Últimas

Domingo, 03 de Fevereiro de 2008, 15h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

PESAR

Morre Varjão, autor do projeto do Discoporto

   Morre, aos 84 anos, em Cuiabá, de falência múltiplas dos órgãos, o ex-deputado federal, ex-senador e ex-prefeito por dois mandatos de Barra do Garças, Valdon Varjão, maior político da velha guarda da região do Araguaia. Ele estava na UTI do Hospital Santa Rosa há cerca de 15 dias. Faleceu neste domingo, às 12h.

   O corpo será levado para Barra do Garças. A família não sabe ainda onde será velado. Varjão deixa órfãos a esposa Maria Rosa Varjão e quatro filhos: José de Arimatéia, Maria Honorária, Malba Tânia e Joemar Nicodemos Varjão.

   Valdon Varjão ganhou projeção nacional com seu projeto que resultou na construção em Barra do Garças do primeiro Discoporto do Brasil, ou seja, um local exclusivo para a aterrissagem de discos voadores. O Discoporto (Ovniporto) está localizado nas proximidades da região do Serra do Roncador, lugar que se tornou um dos principais pontos de atividade do turismo ufológico no país. Por causa desse projeto muitos chegaram a classificá-lo de louco e lunático. Varjão participou até do Programa do Jô, da Rede Globo, motivado pelo Discoporto. (Romilson Dourado e Ronaldo Couto)

(Às 15h20) - Carnaval em Barra homenageia Varjão

   Por coincidência, os enfeites de Carnaval em Barra do Garças representam uma homenagem ao seu filho ilustre Valdon Varjão, que faleceu neste domingo, em Cuiabá. A prefeitura decorou as principais ruas e avenidas com imagens de disco voador, em alusão ao discoporto, projeto idealizado por Varjão. Batizou o carnaval deste ano de Galáxias, uma iniciativa do prefeito Zózimo Chaparral, que foi vereador junto com Varjão. 

(Às 15h30) - Ex-prefeito 2 vezes lançou 28 livros

   Valdon Varjão escreveu 28 obras, várias delas retratando a história de Barra do Garças e do Vale do Araguaia. Foi prefeito de Barra do Garças por duas vezes (59/63 e 73/77), vereador, deputado estadual, senador e membro da Academia Mato-Grossense de Letras. Chegou ao Congresso Nacional como primeiro senador negro da República e foi autor do projeto proibindo a venda de órgãos humanos no Brasil.

(Às 15h35) - Varjão participou do Programa do Jô

 Em 1986, Valdon Varjão encerrava a sua carreira polítca na condição de vereador por Barra do Garças. No mesmo ano ele apresentou o projeto criando o discoporto - espécie de aeroporto para aterrisar discos voadores. A idéia considerada visionária por ele acabou lhe rendendo uma participação no Programa do Jô, do humorista Jô Soares, e uma estrutura de um disco voador no alto da Serra Azul, de Barra do Garças.

(Às 15h40) - Ex-prefeito mantinha valioso acervo

    Valdon Varjão possui o maior acervo de fotos, livros e objetos históricos de Barra do Garças. Entre as relíquias do município, guardava consigo um osso supostamente de dinossauro e pedaço de pedra que supõe-se que seja de um meteorito. As histórias de Varjão fizeram dele um amigo dos irmãos Villasboas com participação em documentários que são apresentados na TV Cultura. Valdon Varjão pertencia a outros dois líderes políticos da velha guarda de Barra do Garças: Ladislau Cristino Cortes e Wilmar Peres de Farias.

(Às 15h45) - Prefeito Chaparral decreta luto oficial

   O prefeito de Barra do Garças, Zózimo Chaparral (PC do B), acaba de decretar luto oficial de três dias. Por uma decisão da família, o carnaval de rua que acontece na porta da casa de Valdon Varjão vai continuar.

(Às 15h50) - Corpo vai ser velado na prefeitura

 O corpo do ex-prefeito, vereador, deputado e ex-Valdon Varjão está sendo conduzido para Barra do Garças, de ambulância. Vai ser velado no auditório da prefeitura. No mesmo local foi velado também o corpo do ex-prefeito e ex-governador Wilmar Peres.

