Últimas

Domingo, 26 de Julho de 2009, 09h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA DE CUIABÁ

MP defende cassação de salário de 8 marajás da Câmara

  O Ministério Público Estadual ingressou com ações para cassar salários de 8 “marajás” da Câmara de Cuiabá. A decisão é um reflexo dos constantes questionamentos feitos pelo presidente da Mesa Diretora, vereador Deucimar Silva (PP), e de Ongs, como a Moral e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). Desde que assumiu a presidência, Deucimar tem questionado a existência de salários muito além do aceitável e de efetivações que teriam ocorrido de maneira espúria. O primeiro caso a ser questionado pelo MPE e o mais polêmico foi o do prefeito de Barão de Melgaço e ex-vereador por Cuiabá Marcelo Ribeiro (PP), que teria sido efetivado no cargo sem concurso durante a gestão Luiz Marinho. Além disso, a Ong Moral aponta Marcelo como fantasma e que chegou a receber até horas-extras - saiba mais aqui. 

   Na nova "leva" de servidores supostamente irregulares estão a jornalista Roseli Cordeiro dos Santos e a advogada Fabiana Orlandi, que recebem salários mensais de R$ 5 mil, como secretária de comunicação e assistente legislativo, respectivamente. O intrigante nestes dois casos é que estes cargos já são ocupados regularmente por outras pessoas que também recebem salário, o que configura duplicidade no pagamento. O assunto é destaque no jornal A Gazeta deste domingo (26).

   Fabiana Orlandi que teria ingressado como taquígrafa em 1991, passou em concurso em 96 e requereu estabilidade financeira no cargo de secretária de Apoio Legislativo com salário de R$ 5 mil. Já Roseli, segundo levantamento do MPE, vinha recebendo R$ 5 mil, incluindo salário de servidor estável adicionado ao tempo de serviço e ainda diferença e aumento de salário não justificado somente na folha de 2007.

   Ainda segundo a denúncia, há servidores que passaram em concurso na área de assessor jurídico com salário de R$ 1,4 mil, mas, após manobras, passaram a receber R$ 5 mil, valor totalmente incompatível com a função. Toda a documentação chegou às mãos do MPE em junho e o órgão deve requisitar a anulação dos benefícios à Justiça neste mês. As irregularidades ocorreram nas últimas três gestões: Luiz Marinho (2003/2004), Chica Nunes (2005/2006) e Lutero Ponce (2007/2008).

  Entre as servidoras que também estão na “mira” da Justiça está Célia Lobo Pereira Leite, que teria sido efetivada irregularmente no cargo de secretária de administração, recebendo R$ 5 mil.  Esses chamados servidores “marajás” são ainda os principais beneficiados com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários aprovado a “toque de caixa” pela gestão Lutero e que foi uma das principais reclamações de Deucimar – veja mais aqui.  A Câmara de Cuiabá tem apenas 74 servidores efetivos e cerca de 350 comissionados, que consomem mais de R$ 800 mil com folha de pessoal. Deucimar anunciou a realização de concurso público para 300 vagas a ser realizado no segundo semestre. (Patrícia Sanches)

-------------------------------------------------------
Clique aqui e leia reportagem completa em A Gazeta

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Luiz Eduardo Rocha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito nobre a intenção do Ministério Público Estadual em combater efetivação ilegal de servidores, salários astronômicos e dupla ocupação de cargos. Não obstante, discordo com a parte da noticia que diz que a remuneração de R$ 5.000,00 é incompatível com a função de Assessor Jurídico. O Assessoramento Jurídico é atividade privativa de ADVOGADO e, por isso mesmo, deve ter uma remuneração compatível com a dignidade e importância dessa profissão. Não é incomum o Poder Público remunerar esses profissionais com valores totalmente incompatíveis com esses predicados. Deve ser combatida a política pública de captção de mão-de-obra barata quando se trata de ADVOGADO. Isso implica na perda da qualidade dos serviços e menospreza o histórico de luta da classe, que alcançou o elevadíssimo patamar de dignidade, indispensabilidade e status de múnus público.

  • botelho pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ATENÇÃO MP FALTA CASSAR O SALÁRIO DA

    MARISELMA CAMPOS QUE FOI EFETIVADA

    SEM CONCURSO PÚBLICO NA GESTÃO DE

    JOÃO MALHEIROS. ELE FOI EFETIVADA NO

    CARGO DE SECRETARIA GERAL.

  • joão marcio souza lopes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSAS EFETIVAÇÕES SEM CONCURSO PÚBLICO, FUNCIONÁRIOS FANTASMAS, ETC VEM SE ARRASTANDO HÁ ANOS, EXISTEM PROCESSOS JUDICIAIS SOBRE ISSO, A IMPRENSA SEMPRE DIVULGOU E ESSAS PESSOAS CONTINUAM FIRME NOS SEUS CARGOS RECEBENDO SALÁRIOS DE MARAJÁS E SEM TRABALHAR.
    O QUE AINDA FALTA PARA DEMITIR ESSAS PESSOAS. ORDEM DO PAPA???
    É PALHAÇADA NÃO ACONTECE NADA.

  • martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é por isso que o dinheiro da camara não da pra pagar as coisas...só gente querendo levar vantagens...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...