Últimas

Segunda-Feira, 14 de Julho de 2008, 15h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

INVESTIGAÇÃO

MPE alerta sobre propaganda em muro e internet

 Membros do Ministério Público Estadual e Federal avisaram aos candidatos a prefeito de Cuiabá, em reunião nesta segunda, que os passos dos que estão na campanha majoritária já começaram a ser monitorados no sentido de coibir abusos do poderio econômico e propaganda ilegal. O encontro contou com a presença dos 5 postulantes à cadeira de prefeito: Wilson Santos (PSDB), Mauro Mendes (PR), Valtenir Pereira (PSB), Walter Rabello (PP) e Mauro Cesar Lara (Psol). Dos que integram a chapa só faltou Chico Galindo (PTB), vice do tucano Santos.

   Um dos primeiros questionamentos a abrir o debate foi quanto à situação do ex-deputado Walter Rabello, que continua fazendo shows artísticos. Ele é cantor. Forma dupla com Odair Júnior. O presidente do PT de Cuiabá, Vilson Aguiar, defendeu a proibição de Rabello de realizar os eventos neste período de campanha eleitoral. Citou como exemplo o fato do cantor e hoje deputado federal Frank Aguiar  (PTB-SP) que foi proibido de realizar shows durante os 90 dias da campanha eleitoral.

   No caso específico de Rabello, os membros do MP entendem que é uma profissional, através da qual mantém a sobrevivência financeira. O PT, que tem a ex-deputada Verinha Araújo de vice da chapa de Mendes, não se conforma e vai questinar o assunto na Justiça. No fundo, quer proibir Rabello de fazer shows.

Gustavo Nogami, procurador-regional eleitoral   A reunião, no auditório do MPE, foi coordenada pelo novo procurador-regional eleitoral Gustavo Nogami, que substitui Mário Lúcio Avelar. Também participaram das discussões, entre outros, os promotores eleitorais Marcos Henrique Machado e José Antonio Borges, além do procurador-geral de Justiça, Paulo Prado. Eles alertaram aos posturantes ao cargo majoritário de que continua proibida propaganda em muros, a exemplo do pleito de 2006. No caso de internet, deve divulgar as propostas somente em seu site a ser criado na condição de candidato. Promotores eleitorais e o procurador adiantaram que existem até pessoas anônimas infiltradas nos eventos, tudo para levantar provas contra práticas ilegais na campanha. Isso tende a gerar processos e, consequentemente, impedir até registro de candidatura.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Sidney Torres | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O MINISTÉRIO PÚBLICO PRECISA FAZER A SUA PARTE, E DEVE MESMO COIBIR ESSAS PRÁTICAS DOS CANDIDATOS QUE AGEM SEM LIMITES.
    E A POPULAÇÃO DEVE FISCALIZAR, DENUNCIANDO OS CRIMES ELEITORAIS.
    NÃO PODEMOS SER ALIENADOS, TEMOS QUE PARTICIPAR, AFINAL SOMOS NÓS QUE ELEGEMOS ESSES POLÍTICOS.
    E TEM MAIS, OS CANDIDATOS QUE PRATICAM CRIMES ELEITORAIS DEVEM SER EXPOSTOS, E PERDER A CREDIBILIDADE DOS CIDADÃOS PRA APRENDER A RESPEITAR A LEI.

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é verdade... e ainda vêm dizer que Rabello é cantor profissional, ou melhor, que se mantém às graças aos seus shows.

  • Manoel Genini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses Promotores querem é aparecer,quem deveria marcar a reunião é o juiz eleitoral ,pois cabe a ele julgar os fatos concretos, se os partidos forem na onda do promotores estão fritos,tudo que disseram é chover no molhado.A idéia deles é sempre restritiva,pois suas formações levam-nos a pensar em restringir a liberdade e punir.Querem assumir o papel que cabe ao Poder Legislativo.
    Tem mais uma coisa,internet não é concessão pública,ou se esqueceram que o governo brasileiro privatizou as teles.Como é que fica a liberdade de pensamento...Se nem a pedofilia que é crime não conseguem coibir quanto mais a simples divulgação de idéias na internet. Façam um favor a democracia deixem a internet livre e em paz.

  • valmir molina, | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fica claro para a população,que o deputado cassado Valter Rabelo usará os shows para burlar a legislação eleitoral.Tudo bem é cantor,então me diz: quem contrata os shows dele e quanto custa?onde ele canta é cobrado ingresso?quantos cds ele já vendeu?onde tocam as músicas dele?a dupla valter rabelo e não sei quem já fez algum show onde só eles eram a atraçaõ?Olho nele MPE!

  • carlos Vir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e melhor o MP acabar com eleições e governar
    se cham Deuses...queremos democracia e não
    ditadura do MP

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.