Últimas

Sábado, 29 de Setembro de 2007, 12h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INVESTIGAÇÃO

MP recomenda anulação do concurso do Mapa

     O Ministério Público Federal em Mato Grosso encaminhou nesta quinta (27) uma recomendação ao secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Agropecuária e Abastecimento (MAPA), Silas Brasileiro, recomendando a imediata suspensão do trâmite (homologação, nomeação e posse) do concurso público para os cargos de agente de inspeção sanitária e industrial, e, em cinco dias úteis, a anulação integral do concurso.
 
    Cerca de 651 mil candidatos estavam inscritos para a prova que foi realizada no dia três de junho deste ano. Um mês depois, o concurso foi parcialmente anulado pelo Mapa, apenas para os candidatos com deficiência, conforme edital publicado no dia 4 de julho, no Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a anulação parcial implicou a redução indevida do acesso dos candidatos com deficiência apenas para as 21 vagas reservadas a eles. 

    O MPF considera que, ao anular parcialmente o concurso público, o próprio Mapa reconheceu a gravidade das irregularidades ocorridas no Centro de Educação de Jovens e Adultos da Asa Sul (Cesas), em Brasília (DF), as quais decorreram única e exclusivamente da atuação falha da empresa realizadora do concurso, a Assessoria em Recursos Humanos e Organização de Concursos Públicos (AOCP).
 
     Além desse incidente, vários outros fatos ocorridos no dia da aplicação da prova foram relatados por candidatos à Procuradoria da República em Mato Grosso, como a permissão para que apenas alguns candidatos anotassem suas respostas em detrimento de outros candidatos; a duplicidade em números de inscrição de diversos candidatos; as informações equivocadas sobre os locais onde inúmeros candidatos prestariam as provas e a realização de provas mediante "termos condicionais" que não estavam previstos no edital do concurso.
 
    Devido a essas irregularidades, o MPF recomendou que seja determinada a realização de uma nova prova para todos os inscritos e que sejam tomadas as providências para que os candidatos portadores de deficiência possam disputar em ampla concorrência as 333 vagas oferecidas, e também, em concorrência restrita, às 21 vagas reservadas para eles. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...