Últimas

Quarta-Feira, 07 de Janeiro de 2009, 15h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

MINISTÉRIO PÚBLICO

MP enfrenta clima de campanha; resultado dia 6

Paulo Prado deixa MP após 4 anos   A maioria dos promotores e procuradores de Justiça já votaram para o cargo de procurador-geral de Justiça do Estado. São candidatos à sucessão de Paulo Prado os procuradores João Batista de Almeida e Naume Denise Nunes Rocha Muller e os promotores Marcello Ferra de Carvalho, hoje designado para a área da Fazenda Pública e por duas vezes presidente da Associação Mato-Grossense do Ministério Público, e Alexandre de Matos Guedes, promotor da Cidadania e que teve como última ação, com respaldo da Câmara Municipal, tornar obrigatório o orçamento participativo da Prefeitura de Cuiabá, além de ter conseguido uma liminar proibindo o prefeito Wilson Santos (PSDB) de pedir o aumento da tarifa do transporte coletivo no final de 2008. Aliás, nos corredores do MP o comentário é de que Guedes é o nome mais cotado para assumir a presidência.

   Todos cumprem os requisitos necessários para se candidatar ao cargo. Têm mais de 35 anos e, no mínimo, 10 anos de efetivo exercício no MP. O mandato é de dois anos. Pode ser estendido pelo mesmo período. O MP conta com 146 promotores e 25 procuradores de Justiça.

   As urnas serão abertas em 6 de fevereiro. Já a nomeação acontece em março do próximo ano. Paulo Prado já está no comando do MP há 4 anos. Na última eleição à PGJ, quando reconquistou o mandato, o governador Blairo Maggi, a quem cabe a escolha a partir de uma lista tríplice, declarou publicamente que vai utilizar da prerrogativa de, não necessariamente, seguir o compromisso moral de optar pelo mais votado. 

   Maggi já demonstrou que deve seguir firme em sua intenção. Na escolha do novo defensor público-geral do Estado, o governador optou por Djalma Mendes, que obteve 33 votos, enquanto Karol Rotini chegou a 81 dos 114 votos. A posição de Maggi, que prometeu quebrar paradigma na vida pública, tende a resultar em quebra de autonomia da classe do MPE. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.