Últimas

Sexta-Feira, 20 de Novembro de 2009, 09h:32 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

PESAR

Morre Garcia Neto; governador e prefeito decretam luto


Ex-prefeito Rodrigues Palma, demais familiares, parentes e amigos dão adeus ao ex-governador Garcia
Foto: Patrícia Sanches

 Cinco dias depois de sofrer derrame, o ex-governador José Garcia Neto, aos 87 anos, veio a falecer neste feriado de 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, às 5h30. Ele estava na UTI do hospital Jardim Cuiabá. O velório começa a partir das 11h30 na capela Jardins. O enterro está previsto para às 17h30 no cemitério Piedade, no centro da capital. Garcia já estava com morte cerebral desde esta quarta. Ele foi indicado governador em 74 pelo então presidente Ernesto Geisel e, contra a sua vontade, sancionou a lei que criou o Estado de Mato Grosso do Sul.

Ex-governador Garcia Neto   Um dos três filhos vivos de Garcia Neto, Robério Garcia, o Berinho, ex-diretor da Eletronorte, disse que o pai era uma pessoa feliz porque construiu poder fora do poder e não tinha inveja das pessoas. "Ele foi um exemplo de pai. Sua maior marca foi viver esse tempo todo feliz e alegre porque não tinha inveja". Garcia Neto era casado com Maria Lygia de Borges Garcia. O casal teve cinco filhos, dois deles já falecidos: José Luís Borges Garcia e Gláucia Borges Garcia. Os outros três são Berinho, Carlos Antônio Borges Garcia, o Catonho, que já presdiu a Fiemt, e Maria Alice Garcia Palma. Ele foi o último governador antes da divisão territorial de Mato Grosso, que aconteceu em 1979. Conduziu o Estado de 75/78.

 Garcia Neto resistiu ao processo de separação, mas não conseguiu convencer o então presidente da República Ernesto Geisel, que assinou a Lei Complementar 31, sacramentando a divisão do Estado, criando Mato Grosso do Sul. Ele escreveu até um livro sobre o movimento separatista. Engenheiro civil e sergipano, Garcia Neto ocupou vários cargos eletivos. Ingressou na vida pública logo aos 15 anos, quando foi preso após ser confundido com um comunista. Militou na União Nacional dos Estudantes e seu primeiro cargo foi de prefeito de Cuiabá (55/59). Depois veio a ser vice-governador de Fernando Correa da Costa (61/66) e deputado federal por duas vezes. Em 78 e 82 concorreu, sem êxito, ao Senado.



Então governador, Garcia Neto, ao lado da primeira-dama Maria Lygia, descerra fita junto com o General do II Exército, Dilermando Gomes; Garcia iderou movimento contra divisão territorial de MT
Fotos: Demóstenes Milhomem e Acervo Lázaro Papazian

(10h) - Enterro é no Piedade; cemitério abriga restos mortais de personalidades políticas

   A família decidiu que o corpo do ex-governador Garcia Neto será enterrado no cemitério público da Piedade, à rua Ipiranga, na região central de Cuiabá. O cortejo fúnebre está previsto para a partir das 17h30, a partir da capela Jardins, onde o corpo começa a ser velado. O Piedade foi construído em 1815 para receber entes queridos das primeiras famílias mato-grossenses.

    Muitos personagens que se eternizaram ao contribuir para com a evolução política e com desenvolvimento econômico, cultural e social do Estado foram enterrados ali, como o interventor federal Júlio Strubing Muller, nomeado por Getúlio Vargas na instalação do Estado Novo (1937/1945), o almirante Augusto João Manuel Leverger, defensor das terras mato-grossenses durante a Guerra do Paraguai (1864-1870) e que foi presidente da província por várias vezes na época; a professora Maria Muller, os poetas Rubens de Mendonça e Benedito Santana da Silva Freire e o ex-governador João Ponce de Arruda, que comandou o Estado de 1956 a 1961.

(Às 10h40) - Em nota, Federação das Indústrias lamenta a morte do ex-governador

   O presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), Mauro Mendes, lamenta a morte de Garcia Neto, para quem foi "um dos protagonistas da história de Mato Grosso e que muito contribuiu para com o crescimento e desenvolvimento de toda a região."

    Eis, abaixo, a íntegra da Nota de Pesar acerca do falecimento de Garcia
  "O Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt) expressa seu profundo pesar pelo falecimento do amigo e ex-governador do Estado de Mato Grosso, Garcia Neto. Como um dos protagonistas da história de Mato Grosso, ele muito contribui para o crescimento e desenvolvimento de toda a região. Teve papel fundamental na trajetória política estadual, bem como na consolidação do setor industrial mato-grossense. Neste momento de profundo pesar, o Sistema Fiemt se solidariza com os familiares e amigos."
    Mauro Mendes
    Presidente do Sistema Fiemt

(11h) - Governo decreta luto oficial; ex-secretário vê Garcia como estadista e humanista 

   O governador Blairo Maggi decretou luto oficial de 3 dias devido à morte de Garcia Neto. Ele deve comparecer ao velório na sala Orquídea da capela Jardins, situada próximo ao Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá. Maggi disse que Garcia deixou marca na história da administração de Mato Grosso. Destacou que estava acompanhando o desenrolar do quadro clínico do ex-governador, depois do acidente vascular cerebral sofrido. O governador afirma que conversou com familiares e que todos, de certa forma, estavam preparados. “A gente lamenta como cidadão, como quem também já perdeu o pai, mas ele viveu bem, teve uma vida longa e feliz, com sua família, um homem de muito bom senso, tranquilo e o nome dele está escrito na história", destacou o governador.

