Últimas

Sábado, 21 de Novembro de 2009, 23h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE PÚBLICA

Mesmo sob liminar da Justiça, paciente é ignorado e morre

  Mesmo sob liminar da Justiça para garantir atendimento médico, o operário Elizeu Zanata, que morava havia 13 anos em Sinop (a 500 km ao Norte da Capital), foi abandonado nos corredores do Pronto-Atendimento em Sinop e na enfermaria da Santa Casa de Cuiabá. Veio a falecer neste sábado, por volta de 21 horas, 35 horas depois de luta por atendimento adequado. A família está indignada. Com 61 anos de idade, Elizeu trabalhava como operário no corte de madeira. Na sexta, por volta de 9h, uma árvore caiu sobre seu corpo. O impacto foi tão forte que teve a coluna quebrada em três lugares e a sete costelas também quebradas e ainda apresentava suspeita de traumatismo craniano.

  Uma equipe do Corpo de Bombeiros deu os primeiros socorros e encaminhou a vítima para o Pronto-Atendimento de Sinop. O único médico plantonista estava atendendo em outra unidade de saúde. Enquanto isso, Elizeu entrava em desespero. A família acionou o Ministério Público que, por sua vez, recorreu à Justiça com pedido de liminar, o que foi deferido. Elizeu foi atendido já às 20h de sexta. Com base nos primeiros diagnósticos, os médicos argumentaram que não dispunham de equipamentos e condições estruturais no hospital para atendê-lo diante da gravidade do caso.

   Num contato com a Santa Casa de Cuiabá, abriu-se uma vaga, mas com a condicionante de que o paciente teria de chegar até às 8h deste sábado. A família conseguiu transferí-lo numa UTI aérea. Chegou antes do prazo-limite. Para surpresa geral, Elizeu Zanata foi "jogado" numa enfermaria. Por volta de 20 horas, o operário não resistiu e morreu. Ênio Zanata, um dos empresários mais influentes de Primavera do Leste e tio de Elizeu, está inconformado com o descaso. Segundo ele, Elizeu veio a falecer por omissão. Na Santa Casa, a informação obtida pela família é de que o médico que iria receber o paciente, identificado pelo prenome de Marlon, não estava na unidade. Elizeu Zanata era casado com Jurema, com quem teve dois filhos (Régis e Jussié).

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • duda molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nossa estou horrorizada com esta matéria e comentários da RDNEWS pois sou servidora da Santa Casa e sei que essa Instituição nunca deixou ninguém sem atendimento, os médicos, e nós enfermeiros que lá atendemos nunca presenciamos nenhuma cena desta. Fazemos o máximo para o setor próprio da Secretaria Municipal de Saúde resolver urgente todos os procedimentos. Mas acredito que todos deveriam verificar primeiro junto ao Hospital os procedimentos, pois jogar pedra é fácil, mas depois de falado é difícil recuperar a moral.

  • Rubens da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo que essa noticia nao esta informando a verdade, pois sou tecnico de enfermagen da Santa Casa e posso garantir que os pacientes que chegam aqui sao tratados de forma humana pelos profissionais desta Instituição. No caso concreto, o paciente, vindo de Sinop, nao foi jogado na enfermaria, como esta escrito na reportagem, mas sim internado com dignidade na enfermaria no sabado e no proprio foi operado. Porem, infelizmente, o paciente demorou para chegar a capital, mas isso nao é culpa da equipe medica da capital..ora bolas, deve ser verificado no local do acidente o porque da demora na transferencia do paciente

  • Fernando Brandão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo o respeito ao RdNews que exerce exemplarmente o papel de divulgar os acontecimentos de nosso estado, mas especificamente neste caso, tenho certeza que foi lhes passado informação com falta de verdade.
    Preciso defender a Santa Casa, pois acompanho diversos pacientes que vem do interior do estado a procura de tratamento médico, e na grande maioria das vezes em estado crítico, à beira da morte.
    A Santa Casa nunca foi negligente e jamais tratou algum paciente com desdém ou falta de respeito.
    Entendo a dor da família que perdeu o varão e me solidarizo a eles, mas não podemos denigrir a imagem de uma instituição tão séria que no meio de um caos vivido pela saúde de Cuiabá, consegue atender a TODOS com carinho e competência.
    Para o bem do princípio da Ampla Defesa e Contraditório, seria de bom alvitre divulgar o lado da questão por parte da Santa Casa.
    Um abraço e meus sentimentos à familia enlutada.

