Últimas

Sábado, 16 de Fevereiro de 2008, 23h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

MP denuncia 5 por desmatamento sem licenças

    Várias áreas desmatadas irregularmente, em Cotriguaçu (950 km da  Capital), resultaram em cinco ações civis públicas. O município ocupa a 27ª posição na listagem dos que mais desmatam no país - leia mais aqui.  As ações foram ajuizadas pela Promotoria de Justiça do município. O desmatamento sem licença foi feito em várias áreas que juntas somam 138,4 hectares. 

   Luiz Morandi derrubou 72,8 hectares às margens da rodovia AR/2, km 21, Juruena. Irineu Gonçalves desmatou 16,8 hectares hectares no km 25. Na Gleba Somapar, José Antonio Pereira desmatou 30,8 hectares e Manoel Pedro da Silva, seis hectares. Já Mário Duarte desmatou 12 hectares na Gleba Nova Esperança.

   O Ministério Público argumentou que fiscalizações realizadas pelo IBAMA constataram os danos ambientais na floresta nativa da Amazônia Legal, razão pela qual foram aplicadas multas para coibir a irregularidade. As principais causas do desmatamento na região Noroeste do Estado consistem na atividade de extração ilegal de madeira e na exploração ilícita da pecuária.

    A legislação é clara quando diz: "as condutas e atividades consideradas lesivas ao meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou jurídicas, a sanções penais e administrativas, independentemente da obrigação de reparar os danos causados. A Floresta Amazônica brasileira, a Mata Atlântica, a Serra do Mar, o Pantanal Mato-Grossense e a Zona Costeira são patrimônio nacional, e sua utilização deve ser, na forma da lei, dentro de condições que assegurem a preservação do meio ambiente, inclusive quanto ao uso dos recursos naturais". (Simone Alves com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Sotero | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens para o Ministério Público, precisa colocar os infratores na cadeia até que eles tomem cinciência de que as matas significam vidas para nosso povo e para o brasil.

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...