Últimas

Sábado, 26 de Janeiro de 2008, 09h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

MT dá as costas e mantém o desmate, diz Folha

 Os agropecuaristas de Mato Grosso não estão "dando bola" para a lista divulgada pelo governo federal, que apontou os 36 municípios brasileiros campeões em desmatamento, entre eles 19 mato-grossenses - leia mais aqui. Conforme a edição da Folha de S. Paulo deste sábado (26), um dia após a publicação desta listagem os municípios de Alta Floresta e Paranaíta, no Nortão, continuam devastando áreas de matas nativas sem nenhum tipo de limitação.

  Segundo a reportagem, o método da devastação começa com madeireiros derrubando com motosserra árvores selecionadas, que depois vão se transformar em madeiras nobres. Em seguida, vêm os tratores, que derrubam as árvores remanescentes e que, depois, serão queimadas, para limpar a área que será usada pelo gado.

  Repórteres da Folha sobrevoaram por uma hora, em uma avião monomotor, trechos de floresta dos dois municípios. "Próximo a Paranaíta, um trator e um caminhão, com cerca de quatro pessoas, derrubavam as árvores. O sobrevôo foi feito nas mais recentes derrubadas na região, ocorridas entre os meses de novembro e dezembro". (Pollyana Araújo)

   Clique aqui e leia a reprodução da reportagem ou aqui (para assinante Folha).

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Guto Pecchi Nardes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Toda a sociedade mato grossense que pau está comendo no interior, que o desmatamento não cessou, e pior instituições públicas e ongs foram omissas esse tempo todo, inclusive publicando boletins inverídicos. O ICV sempre esteve a serviço do governo, e seja quem for que estiver no poder. O presidente do ICV, senhor sérgio guimarães por várias vezes foi até o palácio paiaguás "ajudar" o governador a vender ilusões e propaganda enganosa para a mídia. Até convênio essa ong têm com o atual governo, e ficaram omissos durante todo o ano passado diante das queimadas e desmatamento que ocorreram, e vejo que agora estão tentando salvar a pele indo até a imprensa nacional denunciar o desmatamento. ora, porque não fizeram isso antes? O ministério público deveria investigar os convênios que a sema têm com certas ongs, algumas internacionais, e qual serviço está fazendo ou defendendo. ser enganado já não é bom, ainda mais, quando o governo utiliza dinheiro público para fazer isso. chega!!! e viva o greenpeace, parece ser a única que realmente trabalha sério e de encontro aos interesses do meio ambiente.

  • Roberto Dedini Parquer | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meus senhores, concordo com os comentários acima, só completando que pior que um governo incompetente para lidar com a questão ambiental, são as raposas que insistem em obter dinheiro público para fazer de conta que estão "fiscalizando" o meio ambiente. è o caso de certas ongs, que inclusive possue respaldo no próprio parlamento estadual, como é o caso do ICV, do sérgio guimarães. A sociedade toda sabe que o deputado alexandre cesar é (ou foi) membro desta entidade, e inclusive faz ainda discurso enaltecendo esta ong, como realmente aconteceu lá na última bienal da agricultura. Portanto, há aí uma cumplicidade sinistra existente para detonar o meio ambiente passando uma maquiagem pseudo-ambientalista, envolvendo, deputado petista, ong tupiniquim gananciosa e falastrona, governos federal (sem estrutura para fiscalização) e estadual (com interesses empresariais de expansão da agricultura), e também envolvimento de ongs internacionais ávidas para obtenção de mais capital.

  • sandro mello de rezende | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente algo de muito estranho pode estar acontecendo no reino da dinamarcar quando dois lados historicamente antagônicos decidem se juntar. concessões?beneficios?silêncio pago? não sei, mas, certos ongs que se aliaram ao setor que sempre viu uma floresta como mato, biodiversidade como frescura, ambientalista como ecochato, meio ambiente como atraso econômico, então, a razão lógica é que os ideais foram sobrepostos aos interesses econômicos, e já não se pode mais confiar em certas ongs, como o ICV, como referência ambientalista no debate da questão ambiental neste Estado.

  • augusto cesar pelegrini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Li essa matéria da folha de sp, só que gostaria de dizer que esse ICV sempre esteve a serviço do senhor empresário governador blairo maggi. Eles produzem até um tal de boletim com as áreas desmatadas em conjunto com outra ong do pará que está sendo ulitizada como referencia pela sema para combater os dados do inpe. agora desejam livrar a cara delas dizendo que estão fiscalizando, porque não fizeram isso antes? intere$$es. Lembram-se da bienal da agricultura´? pois é, o icv e algumas ongs internacionais estavam juntinhas do governador para mentir para o povo. muito cuidado romilson com espaço para certas instituições que sempre estiveram a serviço do poder, seja qual for o governo.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMEÇA SURGIR NOS PAISES COMPRADORES UM MOVIMENTO PARA DEIXAREM DE COMPRAR PRODUTOS AGRICOLAS EM PAISES QUE NÃO RESPEITAM O MEIO AMBIENTE.

    IMAGINEM O COLAPSO DA NOSSA ECONOMIA SE ESSES PAISES REALMENTE IMPLEMENTAREM O BOICOTE, E DEIXAREM DE ADQUIRIR A NOSSA SOJA E CARNE.

    ESTÁ NA HORA DE REFLETIRMOS E BOTAR UM FREIO NESSA GANANCIA DE GANHAR E GANHAR A QUALQUER PREÇO E CONSEQUENCIAS.

Emanuel no PTB e reeleição do filho

emanuelzinho 400   O PTB está sendo preparado para receber a filiação do prefeito Emanuel Pinheiro, que iniciou o segundo mandato em Cuiabá. Sem ambiente para seguir no MDB, onde passou a enfrentar resistência de toda a bancada do partido na Câmara Federal e na Assembleia, Emanuel recebeu convite de...

Ex-deputado "detona" Aliança por MT

victorio galli 400 curtinha   As deputadas federais Carla Zambelli e Bia Kicis, que estão na linha de frente pela criação do Aliança pelo Brasil, partido idealizado por Bolsonaro e ainda na fase de coleta de assinaturas para ser formalizado, foram informadas de que o ex-deputado federal Victório Galli...

Saúde em MT sob iminente colapso

Os números da pandemia da Covid-19 em MT são alarmantes. Entre sexta e este sábado foram registrados 1.050 novos casos de pessoas infectadas com o vírus e mais 21 mortes. Desde o início da pandemia, quase 5 mil mato-grossenses já morreram da doença. Em Cuiabá, o índice de ocupação de UTIs chega a 69%, superando o pior período da pandemia, registrado em agosto do ano passado. Em outras regiões do Estado, a...

Prefeito já teve 2 aliados executados

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de terceiro mandato Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, já teve dois assessores próximos e de extrema confiança assassinados. Em setembro de 2012, João César Domingos, que era muito próximo de Pátio, havia atuado no Instituto de Pesquisa e...

Pascoal entre preferidos para o TCE

pascoal santullo 400   Assim como a Assembleia, que tem vários deputados de olho no cargo vitalício no TCE, o Palácio Paiaguás vai brigar pelo direito à indicação à cadeira de conselheiro, caso seja homologado e autorizado o pedido de aposentadoria já feito por Waldir Teis, que...

Governo vai ter consultoria hospitalar

gilberto figueiredo 400 curtinha   O governo estadual terá consultoria em assistência hospitalar. O processo de contratação é tocado pela secretaria de Saúde, sob Gilberto Figueiredo (foto). A ideia é buscar melhorar o atendimento à população e os índices de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.