    O secretário-adjunto de Estado de Comunicação Social, jornalista Onofre Ribeiro, que comandou a mesma pasta no período em que Garcia Neto comandou o Estado, disse que o ex-governador foi o maior estadista de Mato Grosso pós-45. Para ele, Garcia tinha uma visão muito abrangente do Centro-Oeste e da Amazônia, num período em que as pessoas de um modo geral não tinham ainda se despertadas para tamanha importância dessas regiões. Onofre classifica também Garcia Neto como "muito humanista".

(Às 11h25) - Prefeito chama Garcia de conselheiro e destaca trajetória do ex-governador

    Wilson Santos já assinou um decreto de luto oficial de três dias pelo falecimento de Garcia Neto. O prefeito considera que o ex-governador teve uma brilhante carreira política e papel importante na história. Lembra que Garcia foi o primeiro prefeito eleito de Cuiabá. “Perdemos uma grande reserva moral do Estado, um político habilidoso, apaixonado pelo que fazia, que foi tudo na vida política de Mato Grosso e, em especial, o primeiro prefeito eleito da Capital na década de 1950”, disse o prefeito. Considera ter perdido um amigo e um dos principais conselheiros.

    Pré-candidato a governador, Santos está em Arenápolis e antecipou retorno a Cuiabá para estar presente no velório. “É com muito pesar que decretamos o luto oficial pelo falecimento desse grande estadista, que foi um dos maiores políticos de toda a história de Cuiabá e Mato Grosso"

   Eis, abaixo, a íntegra do decreto de luto de três dias assinado pelo prefeito Wilson Santos
   WILSON PEREIRA DOS SANTOS, Prefeito Municipal de Cuiabá (MT), no uso de suas atribuições legais; e
   CONSIDERANDO o profundo sentimento de pesar, do povo Cuiabano pelo passamento do ex-governador de Mato Grosso e o 1º prefeito eleito de Cuiabá José Garcia Neto; e
   CONSIDERANDO que José Garcia Neto, formado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Bahia em 1944, governador do Estado de Mato Grosso entre os anos de 1975 e 1978, ex-prefeito de Cuiabá, professor da antiga Escola Técnica de Cuiabá, diretor do antigo Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Engenheiro do Ministério da Fazenda, um verdadeiro estadista.
    DECRETA:
    Art. 1º Fica declarado Luto Oficial no Município de Cuiabá (MT), por 03 (três) dias, a partir desta data pelo falecimento do ex-governador de Mato Grosso e o 1º prefeito eleito de Cuiabá José Garcia Neto, ocorrido no dia 20 (vinte) de novembro do corrente ano.
    Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Palácio Alencastro, em Cuiabá (MT), 20 de  novembro de 2009
     WILSON PEREIRA DOS SANTOS
      Prefeito Municipal

(12h30) - Para presidente da AL, Garcia Neto honrou o Estado e foi homem determinado

   José Riva, presidente da Assembleia, disse que Garcia Neto "foi um dos grandes vultos da história política de Mato Grosso". Lembrou que o sergipano foi governador, deputado e prefeito. "Em todos os cargos que ocupou, Garcia Neto honrou nosso Estado edificando obras, projetos e ideais que continuarão vivos na memória da população. Grande homem público, determinado, família respeitada. Só temos a lamentar".

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • BOTELHO PINTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É UMA PENA QUE NÃO EXISTAM MAIS POLÍTICOS

    COMO GARCIA NETO. UM EXEMPLO DE ÉTICA E

    RESPEITO AO DINHEIRO PÚBLICO. VAI FAZER FALTA.

  • ANTONIO CARLOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DR. Garcia era uma pessoa cordial como poucos, tanto ele como D. Maria Ligia quando chegavam em um local transmitia aquela sensacao gostosa de um casal feliz.Vai fazer falta a todos.

  • HENRIQUE JOSÉ DE ANDRADE E SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    MATO GROSSO PERDE UM GRANDE HOMEM E ESTADISTA , DESCANCE EM PAZ SRº JOSÉ GARCIA NETO FOI UM GRANDE GORVENADOR , PREFEITO E SENADOR , QUE DEUS CONFORTE A FAMILIA DO SRº. POIS SÓ ELE QUE PODE NESTA HORA NOS CONFORTAR.

  • João Afonso da Costa Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Requiem in pace.

