Últimas

Terça-Feira, 17 de Julho de 2007, 00h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

EXECUTIVO

MP coíbe nepotismo, mas se cala sobre governo

   O procurador-geral de Justiça do Estado, Paulo Prado, tem liderado ações no sentido de fechar o cerco contra nepotismo no poder público. As maiores investidas são contra prefeitos e secretários municipais. Já em relação ao governo do Estado, o MPE se cala. Nenhuma medida até agora, por exemplo, em relação ao governador Blairo Maggi, que desde janeiro de 2003 mantém a esposa e primeira-dama Terezinha Maggi como secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social.

    Provocado sobre o assunto, Maggi foi contundente. Disse que o Ministério Público não tem autonomia para exercer tão interferência. Avisou também que nem por isso vai tirar Terezinha do primeiro escalão. Há outros casos de emprego de parentes e de membros da família de secretários, presidentes e dirigentes de órgãos, empresas e autarquias. Na Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat), o diretor-presidente João Justino Paes de Barros nomeou como assessora direta a esposa Ana Maria Yamanaka.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • stenio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E O NEPOTISMO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABA.... TEM FILHOS ,MULHER, PRIMOS E IRMÕES.
    ACORDA M.P !!

  • Eleitor indignado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que dizer de um "Prmotor de Justica" que empregou e mantém empregado uma renca de primos na SEJUSP, sem contar com as esposas dos promotores-colegas que também estão por lá.

    Também tem o irmão do Promotor do Meio Ambiente lá na SEMA.

    Parece que até parente do "Promotor-Chefe" "trabalhando" lá prás bandas da SINFRA.

    A ação do MP é séria mesmo ou é só faz de conta, é só jogo de cena pra aparecerem bem na foto, prá passarem ao povo uma imagem de fiscalizadores da Lei.

    Os membros sérios do MP de Mato Grosso precisam fazer alguma coisa, existe gente muito séria e comprometida com o bem comum nessa instituição e o nome do MP não pode ser jogado na lama em decorrência da ação desses maus exemplos.

    Não pela preservação pura e simples da imagem da Instituição, mas porque é o dinheiro público e que paga toda essa farra.

  • Marcelo Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Stenio você alem de ficar, com toda razão, preocupado com a Prefeitura de Cuiabá, você deveria ficar preocupado com o seu português, pois não exitem a palavra IRMÕES o correto é IRMÃOS. Ok
    Parece que no desGoverno Estadual pode tudo, nem a imprensa e nem os orgãos fiscalizadores falam nada. Agora na Prefeitura de Cuiabá tudo é cobrado, queria ver esse mesmo empenho com o Estado.

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...