Últimas

Segunda-Feira, 18 de Junho de 2007, 21h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

LEGISLATIVO

Mesmo acuado pelo PT, Lúdio não se opõe a Lutero

Vereador se recusa a assinar abaixo-assinados pela cassação e fica isolado, inclusive do grupo da Câmara mais à esquerda

    O vereador por Cuiabá, médico Lúdio Cabral, se vê acuado tanto pelo seu partido, o PT, quanto por um grupo minoritário na Câmara mais à esquerda. Mesmo sob pressão partidária, ele se recusou a assinar o pedido protocolado pelo PT na Câmara em defesa da cassação do mandato do vereador Lutero Ponce (PP), presidente do legislativo cuiabano. Internamente, crescem as críticas à postura de Lúdio. Ele está sendo carimbado como protetor da Mesa Diretora, o que vem causando revolta à militância.

    Em reunião interna, a Executiva Municipal do PT, sob Jairo Rocha, decidiu que fará um abaixo-assinados junto aos filiados para que a bancada na Câmara Municipal tome posição firme em defesa do impeachment de Lutero, a quem o PT culpa por cometer supostos atos de improbidade na gestão de Chica Nunes (PSDB), quando o vereador era primeiro-secretário da Mesa. Lutero, atual presidente, nega qualquer irregularidade e diz conduzir a Câmara com transparência.

     Enelinda Scala foi a primeira a assinar o documento. Procurado pela irmã Cléofa, religiosa e ex-chefe de gabinete no primeiro mandato de Enelinda, Lúdio Cabral apresentou resistência. Disse que iria avaliar para, depois, tomar uma posição quanto ao pedido de cassação do presidente do legislativo. Ele votou pela eleição de Lutero. Agora, a Executiva vai se reunir para avaliar a postura do vereador.

      Isolado

      Na Câmara Municipal, Lúdio Cabral, aliado dos deputados Carlos Abicalil (federal) e Alexandre Cesar (estadual), também se vê isolado. Tentou assumir para si uma bandeira em defesa da redução da tarifa do transporte coletivo e acabou se "queimando" diante de outros defensores da mesma causa, como Luiz Poção (sem partido) e Domingos Sávio (PMDB). Ocorre que o bloco havia decidido atuar em conjunto.

     Esperto, o vereador petista procurou o promotor de Justiça, Alexandre Guedes e, após receber orientação jurídica, ingressou com ação sozinho. Isso deixou os demais vereadores magoados. Agora, Lúdio enfrenta dois problemas: a desconfiaça dos petistas e o isolamento do bloco esquerdista na Câmara Municipal.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • elaine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    voce agora só deve continuar mostrando o seu trabalho para mostrar para esse partido ao qual voce estar, que voce não tem nada a temer, e que vai continuar mostrando o que voce sabe fazer de melhor é de lutar por nos que somos da classe menos favorecida que existe em cuiabá, um forte abraço amigo.

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com base nos votos dos Conselheiros Valter e Antonio Joaquim confirmando as denuncias do MCCE das irregularidades gravissimas na Camara Municipal de Cuiaba,esperamos do Ver.Ludio que alem de defender a criação da CPI,reavalie a suas declarações afirmando que os Vereadores não tem mais oque fazer referente as denuncias.Te cuide Ver.com o recheio do BOLO

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

Barbudo é menos empreguista de MT

nelson barbudo 400 curtinha   Dos oito deputados federais de MT, o estreante Nelson Barbudo (foto) é o menos "empreguista". Nestes 10 primeiros meses de mandato, ele nomeou no gabinete em Brasília e no escritório político em Cuiabá apenas 15 assessores. Cada gabinete pode ter até 25 secretários...

Rossato quer "minar" reeleição de Ari

dilceu rossato 400 curtinha   Em Sorriso, a capital nacional do agronegócio, a tendência é da disputa à sucessão no próximo ano ficar polarizada entre o prefeito Ari Lafin, do PSDB, e seu antecessor, Dilceu Rossato (foto), hoje filiado ao PSL. Embora se movimente nos bastidores, o deputado Xuxu Dal Molin...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.