Últimas

Sábado, 26 de Setembro de 2009, 10h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ARTICULAÇÃO

Mendes vira opção ao governo e é cortejado por PPS e PP

Mauro Mendes (PR)  A praticamente um ano das eleições gerais, o nome do empresário Mauro Mendes, presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), passou a ser cortejado pelos grupos políticos e, principalmente, pelo PPS e pelo PP. Hoje, ele está filiado ao PR, pelo qual concorreu à Prefeitura de Cuiabá no ano passado e perdeu no segundo turno para o tucano Wilson Santos, que deve ser o candidato do PSDB ao Palácio Paiaguás. Como o governador Blairo Maggi e parte de seus seguidores da turma da botina tendem a levar o PR para apoio ao nome do vice-governador Silval Barbosa (PMDB) na disputa pelo Palácio Paiaguás, Mendes se viu sem chance de, dentro da legenda republicana, consolidar candidatura majoritária. Ao perceber essa brecha, o PPS e o PP decidiram abrir negociação com o empresário. Comandado pelo deputado Percival Muniz, a legenda socialista garantiu a Mendes que, se este concorrer ao governo pelo PPS, terá condições de ter no arco de alianças o próprio PR ou um bom número de filiados do partido do governador, do PT e até o DEM. Dentro dessa conjectura, a pré-candidatura de Mendes provocaria esvaziamento nos palanques de Silval e de Santos.

   Já o PP do presidente da Assembleia José Riva foi mais longe. Aposta na tese de que, com Mendes a governador, atrairia para o mesmo bloco o próprio PMDB de Silval e o DEM. Chegou-se a discutir até a hipótese da ex-deputada federal Teté Bezerra vir a ser vice da chapa de Mendes, numa dobradinha majoritária PP-PMDB. Com essa composição, Silval seria "fritado" e, o tucano Wilson Santos ficaria isolado, com apenas PSDB e PTB na aliança.

   Já a ala governista do PMDB aposta na consolidação do nome de Silval e, inclusive, em ter Mendes como vice da chapa. Partidos e pré-candidatos batem cabeça porque, por enquanto, nenhum nome surge como franco favorito à sucessão do governador Maggi, num cenário diferente de outras épocas, antes do instituto da reeleição, quando, com um ano de antecedência, já seria possível ter segurança sobre quem seria o próximo governador.

  Postulantes a cargo eletivos têm até a próxima semana para definir o partido, com excessão de quem é magistrado ou membro do Ministério Público, como são os casos do juiz federal Julier Sebastião da Silva e do procurador da República Pedro Taques, que sonham com candidaturas a governador e a senador, respectivamente. Eles têm a prerrogativa de definir candidatura e a legenda com seis meses antes do pleito.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É o melhor nome para governador, de fato, apesar do carisma zero, mas bem melhor que o Silval ou o empulheiro Wilson.

  • Ivo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Deus me livre..............deus me livre.............Deus me livre

    Chega desses cara que so tem garganta

  • Pastor Sena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero dizer a população que não se pode errar duas vezes, caso o Mauro venha ser candidato, teremos a oportunidade de corrigir o primeiro erro de não ter elei o mesmo como prefeito de Cuiabá, pessoa preparada, que através do Sistema S, vem dando oportunidade de preparação de jovens para o mercado de trabalho coisa que iria acontecer em cuiabá se o mesmo fosse eleito prefeito, mas teremos outra oportunidade, te-lo como Governador, será uma grande opção para Mato Grosso. Mauro se for candidato pode contar com nosso apoio e nosso trabalho pra dar-mos esperança melhor para nosso povo.

    Que Deus ilumine a você e sua familia, pois com quase 115 mil votos que obteve na eleição, você passou a ter responsabilidade com esse povo que acreditou, e aqueles que se arrependeram de votar em voce.

  • Jorge Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já que queres ser candidato a Governador em 2010,o Sr.Mauro, realmente tem que filiar em um outro partido que não seja o PR e distanciar-se um pouco do atual Gove.Blairo Maggi,que já está desgastado politicamente, embora até bem avaliado admistrativamente como era o Falecido Dante de Oliveira,em 2002,mesmo assim perdeu a eleição de senador para dº Serys. Aqui em MT pelo que ouvi e li, nhenhum governador conseguiu fazer o seu sucessor e não será o Maggi que irá quebrar essa tradição. O senhor Mauro,pelo seu perfil empresárial poderias filiar no PP, ou nos Democratas, e até eventualmente no PPS, e ser candidatos ao Paiaguás, enfrentando o Wilson Santos. Mais para o senhor ganhar tem que ter o apoio do Jaime Campos,que é muito forte em V.Grande e no Interior. Sugiro ao senhor convidar o ex-Senador Julio Campos,para ser Senador ou Vice pois só assim a turma do DEM lhe apoiaria em 2010, pois pelo que sinto o Wilson está meio desgastado na sua candidatura a Governador,pelos problemas ocorridos no PAC e junto a Policia Federal.

  • fernanda saraiva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É incrivel como a mídia dá espaço para os delirios do riva, que busca atrair mauro mendes não porque este é empresário ou um candidato em potencial, mas, para ele dar as cartas num governo comandado pelo pp, mas, alguém tem que falar para ele parar com esses desvaneios até lunáticos, porque como politico ele deveria saber a inclinação irreversível da população em favor de wilson santos, e todas essas mudanças de partidos, filiações partidárias, etc., são apenas manifestações normais para um período que já era esperado essa movimentação, mas, o que manda mesmo é mauro mendes é um botinudo, pode até querer disfarçar, passar uma maquiagem diferente nas próximas eleições, mas, o povo não é bobo não, e ao riva um recado, pode armar, arquitetar, fazer jogadas de xadrez para encontrar uma saída para tentar derrotar wilson, mas, não vai encontrar tal saída, até porque ela não existe, e históricamente sempre foi assim o candidato que é oposição consequente e sincera a um governo longo e desgastante como os dos botinudos há forte tendencia de vitória, chances grandes e reais de vitória, e o riva logo logo vai acordar do delirio e como gosta do poder vai tentar um espaço com wilson santos, escreve aí romilson o que estou dizendo, não vai demorar muito, dou no máximo 6 meses para riva aderir ao wilson, que tem tomar cuidado porque o baixinho é louco pelo poder.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.