Últimas

Segunda-Feira, 09 de Julho de 2007, 21h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ESTRUTURA

MT é o 4º Estado que mais emprega DAS no país

    Mato Grosso está na quarta posição em número de funcionários que ocupam cargos de confiança na administração estadual, ou seja, que não precisam prestar concurso e podem ser usados em negociações políticas. Dos 97.978 funcionários públicos estaduais ativos, pelo menos 10% ocupam cargos em comissão. São quase 10 mil servidores. O Estado só perde para Tocantins, Amapá e Goiás, respectivamente. Nos demais Estados esse porcentual não chega a 1%.

    Em Tocantins, dos 45.129 funcionários públicos estaduais, 26,5% ocupam cargos comissionados. Esse elevado número de contratações sem concurso público virou caso de Justiça. No ano passado, o governo de Marcelo Miranda (PMDB) recebeu processos judiciais que questionaram a legalidade das nomeações. São 12 mil ao todo, apenas na administração direta - sem levar em conta quadros de fundações e autarquias. No Amapá, do governador Waldez Góes (PDT), a administração tem 16.960 funcionários ativos, 22% ocupam cargos comissionados (o equivalente a 3.733).

     O levantamento foi realizado nas 27 unidades da Federação. As funções comissionadas no serviço público são ocupadas por apadrinhados políticos, indicações que atendem a interesses políticos e regionais e, muitas vezes descartam a qualidade profissional, assim prejudicando o serviço público. É comum o gerente de um órgão ter como subordinados funcionários indicados por lideranças políticas distintas e, que por isso não mantêm vínculo de confiança. os critérios técnicos para contratação são ignorados.

    Países desenvolvidos reduzem cada vez mais esse tipo de cargo. No Reino Unido, são pouco mais de 700 e nos Estados Unidos 4.500. Comparando-os ao Brasil, a diferença é absurda. Os governos estaduais mantêm empregados pelo menos 127.756 servidores, só na administração direta, segundo o levantamento. (Com Agência Estado)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • João Moessa de Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É fácil entender porque Mato Grosso é o quarto estado em número de cargos comissionado, ao contrário que apregoava o Blairo Maggi na campanha eleitoral de 2002 que reduziria o número de cargos em comissão, no Detran/MT (na sede) aqui em Cuiabá quase dobrou o número de DAS em 2005, quase todos estes cargos foram ocupados por pessoas de fora do Órgão.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é o maior absurdo que se pode ler, cargos DAS chegando ao elevado número de 10.000 funcionários sem concurso ,sem compromisso com o trabalho , sem interesse em em valorizar sua propria carreira, é isso que o governo prometeu ? moralizaçao ? DAS para ser vaca de presepio de politicos cade o concurso público para suprir tais vagas se é que existem . É isso ai funcionarios nós temos quelutar pois o nosso mísero salario ta bem dividido corrupçao, DAS, propina , amigos etc....

Comitê chama órgãos fiscalizadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Para colocar fim às críticas sobre suposta falta de transparência na aplicação dos recursos transferidos a Cuiabá pelo governo federal com vistas ao enfrentamento à pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) determinou que seu secretário de Saúde, Luiz...

PT sob risco de não eleger ninguém

marcos viana 400 curtinha   Mesmo tendo cabeça de chapa para prefeito, no caso o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, o PT dificilmente elege um vereador em Cuiabá no pleito deste ano. A chapa de pré-candidatos proporcionais é fraquíssima. O "grande" nome do partido é da professora Edna...

Único da família Oliveira pra vereador

luluca 400 curtinha   Na queda-de-braço entre irmãos, venceu, por enquanto, Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, o Luluca (foto), que será candidato a vereador pelo MDB em Cuiabá, carregando o espólio político da família Oliveira. Irmão de Luluca, o ex-vereador Leonardo Oliveira, que procurou e...

2 nomes do DEM avaliam desistência

ivan evangelista 400 curtinha   A chapa de pré-candidatos do DEM a vereador pela Capital corre risco de sofrer duas baixas consideráveis. Os ex-vereadores Ivan Evangelista (foto), que atuou na Câmara por 13 anos, e Leonardo Oliveira, por dois mandatos, podem vir a desistir do teste das urnas. Mas, por enqanto, ambos garantem...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.