    Tendo lutado o bom combate durante toda a sua existência, nos deixa desolados com o seu passamento, nos legando com seu exemplo de vida, princípios basilares norteadores da nossa caminhada, tais como: lealdade, companheirismo, respeito e amor ao próximo. O nosso reconhecimento por tudo que lutou e representou para o nosso Estado de Mato Grosso. À família enlutada os nossos pêsames e solidariedade neste momento de dor e sofrimento. Ao correligionário ausente, que descanse em paz e que a luz perpétua vos ilumine.

  • João Pedro Lisboa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, aprenda de uma vez por todas: ANTES DE PREPOSIÇÃO NÃO SE USA CRASE. PARA ÀS NÃO EXISTE!! Quero ver se vc vai ter peito para aprovar meu comentário.

    Resposta - Calma, João Pedro. Antes de preposição se usa crase, sim. Na regra geral, o acento da crase tem cabimento diante de palavras femininas determinadas pelo artigo definido a ou as e subordinadas a termos que exigem a preposição a. Exemplo: "O João Pedro vai ao velório às 16 horas". Os termos diante dos quais ocorre a crase exercem as funções de complementos, ou de adjuntos adverbiais. De todo modo, agradeço a sua intervenção, apesar das provocações. Estamos sujeitos a erros e falhas, sim, principalmente na cobertura jornalística diária e online. Sinto-se no direito de dizer-lhe que sou formado também em Letras. Abraço e continue acessando o RDNews - Romilson Dourado.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A TV ASSEMBLEIA TEM UM DOCUMENTÁRIO COM O EX-GOVERNADOR DO MATO GROSSO, GARCIA NETO. COM SUA HISTORIA, SEUS FEITOS. AS BATALHAS VENCIDAS. COM OS BASTIDORES DA DIVISÃO DO MATO GROSSO. COISA OTIMA DE SE VER, DE ASSISTIR, DE SE EMOCIONAR. DE SER FAZER JUSTIÇA DO DR. GARCIA NETO. RECOMENDO, VALE MUITO. VAI EM PAZ. SEU NOME ESTA NA HISTORIA. UM GRANDE HOMEM PUBLICO. HOJE EM DIA, MUITO EM FALTA, EM NOSSO MEIO POLITICO. AINDA ESTA PRA NASCER OUTRO HOMEM PUBLICO DO CALIBRE DO EX-GOVERNADOR GARCIA NETO!

  • Julio José de Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Perde hoje Mato Grosso, um dos seus filhos e politico dos mais ilustres.Dr.José Garcia Neto, embora nascido no pequeno estado do Sergipe,adotou e foi adotado por Mato Grosso.Aqui chegou na decáda de 1945/50 no Governo Julio Múller,como engenheiro da firma Coimbra Bueno para realizar obras em Cuiabá. Foi seu primeiro Prefeito eleito pelo voto popular em 1954,pela UDN.Em 1960 foi eleito tambem pelo voto do povo Vice Governador do Estado,na chapa liderada pelo Dr.Fernando Corrêa da Cota(UDN),e por sinal teve mais voto que o titular.Em 1966 foi eleito o Deputado Federal mais votado de MT,pela ARENA,sendo reeleito em 1970.Como parlamentar realizaou notavel trabalho em pról de MT no Congresso Nacional,dentre eles lutar pela criação da Universidade Federal de MT,e trazer as rodovias federais asfaltada até Cuiabá.Foi eleito pela Assembleia Legislativa para ser o nosso Governador em 1974,por indicação da ARENA e do Presidente Geisel. Como Governador de MT,ele me ajudou muito quando eu era Prefeito de V.Grande,a fazer a duplicação da pista da Av.FEB,e muitas obras na area da educação e saneamento.Foi o construtor da Estação Rodoviária de Cuiabá,da pavimentação asfaltica das Rodovias Estadual para Chapada,Poconé,e Guiratinga.Trouxe o Linhão de Energia Eletrica de Cachoeira Dourada para MT. Foi o ultimo Governador do MT-uno, em l977 ocorreu a divisão do estado.Deixou uma enorme folha de serviços prestados a Cuiabá,e ao MT, principalmente na area social, como a PROSOL,Fundação Dom Aquino Corrêa,e Fundação Cultural.Teve ao longo da sua vida,a presença sempre dinaminca e carinhosa de Dº Maria Ligia. Devemos muito a este homem público,que nunca guardou magoas ou resentimentos por derrotas eleitorais que sofreu para o Senado Federal.Homem de bem,corajoso,sério,e merecedor do nosso respeito.Aos seus familiares os nossos votos de profundo pesar.

  • Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mato grosso,perde um grande estadista.

  • bento Porto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dr.Garcia Neto foi um exemplo de cidadão honrado e de estadista. Foi defensor intransigente do interesse público. Defendeu Mato Grosso como Estado Solução! Com muita honra fui secretário de planejamento de seu governo. Com meu profundo pesar, peço a Deus que conforte dona Maria Lígia, seus filhos e parentes por este vazio doloroso que fica com a sua morte.

  • Alfredo Godoff | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.