Últimas

Segunda-Feira, 02 de Fevereiro de 2009, 10h:27 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Mesmo no 4º mandato, Riva liga Sérgio a Chávez

José Riva, presidente da Assembléia Legislativa   O novo presidente da Assembléia, deputado José Riva (PP), assinou o Termo de Posse na manhã desta segunda (2) ao lado de várias autoridades que prestigiaram a solenidade. O governador Blairo Maggi (PR), o vice Silval Barbosa (PMDB), o presidente do Tribunal de Justiça, Paulo Lessa, e o procurador-geral de Justiça do Estado, Paulo Prado, estiveram presentes. "A hora é de deixar a vaidade de lado e colocar em prática meu compromisso com a sociedade", diz Riva, em seu primeiro discurso. O progressista falou ainda sobre sua determinação em "ensinar municípios mais pobres a pescar".

   Além de Riva, foram empossados para compor a nova Mesa Diretora o deputado Mauro Savi (PR) como primeiro-vice-presidente; Chica Nunes (PSDB) como segunda-vice-presidente; Sérgio Ricardo (PR) como primeiro-secretário, Dilceu Dal Bosco (DEM) na segunda-secretaria; Ademir Brunetto (PT) como terceiro-secretário e; Adalto de Freitas (PMDB), como quarto-secretário.

   Brunetto não compareceu à cerimônia de posse porque houve atraso no vôo Pará-Cuiabá. Ele assinará o Termo de Posse assim que chegar à Capital. Riva brincou logo após ser empossado. Disse que se desesperou nesta segunda cedo. "Cheguei aqui (na Assembléia) às 7 horas e já liguei para Sérgio Ricardo. Ele me disse que estava em Poconé, por isso me desesperei. Achei que ele iria fazer como o Hugo Chávez", diz Riva, sorrindo e, ao mesmo tempo, insinuando que poderia haver conspiração por parte do antecessor, a exemplo das práticas do presidente venezuelano

    Riva destacou que acumula experiência à frente do Legislativo. "Sei da responsabilidade que é estar à frente da Assembléia. Ser presidente da AL é muito mais que ocupar um cargo público. É saber ouvir, mas ouvir muito, os clamores e anseios da sociedade. Tentar diminuir as desigualdades e injustiças que ainda existem em nosso meio social".

   O progressista se emocionou em seu discurso ao lembrar sua história de vida, especialmente quando falou sobre a morte do pai. "Eu tive uma vida difícil, com muitas privações. Quando terminei o segundo grau foi uma grande vitória para uma família tão humilde como a minha. Depois passamos pela pior privação que foi a morte de meu pai. Pai, dedico essas sábias palavras ao seu norteio", disse Riva, em meio a lágrimas. (Flávia Borges)

-----------------------------------------------

Clique no play e veja discurso de Riva no ato de posse

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Fabio Zanata | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Patricia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Riva!!! vc é um grande lider!!! seu comprometimento com a sociedade foi reconhecida... e continuará sendo.

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O novo Presidente só esqueceu de falar de sua experiência em constituir empresas fantasmas. será que o Procurador Paulo Prado e o Presidente do TJ Paulo Lessa também beteram palmas.

  • TEREZA DE SOUZA GOMES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Francisca Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O RIVA, sei que é um lider.
    Se do bem ou do mal, sinceramente, não sei.
    Por esse talento, PARABÉNS.

  • ALOISIO LEITE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PRESIDENTE DE BRINQUEDO SERGIO JA FOI TARDE.

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.