(Às 15h55) - Não foi morte dolorosa, diz uma das filhas

  "Ele relutou muito. Morreu tranquilo. Não foi uma morte dolorosa", conforta-se Maria Honorária, uma das quatro filhas de Valdon Varjão, em contato por telefone com o RDNews, enquanto, ainda no Hospital Santa Rosa, cuidava dos preparativos para o transporte do corpo do pai para Barra do Garças. Para Maria, o ex-prefeito Varjão "foi o maior herói da família". Afirma que ele mostrou muita persistência e vontade de viver por mais tempo. "Infelizmente, chegou no limite. Não suportou mais", diz, ao explicar que Varjão teve falência dos órgãos, após complicações por causa de pneumonia, paralisação dos rins e perda dos movimentos do corpo. "Agora, Barra do Garças, em ritmo de Carnaval e em homenagem a ele (Varjão) vai recebê-lo, em festa".

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em que pesem as convicções ideológicas, enquanto pesquisadora das relações étnico-raciais, penso que a trajetória de Valdon Varjão precisa ser mais estudada/ divulgada. Eu própria não tinha noção de sua dimensão, até os meios de comunicação divulgarem notas de seu falecimento e trajetória de vida.

    Não é todo dia que um negro ocupa posição de destaque, chegando a cargos de mando como vereador, prefeito, senador, etc, por um município como Barra do Garças.

    Cada vez me convenço mais: Mato Grosso têm um histórico de histórias não contadas... onde o sentido de brasilidade precisa ser reescrito.


  • Lane Costa - Professora | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em que pesem as convicções ideológicas, enquanto pesquisadora das relações étnico-raciais, penso que a trajetória de Valdon Varjão precisa ser mais estudada/ divulgada. Eu própria não tinha noção de sua dimensão, até os meios de comunicação divulgarem notas de seu falecimento e trajetória de vida.

    Não é todo dia que um negro ocupa posição de destaque, chegando a cargos de mando como vereador, prefeito, senador, etc, por um município como Barra do Garças.

    Cada vez me convenço mais: Mato Grosso têm um histórico de histórias não contadas... onde o sentido de brasilidade precisa ser reescrito

  • Jussania Dias Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deus nos agraciou com a presença desse homem de sabedoria culta e senso de humor exagerado, verdadeiro contador de história. Voce não conseguia saber onde terminava a realidade e começava a história, era tudo simples e mirabolante e nos fazia pensar no dom de viver.
    Deus com certeza, irá dar o conforto aos seus familiares e amigos.

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Morre um dos politicos mais humanos e brilhante de matogrosso.
    Originário da cidade de Baliza - Go (Pedra de Baliza) vizinha a Torixoreu, separada apenas pelo Rio Araguáia - onde criança conheceu e conviveu com uma das maiores figuras do PSD de Goiás, o famoso Coronel Tézinho e na época o mais famoso chefe politico éra o farmaceutico de Aragarças : Jacarandá - amigo pessoal de dr.Pedro Ludovico Teixeira e fabricante do famoso licor de pequi extraido por imersão.
    O Senador Varjão éra filho de lavadeira e foi aluno do meu pai Dr.Lucena no grupo escolar.
    Perde toda a região de barra, perde mato Grosso, perde o Brasil.

  • Lucky Marlon | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Neste momento deixo toda minha consideração e respeito a família deste Ilustre Barragarcense. Em diversas reportagens pude confirmar o tamanho do coração e espírito de solidariedade que este desbravador tinha em favor dos mais fracos de sua cidade,auxiliando diversas entidades, dentre elas, a creche das freiras Ursulinas no bairro de Vila maria naquela cidade. Onde até hoje crianças recebem amparo.
    Valdon Varjão também foi pioneiro na comunicação de Barra do Garças, com a implantação da TV Tainã Biu , que mais tarde se tornou TV Cidade.
    Por muito tempo meu velho é amado Pai hoje já falecido Alberto Rossini trabalhou com seo Valdon, pois assim na intimidade fui também criado na varanda de sua casa.
    Descanse em Paz seo Valdon, Mato Grosso perde mais um grande político e homem de bom coração.

  • Malba Varjão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A história da vida de Valdon Varjão se confunde com a prória história de Barra do Garças e sua vida está escrita na vida de muita gente desta região.

