Últimas

Quinta-Feira, 15 de Maio de 2008, 08h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

MEIO AMBIENTE

Ministro diz que Maggi planta soja até nos Andes

Blairo Maggi, governador e empresário   O novo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, em sua primeira entrevista, já demonstrou que "herdará" da sua antecessora Marina Silva a "bronca" com o governador Blairo Maggi (PR). Ao Jornal da Globo nesta quarta (14), o ex-secretário de Meio Ambiente do Rio de Janeiro disse, de forma irônica, que Maggi é capaz de desmatar tudo para plantar soja. "Você pega o governador de Mato Grosso, ele próprio é o maior produtor de soja do mundo. Se deixar ele (Maggi) planta soja até nos Andes. Então, não é mole!", criticou Minc.

   O próprio presidente Lula afirmou, em seu discurso, que as políticas ambientais continuarão as mesmas. "A companheira Marina se foi. A política continua e nós vamos continuar tendo o mesmo cuidado que sempre tivemos", disse o presidente. Desse modo, o governador Maggi, que conduz há 6 anos um Estado tido como campeão em desmatamento na Amazônia, deve continuar enfrentando embates com o governo federal, principalmente na área ambiental. (Pollyana Araújo)

         Confira o que diz Minc sobre Maggi

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • José Pedro Serafini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Isso ai Blairo!!!!
    Mostre competência lá também: se for possível, plante soja sim, nos ANDES.

  • mariney f. neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que importa para muitos países é somente a preservação da floresta amazônica(MT), nada mais. Não interessa o progresso do nosso Estado. Floresta para Mato Grosso e o Brasil, temos de sobra. O que não se deve aceitar é a tentativa de podar o crescimento do Estado, a nossa agricultura, pecuária, etc. É certo que todos nós devemos preservar o meio ambiente, porém, não vivemos de brisa, o povo necessita de alimentos em sua mesa, e trabalho para sobreviver.
    Sr. Minc, não sei se o Sr. conhece a grandeza e dimensão de nosso Estado.
    Atualmente, Mato Grosso é um estado solução, graças a soja, o milho, a cana-de-açucar, a criação de gado, o algodão, etc, graças ao esforço do governo passado e do atual governador do nosso Estado.

  • Pedro Olavo Jr | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É triste ouvir e ver, mas infelizmente hoje esta é a nossa imagem mundial. Aquela moto-serra de ouro entregue pela turma do Pânico na TV era prenúncio de grandes problemas.
    O crédito aos ruralistas desmatadores foi cortado em Mato Grosso. O próximo passo será o boicote mundial aos nossos produtos e ao turismo. Isto é o que significa empresário no poder. Nenhuma sensibilidade social, apenas dinheiro e lucro para eles.
    LAMENTÁVEL!!!

  • Pllinio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    para o motosserra de ouro Maggi ver que sua fama não é lá muito agradável. Em pouco tempo, tenho certeza, que com sua ânsia de desmatar visando lucros e mais lucros (o que tem é pouco??), atrairá ainda mais a ira dos seres humanos (que ele está destruindo), e seu futuro é negro...

  • Alcides | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O nosso Governador não pode ficar alheio a esse comentário maldoso. É difamação pura! O governo, assim como os matogrossenses, têm que repudiar veemente esse comentário. O Governador tem que responder a esse novo Ministro, de forma dura, porém não sendo deselegante e maldoso como esse Ministro que já deu o recado a que veio. Com certeza, Mato Grosso será evidenciado na mídia local, nacional e internacional como sendo o maior devastador da Amazônia. Nós matogrossenses não merecemos isso !!! Já começou mal !!

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alvides;

    Quem é o maior devastador da Amazônia então?

    É o Rio Grande do Sul?

  • Sergio P Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que situação complicada hein Governador?

    Essa declaração do novo Ministro do Meio Ambiente é um anúncio dos problemas que Vossa Excelência ainda irá enfrentar no seu Governo.

    Quer ver seus planos para 2010 irem por água abaixo?

    Continue teimando!!

    O pior de tudo, é que nós matogrossenses é que pagamos um alto preço.

    Estamos mal representados, a começar pelo atual Secretário e sua trupe.

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O seu governador alcides se deixar ele desmata até essas arvores que são plantada nas calçadas, de nassa cuiaba porque que ele não cuida do Mãe Bonifacia? porque lá tem muito mato.

  • Thiago | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso porquê esse tal ministro disse em entrevista anterior que não conhece o Brasil direito!! Quando ele nós vizitar vai ver que a nossa realidade é muito pior, infelizmente quem leva o título de desmatator é o Blairo, porém a outras figurinhas carimbadas em nosso cenário político que concorrem em pé de iqualmente com o governador em termos de desmatamento.

  • alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como dizia Romário;
    Esse Ministro mal chegou e já está querendo ir na janela!
    Mato Grosso Não pode aceitar tal difamação!
    Nosso Governador não representa apenas a figura do empresário Blairo Maggi, e sim todos os matogrossenses que o elegeram e reelegeram!
    Se essa turma do Meio ambiente estivesse realmente preocupada com preservação de alguma coisa, voltaria seus olhos também para as indústrias de São Paulo, RJ, MInas, Bahia, etc.
    Na Realidade ficam fazendo lobby em cima da amazônia, tratando nossa gente como marginais, e se esquecem que quem realmente incentivou a colonização da região foi o próprio Governo Federal. Ou seja colocaram a escada no muro e depois que subimos, querem tirar a escada.
    O que o Brasil precisa, é de um projeto de preservação que alcance os objetivos comuns não só dos organismos internacionais, mas principalmento do povo brasileiro.
    O Governador deve dar a este Ministro, que a princípio se mostra despreparado, uma RESPOSTA A ALTURA!
    CHEGA DE DEMAGOGIA!

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...