Últimas

Quarta-Feira, 19 de Março de 2008, 07h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Mendes quer prazo até maio e não vai a reuniões

  Apesar da empolgação de Maggi e Pagot, empresário resiste a idéia de candidatura e pede trégua, sob 3 justificativas

  Virtuais candidatos majoritários do PR às eleições gerais de 2010, Blairo Maggi e Luiz Antonio Pagot preparam o empresário Mauro Mendes para entrar na disputa à Prefeitura de Cuiabá no pleito deste ano. Na primeira tentativa, em 2004, Mendes recuou por causa da intransigência do colega de partido, deputado Sérgio Ricardo, que acabou concorrendo ao Palácio Alencastro e foi derrotado pelo PPS. Agora, os dois estão no PR, mas Sérgio já abriu caminho.

   O curioso é que Mendes, ao invés de abraçar o projeto político, recuou. Se transformou numa estátua, sob adoração da cúpula do maior partido em Mato Grosso, com 67 prefeitos, mais de 40 vice e 300 vereadores, 5 deputados estaduais, 2 federais e 1 governador. Dessa forma, por enquanto, os republicanos estão sem nome definido para à sucessão do prefeito Wilson Santos (PSDB).

   Presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), Mendes se mostra indeciso. Pressionado pelo PR, ele resolveu pediu uma trégua até maio ou junho. Acha até que o "fator Maggi" poderia funcionar nas eleições ao considerar que em 2002 o hoje governador entrou na disputa faltando 3 meses para o pleito e saiu vitorioso. O empresário disse que precisa avaliar melhor a idéia de candidatura porque trata-se de algo novo em sua vida.

   Apresentou três justificativas para a resistência. Primeiro, lembrou que tem uma vida empresarial agitada como dono da Bimetal, uma das principais indústrias brasileiras no segmento de estruturas metálicas e que possui clientes até no exterior nas áreas de telecomunicações, energia e construções. Segundo, que precisa consultar a família e, terceiro, que não pretende deixar o comando da Fiemt.

   Mauro Mendes não foi, por exemplo, às duas reuniões do PR, uma feita na segunda (17) pela Executiva Regional com prefeitos, presidentes de comissões provisórias e pré-candidatos de 16 cidades-pólos com vistas a avaliar a conjuntura política nessas regiões. Aquele que será o nome do partido na corrida ao Palácio Alencastro não deu a mínima também para o encontro da provisória de Cuiabá, que se reuniu nesta terça à noite. Mandou dizer que tinha outros compromissos.

    Apesar da insegurança de Mendes, Maggi, que sonha em eleger o amigo prefeito da Capital para, em retribuição, receber apoio para senador em 2010, acredita que, ao final, o empresário aceitará o desafio. Pagot também incentiva Mendes. Ele sabe que, para sua pré-candidatura a governador ganhar força, é necessário que o PR esteja no Palácio Alencastro.

   Conceitos

   A turma da botina acha que, com Mendes, o eleitor cuiabano aceitará a mudança de conceito na vida pública, elegendo um prefeito que não seja político, mas sim com perfil empresarial e com atuação técnica, como aconteceu em relação ao governo do Estado. Essa tese acabou se consolidando também, em 2004, em municípios como Rondonópolis, com Adilton Sachetti; em Sorriso, com Dilceu Rossato; e em Primavera do Leste, com Getúlio Viana.

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • MARCOS VELAZQUEZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - NÃO É POR NADA NÃO, MAS OS DOIS MAIORES EMPRESÁRIOS DO BRASIL( SILVIO SANTOS E ANTONIO ERMIRIO DE MORAES )ENTRE OUTROS, QUE TODOS CONHECEM JÁ FORAM SONDADOS DIVERSAS VEZES COMO É DE CONHECIMENTO DE TODOS, E SIMPLESMENTE ANALISARAM O QUE É SER "POLITICO", E DISSERAM: N Ã O !!!! BEM GORDO PARA QUEM QUISESSE OUVIR, AGORA SERÁ QUE PRESTA SER POLITICO HONESTO COMO ESTAMOS VENDO AI, POIS TEM GENTE LARGANDO APOSENTADORIA DE R$ 30.000,00 POR MES PARA UM SALÁRIO DE PREFEITO NA FAIXA DE R$ 8.000,00 A R$ 10.000,00, POR QUE SERÁ?????????

  • PROFº INCREDÚLO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AGORA VIROU MODA....É SÓ PEGAR UM DINHEIRINHO NO BANCO DO BRASIL OU UM INCENTIVO DA SUDAM METER NO BOLSO,FICAR RICO E DEPOIS VIRAR MENININO MIMADO. AGORA OS NOVOS RICOS QUEREM BRINCAR DE POLITICOS,ANDAR COM SEGURANÇA E CARRROS OFICIAIS,VIRAR CELEBRIDADES. E O BOM É QUE ESSES EMPRESARIOS ENTRAM NA POLITICA CRITICANDO OS POLITICOS E OS FUNCIONARIOS PÚLBLICOS E QUEREM VIRAR ETERNOS FUNCIONARIOS,POIS TODO POLITICO ELEITO É ACIMA DE TUDO UM FUNCIONARIO PÚLBLICO,VEJA O CASO DO BLAIRO,JÁ QUE SE PERPETUAR NO PODER,NÃO QUER LARGAR A BOQUINHA,JÁ FALA EM SER CANDIDATO AO SENADO....NA MINHA OPINIÃO ELE JÁ CONTRIBUIU,AINDA QUE PORCAMENTE.....