    O fato marcante em seus escritos é o amor desprendido que devota aos valores culturais de sua região, a tentativa imperiosa de que seja conhecido e preservado tudo que diz respeito à Memória e à história de Barra do Garças e a busca incessante de sua transmissão às gerações futuras.

    Estabelece um diálogo utópico consigo mesmo em sua obra quando diz: "um dia também serei transformado, e que esse dia não seja breve. Defronto-me com a realidade, porque sei que tudo na vida tem um fim... E hoje, eu quedo absorto e me pergunto: A propósito, onde andam meus passos?"

    "Quem quiser cultivar saudades
    Escalde bem a semente,
    Plante em terreno fértil
    Num dia de sol bem quente
    Pois se plantar no molhado
    Ela cresce e mata a gente"
    Catulo da Paixão Cearense, poeta.

  • Malba Varjão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A história da vida de Valdon Varjão se confunde com a própria história de Barra do Garças e sua vida está escrita na vida de muita gente.
    O fato marcante em seus escritos é o amor devotado aos valores culturais na tentativa imperiosa de que seja conhecido e preservado tudo que diz respeito à memória e à história de Barra do Garças e região.

  • D.Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Residi por oito meses na Vila Santo Antonio, em Barra do Garças, no ano de 85, tempo suficiente para tomar conhecimento dessa lenda viva. Guardadas as devidas proporções, Valdon Varjon foi o nosso general Collin Powell, chefe militar negro norte-americano. Valdon foi o chefe da cultura matogrossense e o seu falecimento representará uma "tempestade no deserto" do descaso para com a cultura desta terra de Rondon, de Ladislau, de Wilmar e por que não dizer, de Chaparral. O tempo contribui para a diluição do corpo físico mas os ideais de engrandecimento da cultura permanecerão. Palavras de quem nem ao menos teve a oportunidade de conhecer pessoalmente esse "totem sagrado" da cultura popular do Vale do Araguaia.

  • Erico Piana Pinto Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na última vez que estive com o Sr. Varjon, fui agraciado com dois livros que ele escreveu. Saí com a melhor das impressões daquele Senhor. No momento que conversamos, ele me brindou com histórias políticas e culturais, daquelas que a gente não quer que terminem...Ele tinha um carinho, vocação, e demonstrava ser muito sábio. Acima de tudo, vivia um amor permanente por sua terra - Barra do Garças. Perdemos um político e historiador vocacionado que deixa para todos os Matogrossenses muitos ensinamentos de luta e perseverança.

  • Julio José de Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tive a honra de conhecer valdon varjão,ainda criança na decada de l950/60 pois o mesmo era amigo e correligionário
    do meu pai Julio Domingos,seo Fiote,no antigo PSD de Filinto Muller e Ponce de Arruda. Como Vereador,Prefeito deBarra do Garças e Deputado Estadual,sempre lutou pelo povo, e pelo vale do Araguaia. Foi meu correligionário na
    ARENA, E EM 1978 foi eleito suplente do senador Gastão Muller, exercendo por 2 vezes a cadeira de senador,sendo o primeiro negro a ocupar uma cadeira do Senado Federal.Apresentou varios projetos e fez inumeros pronunciamentos,que deu para publicar um livro. Em l982 por
    ocasião da minha eleição para Governador do Estado, pelo PDS, tive no Varjão um expecional companheiro,FOI nosso candidato a deputado federal, ficou como primeiro suplente e exerceu o mandato por 6 meses na vaga de Jonas
    Pinheiro, quando o mesmo veio assumir a Secretária do Interior do Governo Julio Campos. Varjão exerceu tambem o cargo de Secretário Chefe do ESCRITORIO DE MT EM BRASILIA. no período do governo Wilmar peres, Varjão foi tambem secretário de Ind.Conercio e Turismo de MT. Estudioso, intelectual foi membro do Instituto Histórico e Geográfico do estado e da Academia de Letras. Apaixonado pela historia do ARAGUAIA, e de MT, perdemos hoje um grande e valoroso cidadão. Avisado a tempos, pude prestar-lhe a minha ultima homenagem visitando os seus familiares no hospital Santa Rosa, onde deixei os meus pesames, e sentimento´pela perda do grande pai, esposo, avô, que foi VarjaoO

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...