assistiu a entrevista com Mauro Mendes, reafirmou que é pré-candidato a prefeito da Capital. "Um projeto dessa envergadura não se constrói no afogadilho e tampouco no atropelo. Tem etapas que precisam ser vencidas. A vida é um exercício político e não existe vida fora de hora". Ele disse que está construindo espaço de forma consistente e tem a humildade de procurar as lideranças politicas da Baixada Cuiabá para debater o projeto.

   Num recado indireto a Mauro Mendes, eventual concorrente interno, Éder dispara: "O que talvez não esteja bem assimilado é que estou construindo minha candidatura através do alicerce e não pelo telhado. Essa construção leva tempo. Sou homem decidido. Tomo minhas decisões e assumo as consequências delas. Não fico escondendo o jogo da sociedade para ser canndidato de última hora".

     O presidente da MT Fomento assegura que sua pré-candidatura já tem apoio de 15 entidades e garante levar consigo para o partido que se filiará ao menos 5 mil pessoas. Observa que a tendência é acompanhar o destino partidário de Maggi e aderir ao PR. Ele se considera 'fato novo na política'. "Vou disputar espaço para prefeito. Acho que tenho esse direito como qualquer cidadão", destaca Éder, que tem mantido conversações com os deputados federais Homero Pereira e Wellington Fagundes, com o governador Maggi, com o secretário de Educação, Luiz Pagot, com o vereador Helny de Paula e com o ex-deputado Emanuel Pinheiro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

3 ex-prefeitos se juntam em Poconé

meire pocone 400 curtinha   Em Poconé, o prefeito Tatá Amaral, filiado ao DEM do governador Mauro e apoiado pelo ex-federal Fábio Garcia, está disposto a buscar a reeleição, mesmo com uma gestão pífia, isolado politicamente e com alto índice de rejeição. Enquanto isso, as...

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.