  • Pedro Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero ver se ele é mesmo um empresário honesto. Mamos saber se ele é ou não é sonegador de impostos.

  • Suzenil da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou uma das mais antigas moradoras do Planalto, e posso garantir que por aqui, os formadores de opinião, ainda não escolheram seu candidato a Prefeito. Diante do exposto, e por entender um pouco de militância política, já que fui grilheira de terras e tive que trabalhar o emocional das massas, sugestiono ao senhor Mauro Mendes que pelo alivie os corações dos pré-candidatos a vereador do PR/CBÁ. Alimente-os com palavras de esperança que esse Partido vai mesmo ter candidato, sob pena pena de quando chegar a hora só ter lá dentro o Vuolinho, Heuny de Paula e Chico 2.000, porque ninguem vive de brisa, sem rumo, sem lider e principalmente sem esperança.
    Há, e se ficar só os três e cada um faça 5.000 votos, mesmo assim o Partido ficará sem nenhum vereador em Cbá.
    pensem nisso...

  • Plinio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    não cai nessa do motoserra de ouro não mauro. Ele é expert em detonar as pessoas... cuide de seus empreendimentos como está hoje, porque o Blairo só vai te queimar, até porque vc não tem nenhuma chance de se eleger.
    Essa turma da butina são especialistas em quaimar as pessoas por interesse próprio. Como diz um site, são mais falsos que tálbua de andaime...

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acredito demais na militância política, aqui em Cuiabá tradicionalmente o partido que tem esse perfil é o PT, já o PR que é um partido novo (apenas 01 ano) ainda não tem quantidade de filiados suficientes para fazer esse movimento de militância que fatalmente culmina com o alavancamento da campanha majoritária. Proponho que cada pré-candidato filie pelo menos 2.000 pessoas, como são 52 os pretensos candidatos a soma dos filiados chegaria a 104.000 pessoas, aí sim poderia dizer que é um partido com militância politica.
    E vc que é candidato a vereador, pensa que é muito filiar 2.000 pessoas?... Então não seja candidato, porque se vc vai ter que buscar acima de 5.000 votos para ser eleito em Cuiabá, e não consegue aglutinar 2.000 pessoas, então vaza enquanto é tempo, ou vão apenas serem cabos eleitorais dos vereadores Vuolinho, Heuny de Paula e Chico 2.000.

  • Marco Antonio Costa e Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não tenho nada contra nem a favor desse mauro mendes, mas acredito que o governador poderia escolher outro nome para ser candidato do partido dele. Esse mauro mendes não tem nada haver com cuiabá, pelo contrário, ele não se indentifica com o povo cuiabano. Se o governador insistir em lançar esse senhor, quem vai ganhar as eleições é valte rabelo ou wilson santos. Por que o governador não lança nomes como pedro nadaf ou marcia vandoni, são nomes bem melhores que o de mauro mendes.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A turma da botina gostou do poder e agora quer dominar a capital.Vamos dar um basta nessa turma,viva a cuiabania!Chega de empresários e produtores que só desejam ganhar dinheiro as custas do pobre trabalhador.

  • ANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo pouco que entendo de política, o partido do governador PR esta esperando o dia D e a hora certa, o jogo só termina no apito final, olha lá se não huver prorrogação.

    É um partio novo, mas tem gente competente lá dentro, pessoas que sabem estratégias eleitorais.

    O presidente de honra do PR esta aqui em MT e Cuiabá, será que vai deixar barato. E ainda temos 2010, alguns projetos políticos estão no tabuleiro.

    Não podemos deixar passar a oportunidade de renovação na câmara municipal, chega de vereadores descompromissados com a sociedade.

  • Jussania Dias Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Existem algumas coisas que precisam estar junta: O dinheiro, o sucesso, o reconhecimento. De que adianta ser um empresário de sucesso com muito dinheiro, se ninguém te conhece.O político normalmente ao chegar a um evento rouba toda a cena e é a pessoa mais importante por ser o intermediário(o apresentador das idéias) entre a parceria do projeto apresentado em qualquer instância e a concretização do mesmo.A vaidade do ser humano não suporta ser ignorada,desprezo ninguém qguenta (com tanto dinheiro ver o outro sendo tratado como rei quando o rei deveria ser ele). Ele não quer fazer nada por ninguém ele quer fazer por ele mesmo.

Mauro, desgastes e projeto à reeleição

mauro mendes curtinha   Não há como negar que o governo Mauro Mendes (foto) enfrenta forte desgaste por causa das medidas restritivas de combate à Covid e, principalmente, devido à exigência da sociedade de maior investimento e planejamento na Saúde. Por mais que o Executivo divulgue feitos e liste...

Thiago, respaldo da igreja e reeleição

thiago silva _curtinha_400   O deputado estadual Thiago Silva (foto) começa a labuta pela reeleição e não terá uma tarefa fácil pela frente. Thiago faz parte do grupo da Assembleia de Deus, que sempre prioriza o colega de Parlamento Sebastião Rezende, que vai tentar o sexto mandato. Curiosamente,...

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...