Últimas

Quarta-Feira, 03 de Junho de 2009, 19h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

SAPEZAL

MPE propõe ação contra César Maggi por improbidade

 O Ministério Público ingressou com uma ação civil pública contra o prefeito de segundo mandato de Sapezal, João César Borges Maggi (PR), primo do governador Blairo Maggi (PR), por improbidade administrativa. Foram citados ainda a secretária municipal de Educação, Telma Bogucheski Ribeiro e as servidoras Fátima Cristina da Silva, Valderes Vieira Delmondes, Maria Albertina Scarpari Santoni e Fátima Aparecida dos Santos Nino.

   Segundo o promotor de Justiça Kledson Dionysio de Oliveira, a secretária de Educação, com o respaldo do prefeito, cometeu irregularidades administrativas para beneficiar Fátima. Telma teria contribuído de maneira ilegal para a manutenção da estabilidade da servidora, que havia passado em concurso público há dois anos. Fátima, que ainda estava no chamado período probatório, por motivos familiares, teve que mudar de cidade. A administração autorizou verbalmente a mudança e solicitou que ela indicasse uma outra pessoa para ocupar a vaga.

   Mesmo não morando em Sapezal ela continuou recebendo o salário de professora. Todos os meses ela repassava o dinheiro para as servidoras Valderes Vieira Delmondes e Telma Bogucheski Ribeiro, que se encarregavam de entregar o montante à substituída. Segundo o MP, a pessoa que deu aulas em seu lugar não tinha a qualificação necessária para desempenhar a função. Fátima por sua vez, lecionava em duas escolas de Rondonópolis. O promotor ressalta que  em setembro de 2008 a secretária aprovou o procedimento de desempenho de estágio probatório da servidora Fátima Cristina da Silva. “Mesmo tendo conhecimento das irregularidades, o prefeito do município, João César Borges Maggi, assinou em dezembro de 2008 a portaria que reconheceu a estabilidade da professora”, informa.

   O tratamento diferenciado concedido à servidora, de acordo com o representante do Ministério Público, fere os princípios da impessoalidade e da igualdade. O MP pediu a devolução dos salários recebidos além da suspensão dos direitos políticos dos envolvidos, perda das funções públicas e pagamento de multa correspondente a 100 vezes o valor recebido por Fátima. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ZENIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEIXA O HOMEN TRABALHAR GENTE ...............

  • Celino Teodoro de Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é a turma da botina. Falcatruas e mais falcatruas. Não estou acusando nem levantando falsas suspeitas, mas gostaria que o MP, investigasse essa pessoa favorecida nesse caso, para descobrir se a mesma não é parente, esposa, ou alguém próximo da Familia Maggi, ou que trabalhe no Grupo. Pois eu tenho minhas dúvidas que se fosse uma reles servidora pública teria essa regalia. Vocês entendem o que estou tentando e querendo dizer? Por isso, como cidadão eu solicito uma investigação nesse sentido. Mas entendam: não estou acusando.

  • Donizete Sena Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cade o juiz eletoral de campo verde, tenhe um processo de cassaçao do prefeito de DOM AQUINO, Eduardo Zeferino, por nao declarar despesa de campanha, ate agora nada sera que entrou na pagina do esquecimento eu ainda me lembro processo.

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

Tentativa de ser 1ª prefeita de Barão

margareth munil 400 curtinha   A candidata à prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (foto), é tão conhecida nas ações conjuntas com o marido nas áreas da saúde e assistência social que está levando para as urnas a combinação do seu...

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...

Vinicius e demagogia sobre salário

vinicius nazario 400 curtinha   Em Alta Floresta, o delegado de polícia Vinicius de Assis Nazario (foto), candidato a prefeito pelo Podemos, tem se apresentado como "o novo", prega honestidade, transparência e renovação, mas, em algumas pautas, nada diferente dos demais políticos. Uma de suas propostas, mais de...

2 candidaturas vetadas em Torixoréu

ines coelho 400 curtinha torixoreu   Em Torixoréu, de três candidaturas a prefeito, a Justiça Eleitoral já barrou duas, em decisão de primeira instância. O juiz da 9ª Zona Eleitoral de Barra do Garças, Douglas Romão, indeferiu o pedido de registro da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado...