Últimas

Quarta-Feira, 07 de Novembro de 2007, 07h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

DEBATE

MPE divulga ações e recebe críticas e cobranças

    O Ministério Público recebeu críticas e cobranças no sentido de estar mais próximo da sociedade. Em audiência pública nesta terça, numa iniciativa da Promotoria Especializada em Crimes contra a Administração Pública e a Ordem Tributária, o procurador-geral de Justiça, Paulo Prado, fez espécie de prestação de contas. “A maior cobrança é para que o Ministério Público esteja mais próximo à sociedade”, diz ele, ao final do encontro.

    A promotora Ana Cristina Bardusco revela que no ano passado foram instauradas 79 ações, envolvendo R$ 746,1 milhões, e interpostas 23 ações civis públicas contra acusados de desviar R$ 36 milhões. Neste ano, foram propostas 34 ações (R$ 7 milhões) e interpostas 12 ações civis públicas (R$ 25 milhões). Essa redução do número de ações, diz a promotora, deve-se ao fortalecimento do MPE. “Nós trabalhamos junto às empresas e numa parceria com as delegacias fazendárias, fiscalizando duramente toda a administração de tributos”.

   Ana Bardusco ainda citou várias investigações, que segundo o MP, obtiveram enorme êxito. Entre elas estão a fraude no crédito tributário, no Ipemat e na Iomat, em que vários servidores do Estado estiveram envolvidos. Também citou a fraude no setor do combustível, a máfia do cloro, além do caso Confresa, onde houve o sequestro dos bens do então prefeito Iron Marques. Logo após ter o balancete reprovado pela Prefeitura, Iron renunciou ao cargo. À época, o Tribunal de Contas apontou 75 irregularidades consideradas graves nas contas da prefeitura.  As operações Quimera I e II, que investigaram desvio das terceiras vias de notas fiscais, foram destacadas pelo MPE. 

     Contraponto

     O Ministério Público também foi questionado sobre as diversas ações que pesam contra líderes políticos. O sindicalista Gilmar Brunetto, do Movimento Cívico de Combate à Corrupção (MCCC), foi incisivo ao questionar a atuação do MP frente à denúncias que pesam contra o deputado José Riva, por exemplo. Segundo Brunetto, há 40 ações movidas contra o primeiro-secretário da Assembléia. Também citou o fato do conselheiro Julio Campos ter uma dívida de R$ 1,5 milhão que advém de um contrato de serviços de propaganda eleitoral firmado com o Grupo Zahran.  (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ademar Adams (Do nortão do Estado) | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não basta o Ministério Público propor as ações. Precisa também exigir da Justiça que elas andem. Precisa representar contra os oficiais de justiça que não citam os réus.
    Precisa pedir audiência com os juízes e exigir que eles dêem andamento nas ações.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É estranho Gilmar Bruneto cobrar do Ministério Público. Ele bem que poderia ser citaado pelo MPE pela má gestão que fez junto ao SINTAP/MT e por estar com cargo comissionado na EMPAER.

Magistrado quer restrições mais duras

orlando perri 400 curtinha   Ao deferir pedido de liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo chefe do MPE-MT, José Antonio Borges, em meio a conflitos de normas editadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da Capital, o desembargador Orlando Perri (foto) enfatiza que é preciso endurecer as medidas...

Paisagista, aliança com Pátio e a AL

claudio paisagista 400   Claudio Ferreira, o Paisagista (foto), está tão empolgado com a votação para prefeito de Rondonópolis no ano passado que pretende encarar outro teste das urnas, agora para deputado estadual, em 2022. Pelo DC, ele tentou a sucessão municipal e chegou a 17.498 votos, ficando...

90 novas UTIs só neste ano em MT

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que o governo estadual tem se empenhado ao máximo na luta pelo combate ao novo coronavírus. E enfatiza que somente neste início de ano, o Estado já habilitou 90 novos leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19. Entre janeiro e março, foram abertos...

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...