    Fernando Brandão

  • DALMO CUIABÁ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O RDNEWS FOI SENSÍVEL E HUMANO, AO DIFUNDIR ESTE CASO. NÃO OBSTANTE AO PARENTESCO COM EMPRESÁRIO ALGUM. FIQUEMOS APENAS COM O EPISÓDIO ,DESCASO A MORTE ENFIM DESTE NOSSO CONCIDADÃO...MORREU ALÍ UM POUCO DE MIM E UM POUCO DE VC TAMBÉM QUE ESTÁ LENDO...COMO NÃO LEMBRAR DO DEFENSOR VALTENIR PEREIRA...QUE ENFRENTOU BATALHAS SEMELHANTE E TIROU SEU SEMELHANTE ENFERMO EM SITUAÇÕES PARECIDAS...DANDO CONDIÇÕES DIGNAS DE TRATAMENTO QDO O SISTEMA INSISTIA EM NEGAR...NEM A DEFENSORIA PÚBLICA, O MPE, ENFIM...O ESTADO QUEBROU O PACTO FIRMADO COM A CIDADANIA... E ANTES MESMO QUE DEUS O TENHA CHAMADO, OUVIU-SE A VOZ DO SILÊNCIO... O SILÊNCIO DA OMISSÃO...DA INCOMPETÊNCIA E DO DESCASO COM A VIDA HUMANA, LAMENTÁVEL!!!!!!!!!!!!!!

  • Nelson Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este tipo de acontecimento não pode ficar impune. O ministério público e as autoridades competentes tem que apurar, e se comprovar a omissão por parte do hospital ou a equipe médica, punição exemplar para eles. Eu não enntendo certas coisas, parece que no Brasil, a saúde para população é proibida, ninguém tem direito.

  • Alice Ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta é a Santa Casa, administrada pelo Dr. Sabóia, que vai a TV fazer propaganda para nós cidadãos fazer doação. Porém descaso é o que Sr. Sabóia mais sabe fazer. A Sanata Casa de Misericórdia, de Misericórdia não tem nada. O Dr. Sabóia fala tanto de dificuldades na Santa Casa, porém a esposa dele foi contratada por ele para fazer coisas simples (organizar papeis), mas o salário dela é de R$ 12 mil reais/mês e não atrasa, sempre em dia.
    Coloca o MP e o TJ em cima desse pessoal que contribui para ceifar vidas. E dessa forma ainda quer contrato com o estado para atender a todo interior. Não deu conta de atender apenas 1 pessoa do interior, quanto mais todo o estado.

  • Abilene Queiroz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho um absurdo a RDNEWS fazer um ataque desse a uma Instituição seria e tão dedicada a população carente, tenho certeza que não conhecem o dia a dia daquele Hospital que diante de tantas dificuldades enfrentadas na saude publica sempre faz o melhor e com qualidade sem, de forma alguma, menosprezar a vida humana.
    Merece reflexão essa noticia pois quem conhece os profissionais que ali trabalham jamais irão acreditar numa inverdade como essa.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ONDE ESTA NOSSA SEC. DE ESTADO DE SAÚDE? ISSO É FAZER DIFERENTE? ISSO É GOVERNO DE MUDANÇA? ENTÃO ESTA TUDO OTIMO! ESSE MODO DE FAZER SEGURANÇA E SAÚDE É PROPRIO DESSE VELHO E IGUAL GOVERNO. NÃO MUDOU NADA DOS OUTROS!

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É a natureza cobrando as agressões sofridas...

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é o retrato da saúde no Brasil!! É um descaso,
    incompetencia e o óbvio, a corrupçao que campeia
    os gestores de todas categorias. Até quando isso
    vai continuar ocorrendo. Acho em matéria de
    corruptos nós ganhamos de qualquer país da Amé-
    rica do Sul....

Ibope vê falha na pesquisa de Cuiabá

abilio 400   A  última pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada na sexta passada (16) pela TVCA, cujo resultado destoa muito de outras amostragens, foi feita por telefone. E, por causa disso, o próprio instituto, em nota de esclarecimento publicada no próprio site,...

Medeiros x Fernanda e o bolsonarismo

jose medeiros 400 curtinha   Não são apenas Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB), que se auto-combatem, com um tentando desconstruir a candidatura do outro na corrida pela única vaga em disputa ao Senado. Como num ringue de boxe, José Medeiros (foto), do Podemos, e coronel Fernanda (Patriota)...

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

MAIS LIDAS