Últimas

Quinta-Feira, 07 de Maio de 2009, 17h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CRÍTICAS

Missias se irrita e chama presidente do PT de oportunista

   Acusado pela executiva municipal do PT de cometer irregularidades no comando do Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande (DAE), o diretor-presidente do órgão, Jeverson Missias de Oliveira, divulgou nesta quinta (7) nota em que repudia a atitude dos petistas e classifica as declarações do dirigente Lázaro Donizete e do assessor jurídico Vilson Nery de "político-eleitoreiras" e "oportunistas". "Eles demonstram desconhecimento sobre a gestão de saneamento básico", avaliou Missias. Em relação às críticas ao reajuste em 30% da tarifa de água e esgoto do município, Missias relatou que, antes da assinatura do decreto que majorou o valor, encaminhou ao Ministério Público um relatório detalhado sobre o realinhamento da tarifa. "Se houvesse irregularidade, o próprio MP apontaria", argumentou.

Reforma no prédio do DAE/VG   Sobre a denúncia dos petistas de que Missias elabou carta-convite no valor de R$ 87 mil para construção de banheiros e pagamento de pizza e de refrigerante com dinheiro do DAE - saiba mais aqui, Missias disse que investe na melhoria da infraestrutura para oferecer atendimento adequado ao público e conforto ao servidores "e não na simples construção de banheiros, como foi citado pelos representantes do PT com intenção de ganhar espaço na mídia dando a conotação de denúncia de superfaturamento". Segundo Missias, a reforma começou pela recepção e fachada do prédio e agora será feita a ampliação de quatro salas de trabalho e vestiário, além de refeitório com banheiros masculino e feminino. "Lembramos que a infraestrutura não é só o prédio, mas o mobiliário, a alimentação e o ambiente de trabalho", apontou.

   De acordo com Missias, os petistas resolveram disparar críticas à gestão republicana porque obtiveram resultado medíocre nas urnas em 2008. "Ressaltamos que o DAE/VG, no que depender de sua diretoria e funcionários, não se transformará em mais uma alavanca política ou palco para oportunistas se favorecerem frente à opinião pública", sustentou. (Andréa Haddad)

   Eis, abaixo, a íntegra da nota de repúdio divulgada por Jeverson Missias
   Democracia pressupõe, antes de tudo, diálogo. Discordar é um direito inquestionável, mas dialogar, antes de acusar, é uma prática elegante, democrática e decente. Utilizar-se de subterfúgios para atacar uma ação, discurso ou prática da qual se discorda, para dizer no mínimo, é praticar a dissimulação. Foi o que ocorreu com o presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores, Lázaro Donizete e com o assessor jurídico Vilson Nery, que desprovidos qualquer embasamento fático sobre o realinhamento da tarifa de água no município e sobre a gestão deste órgão, praticaram a ofensa ao respeito e à dignidade.
  
O Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande (DAE/VG) repudia a atitude do PT e classifica as declarações feitas à imprensa de político-eleitoreiras e oportunistas, demonstrando desconhecimento sobre a gestão de saneamento básico na cidade, da implantação dos novos serviços, dos projetos em execução e da conduta dos profissionais que atuam neste órgão.
  
Para atestar a transparência dos serviços executados e recursos aplicados por este órgão informamos que antes da atitude do PT, foi encaminhado ao Ministério Público de Várzea Grande um relatório detalhando este realinhamento da tarifa de água no município. Por isso se houvessem irregularidade o próprio MP apontaria ao órgão. Isso demonstra o respeito com que tratamos os munícipes de Várzea Grande e a seriedade com encaramos nosso trabalho.
  
Também informamos que o DAE/VG está investindo na melhoria de infra-estrutura para oferecer um atendimento adequado ao público e conforto ao servidores e não na simples construção de banheiros, como foi citado pelos representantes do PT com intenção de ganhar espaço na mídia dando a conotação de denúncia de superfaturamento.
  
A reforma inicia pela recepção e pintura da fachada do prédio, se estenderá a ampliação de quatro salas de trabalho e vestiário; além de refeitório com banheiros masculino e feminino. Lembramos que a infra-estrutura não é só o prédio, mas o mobiliário, a alimentação e ambiente de trabalho. Investir em infra-estrutura é pensar em tudo isso, mas também é pensar na valorização dos servidores e em um ambiente de trabalho mais sadio.
  
Assim, manifestamos absoluto repúdio aos atos desses representantes do Diretório Municipal do partido, que sem atentar para qualquer princípio ético, induziram o Deputado Ademir Brunetto a usar a tribuna da Assembléia Legislativa e de lá tentar transformar em verdade, versão eivada de vícios pois, é de conhecimento público que o Partido dos Trabalhadores em Várzea Grande, fez parte da base deste governo na primeira fase de administração ocupando cargos de primeiro escalão. No entanto, na fase de pré-campanha eleitoral, ano passado, rompeu com a atual administração e aderiu à candidatura de opositores. Por apresentar um resultado eleitoral medíocre, tenta agora, a todo custo, ocupar espaço na mídia.
  
Ressaltamos o que o DAE/VG, no que depender de sua diretoria e funcionários, não se transformará em mais uma “alavanca política” ou “palco” para oportunistas se favorecerem frente à opinião pública.
  
