Últimas

Segunda-Feira, 20 de Outubro de 2008, 19h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RONDONÓPOLIS

MPE enfrenta protesto por "medidas estranhas"

  Correligionários do prefeito eleito de Rondonópolis, Zé do Pátio (PMDB), fazem nesta terça (21), às 16h, um ato de protesto em frente à sede da Promotoria de Justiça no município. Chamada de Movimento pela Ética e Transparência na Política, a manifestação terá a presença do presidente da OAB-MT, Francisco Faiad, e de representante da Associação Brasileira dos Magistrados.

   O grupo entende que alguns promotores de Justiça de Rondonópolis estão adotando o que chama de procedimentos estranhos quanto a denúncias de compra de votos e de abuso de poder econômico na campanha eleitoral. Há reclamação de que testemunhas estariam sendo coagidas a comprometer o prefeito eleito em suposto esquema de compra de voto.

   Coordenadores da campanha de Pátio afirmam que o MPE estaria realizando investigação paralela ao da Polícia Federal, com vistas a cassar o peemedebista, eleito com 51.775 votos (53,43%), vindo a derrota o candidato à reeleição, prefeito Adilton Sachetti (PR), que teve 46.976 votos (47,57%). A coligação de Sachetti também foi acusada de compra de votos.

   Francisco Faiad disse que recebeu reclamações sobre atitude de membros do MPE, que estariam cerceando o direito de advogados de acompanhar depoimentos de testemunhas. Diante disso, formalizou reclamação junto ao procurador-geral de Justiça do Estado, Paulo Prado. Segundo Faiad, Prado disse que iria conversar com os promotores. "Vou reunir com o MP de Rondonópolis para saber o que está acontecendo", diz o presidente da OAB.

(21/10 às 12h10) - Protestos causam reação na PGJ

   Acusações do grupo aliado do prefeito eleito Zé do Pátio (PMDB), de que o Ministério Público estaria sendo parcial em suas decisões quando o alvo de denúncia é algum afilhado político do governador Blairo Maggi (PR), especialmente de Adilton Sachetti, que disputou e perdeu para o peemedebista no último dia 5, fez com que o procurador-geral de Justiça, Paulo Prado, se deslocasse a Rondonópolis. Ele vai esclarecer os fatos e rebater declarações de Pátio, que chamou as decisões do MPE de "estranhas".

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Monica | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    chega a ser nogenta a forma de atuação da OAB/MT ultimamente. Completamente atrelada ao PSDB. Isso é uma vergonha!

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Faço um apêlo,digo,uma súplica. Por favor; se algum dia eu vier a cometer um crime de qualquer natureza, principalmente se fôr suspeito de um delito grave ou não; não deixem que o Faiad,ou qualquer membro da OAB faça a minha defesa. Assim sendo,passaria de suspeito a condenado ,de vitima a réu,a pena que seria leve a máxima. Pois é Zé; TAL MANIFESTO ACABA DE SENTENCIA-LO AO CALABOUÇO ELEITORAL POR OITO ANOS OU MAIS!!!

  • Maria Luiza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tão apavorado mesmo!

    Pra chegar esse ponto, o MP faz o trabalho deles, quem não deve não precisa fazer manifestação.

    A justiça vai ser feita com manifestação ou não.

    A justiça é cega, mas não burra! Todo mundo sabe.

    Que falta de raciocinio querer brigar com o MP, onde chegamos, realmente o medo é duro, a conciencia pesada mata.

  • Mara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A eleição do Zé do Pátio foi a maior e nais bela vitória já vista no Brasil.

    O outro lado querer levar no tapetão, isto nós eleitores conscientes não vamos aceitar nem calar.

    Adilton vai para Sapezal onde tem propriedade e talvez lá encontrará outros tolos para votar em você como eu votei na sua primeira candidatura.Como diz um adágio popular Gato escaldado tem medo de água fria

  • dejango | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não entendo como algumas pessoas insistem tanto em ficar a favor do pref. Adilton Saquet afinal o próprio Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso no processo nº 56812/2007 dão conta que 1.500.000,00 (Um Milhão e Quinhentos Mil Reais) que o prefeito destinou a Santa Casa concluíram que foi feito através de um convênio de forma ilegal e ainda concluíram que a atual gestão deve ressarcir os cofres públicos para real aplicação dessa verba na saúde pública.
    O mais grave foi que o Sr. Adilton intermediou um repasse que deveria ter sido feito através de convenio com a Santa Casa, obstruindo a certificação de regularidade com a entidade para o qual foi destinado o recurso. Sendo portanto a prefeitura, sobre a administração de Sachet, a responsável pela aplicação irregular da verba, desta forma o Procurador de Justiça “José Eduardo Faria” opinou contraria a aprovação das contas anuais 2006/2007 e foi encaminhada ao promotor responsável, denuncia para apurar possível improbidade.
    Agora questiono
    O que esse promotor fez?
    Existe algum processo?
    Não vemos tamanho empenho de alguns promotores para apurar a possível improbidade do atual prefeito, como temos visto o empenho na tentativa de cassação do candidato eleito Zé Carlos do Pátio.
    É por isso que a saúde de nosso município esta um caos, foi deixado de lado pelos responsáveis, pois estes, estão defendendo interesses próprios, escondidos num desejo de cassação, inclusive com trabalhos extra durante o final de semana. Todo esse desempenho seria bem aceito se fosse para defender o interesse da saúde de nossas criança, idoso e população em geral mas isso infelizmente não é feito.
    Importante lembrar que o povo não é mais tão ingênuo como se pensava, e que pressões e retaliações não são mais aceitas.

  • Maria de Jesus Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nestas eleições todos puderam ver como as instituições foram usadas para a defesa dos candidatos escolhidos pelos detentores da presidencia ou diretoria das mesmas. O processo é sempre este. Tenho o meu candidato, escolhi-o no primeiro turno, mas isso não significa que tenho os olhos vendados para os maniqueísmos de parte a parte. Sabemos todos que o jogo é pesado seja aqui no front midiático, na rua e em todos os lugares que podemos falar, interargir, opinar, enfim comunicar-nos. Agora ver essa turma do PSDB dar uma de honesto, ético é para mim demais, já sou obrigada a conviver com essa corja diariamente e com suas falcatruas tão bem escondidas sob o manto da legalidade.O que não dá mais é a hipocrisia!!! E viva a democracia!!!

  • katiane de souza alves borges | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sabe,qual é o problema da turma da botina é que a fixa da derrota ainda não caiu.
    pois é fica vocês sabendo que o ZÉ Carlos é o CARA e ele VENCEUUUUUU.

  • mariana leite | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Antonio Carlos, cara, vc perdeu a noção!!! Procura se informar direito, depois vc fala... Vc acha que o prefeito ia fazer uma merda dessa? Ele responde como Pessoa Física pela LRF... Acorda!!!

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    ...para este grupo que não está acostumado a perder, a derrota em Roo foi uma tragédia!!! Play Boys do agro negócio não admitem tal situação!!! Mas todos nós sabemos das práticas usados pelo poder a todo custo!!!! A exemplo disso foi a manchete da revista ÉPOCA! Manchete de capa. Mas lá não deu certo e aqui tb não vai....param de chorar e vão trabalhar para o povo....

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.