Várzea Grande 7 de maio de 2009
  
Jeverson Missias de Oliveira
   Diretor Presidente do DAE

Postar um novo comentário

Comentários (35)

  • Luis Oliveira Duate | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de repudiar a atitude deste Senhor Mesias e parabnizá-lo o Deputado Bruneto , mesmo sendo da região de Alta Floresta está apoiando a poluação de Várzea grande, contra este aumento abusivo da tarifa de agua aqui na nossa cidade. Queria até perguntar cadê os outros Deputados: Walalce, Maksuesleite, campos Neto e os vereadores também. Será que estão todos no bolso da casa Domingos

  • laura flavia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    acho engraçado, ele devia fazer nota de repúdio a gente que desvia dinheiro público,que faz farra com dinheiro dos outros pagando pizza, refrigerante, empregando parente, superfaturando nota, para pagar parente que precisa de uma boquinha, vergonha é o DAE pagar ONG, para beneficiar parente de Dito Loro, na gestão de Missias, por que não uma nota de repúdio a isto seu Missias....

  • Dulce helena Vasconcelos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Mesias no minimo deva ser burro ao quadrado, em vez de estar agradecendo ao Lula e ao PT aos inumeros rcursos do PAC chegado a Várzea Grande e que boa parte dele acaba sendo administrado por ele mesmo , fica é xingando o PT. Será que ele esquece que xingando o PT , é malatratar a Serys, Carlos Abicalil, o bruneto e alexandre Cesar. São os que faz todas as gestões junto ao Governo Federal para a vida DOS RECURSOS PARA VÁRZEA GRANDE. Acorda MURILÃO, depois os recursos não chegam em V. Grande e a culpa vai ser deste despreparado Mesias/Dito Loro

  • Vilson Nery | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta administração (do Murilão) está sendo injusta com o PT. Afinal milhares de varzea grandenses recebem benefícios do Bolsa Família, há investimentos de 200 milhões do PAC, asfaltos nos bairros, mini estádios etc etc etc. Tudo obra do governo do PT, que eles repudiam.

    O PT fez por Varzea Grande o que os Campos e seus genéricos (Carlos Gomes, Nereu e Murilo) não fizeram em 60 anos!

    Os dirigentes do DAE deveriam explicar o aumento das tarifas (que varia de 30 a 100%), ao mesmo tempo em que o dinheiro público é gasto com pizza e refrigerantes.

    Oportunismo é isso: gastar dinheiro do povo com pizza e pôr a culpa nos outros.



    Vilson Nery

  • Neide Costa Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só existe duas razões para Mesias está se expondo assim: A primeira que deva ter alguma coisa que te condena também junto com Dito Loro e a segunda é que talvez possa estar na corda bamba também pressionado pelo deputado emanuel Pinheiro e está fazendo uma média com seu Chefe maior licenciado Murilo Domingos

  • dejango | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE PT DA VG NÃO TEM MESMO JEITO. ESTEVE TODO O PRIMEIRO MANDATO COM O MURILO, DEPOIS SE AFASTOU ACHANDO QUE ABFARIA NAS ELEIÇÕES E GRAÇAS AO HOJE PODEROSO DO PT DONIZETE NÃO CONSEGUIRAM ELEGER NENHUM VEREADOR.
    O PT TEM QUE TIRAR O PODER DESSE CIDADÃO SE NÃO VAI CONTINUAR AFUNDANDO SE É QUE TEM MAIS PARA ONDE IR.
    GENTE, DENUNCIA É COISA SÉRIA, TÉM QUE VIR A PÚBLICO E MOSTRAR AS PROVAS, NÃO PODE FICAR MANCHANDO AS PESSOAS POR PECUINHA POLÍTICA, SE PERDEU QUE SEJA GRANDE O BASTANTE PARA SER OPOSIÇÃO COM RESPONSABILIDADE, PELO O QUE EU SEI ALÉM DE TEREM TRAIDO O MURILO, PERDERAM AS ELEIÇÕES E DEPOIS FICARAM PROCURANDO UMA BRECHINHA NOS CARGOS DA PREFEITURA.
    SE O PT DA VG GRANDE QUER AJUDAR, COMECE A EXIGIR DA DIREÇÃO ESTADUAL DO PT A EXCLUSÃO DO ALEXANDRE CESAR QUE JÁ ESTÁ MAIS QUE PROVADO OS SEUS INLÍCITOS.

  • Petista Chateado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha......até parece que esse Donizette é gente boa. Quem não conheçe o PT daqui de VG pensa isso. Aconteçe que ele e o Vilson acham que são donos do PT e fazem tudo da cabeça deles.....gostam de negociar....não tem mais ideologia não......

  • Manoel Rufino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gente tem que fazer justiça. Tá melhorando muito a água de uns tempos pra cá. Moro no Parque do Lago fiquei mais de 5 anos tomando banho de canequinha. Agora esse povo que não paga a conta fica chiando por causa de um aumentinho. É só beber uma cervejinha a menos por semana que dá.

  • Manoel Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tá certo o Messias.....esses caras do PT são inconsequentes mesmo. Esse Vilson manda no Donizette e empurra ele pro buraco.

  • José Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Um conselho pro Missias. Da próxima vez que essa oposição de mentira que perdeu a eleição pra voces e depois começou a rodear os vencedores pra conseguir uma boquinha na Prefeitura falar ou publicar algo...não entre no jogo deles. Eles querem apararecer....não responda..........parece que é bobo.... ôôô Missias!

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.