Últimas

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2009, 18h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

MEIO AMBIENTE

MT está no topo do ranking de queimadas desde 2005

   Dados do Instituno Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que Mato Grosso é o Estado brasileiro que mais tem focos de queimadas. Desde o início do ano, o Estado já registrou cerca de 5.832 focos e figura como o campeão do ranking. Conforme a lista, em seguida estão o Pará com 5.027 focos e Rondônia com 2.225. Desde 2005, ano em que o Inpe começou a fiscalizar, via satélite, os pontos de queimadas, Mato Grosso nunca abandonou a estatística. O período proibitivo de queimadas no Estado deve se estender até a próxima quarta (30). A data já deveria ter sido encerrada na última terça (15), mas o Cômite Estadual de Fogo prorrogou a mudança devido à falta de chuva.

   Os dados do Inpe revelam que em 2005, já na segunda gestão do governador Blairo Maggi (PR), o Estado registrou cerca de 8.902 focos, deixando em segundo lugar o Pará e em seguida Rondônia. No ano seguinte, Mato Grosso abocanhou novamente o topo do ranking, só que desta vez os números foram um pouco "menores". Foram registrados 7.353 focos de calor. Em 2007, a marca superou todos os anos, foram 38.161 queimadas. A aparente melhora ocorreu no ano passado, quando o Estado figurou em terceiro lugar registrando 18.660 focos. 

   Durante o período proibitivo, quem for flagrado ateando fogo nas áreas de floresta poderá ser multado em até R$ 1 mil podendo até mesmo ser preso e responder criminalmente na Justiça. A pena nestes casos pode chegar até a quatro anos, de acordo com a Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998. Em relação às queimadas em áreas rurais, o proprietário deverá procurar a secretaria estadual do Meio Ambiente para conseguir uma autorização. Para retirar a documentação é necessário que se faça um projeto informando o tamanho da área e estrutura para controle do fogo. (Lisânia Ghisi) 

Postar um novo comentário

Comentários (30)

  • felipe block nepumuceno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é o governo da botina, meio ambiente para eles é um obstáculo ao desenvolvimento deles. e sempre foi assim, o dano ambiental eles querem socializar com a sociedade, e ainda querem receber para preservar a floresta, numa cara de pau sem tamanho e imaginam que o povo é bobo que não está percebendo as jogadas para detonar de vez com o meio ambiente. será que essa turma da botina bebe água? será que eles respiram oxigênio? porque será que eles gostam de caminhar no parque mãe bonifácia, mas não gostam de manter suas áreas de preservação permanente e de reserva legal em suas propriedades??quanto egoismo, e quanto desrespeito para com o meio ambiente, e o pior que já começamos todos nós, a população em geral, a pagar pela insanidade dessa gente pelo aquecimento global, degelo, extinção de espécies, dentre outras mazelas provocadas por essa turma que só pensa em ganhar dinheiro.

  • Tony Verlucci Parra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, parabéns pelo seu site, é o único libertário, livre, independente, aonde se lê coisas que nenhum jornal publica, aonde se vê atrocidades que nenhuma tv divulga, aonde se perscruta o desabafo e o grito dos perseguidos e injustiçados, esse é o RDNEWS, parabéns, e saiba que realmente mato grosso está a deriva, a mando de um segmento econômico articulado com politicos ruralistas e de setores subsirvientes da imprensa calada, onde o que vale é dinheiro, ganhar mais dinheiro, ficar rico, criar verdades só deles, a de que vale muito mais um horizonte de soja ou algodão do que de um floresta, com diversidade de árvores, de passaros, mamiferos, peixes, produtos extrativos, manutenção da conservação do solo, preservação do microclima, enfim, da biodiversidade. são valores que estão sendo impostos na sociedade matogrossense por esse grupo que está atualmente no governo do estado e que conforme promessa do seu governador, sojicultor blairo maggi, coloca o órgão ambiental do estado de mato grosso, a sema, para defender tais interesses, de forma escamoteada, articula ações com setores antagonicos a conservação ambiental, ou seja, você tem aí, três pilares que sustentam o paradigma da destruição ambiental, a imprensa calada, a articulação entre executivo, legislativo e segmentos ruralistas e finalmente, o órgão ambiental com atuação limitada, capenga, farsante, e se não bastasse tudo isso, ainda tem um secretário que nada entende de meio ambiente, sequer discute a questão ambiental com os técnicos de carreira, que aliás, são tratados algumas vezes até de forma humilhante e discriminada, principalmente aqueles que tem conhecimento de politica e gestão ambiental. este é o governo da turma da botina e o que eles estão fazendo com a questão ambiental em mato grosso, uma IRRESPONSABILIDADE!!!

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa Secretaria do Meio Ambiente, não serve prá
    nada, só falácia, conversa jogada ao vento. Blairo
    Maggi nunca esteve preocupado com o meio am-
    biente, preocupado mesmo, só com suas sojas.
    É só assistir os telejornais, para ver que as der-
    rubadas e queimadas em MT não diminuiu mui-
    ta coisa!

  • arthur antonio affi | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Jornalista Romilson, eu não tenho dúvidas, assim como os técnicos da sema e os consultores técnicos que procuram a sema, se houvesse um concurso de secretário mais arrogante e tirano do Estado de Mato Grosso, o senhor Daldegan ganhava disparado, ele não tem concorrente.

  • luis cesar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mas existe coerência nesses números, que muitas vezes são maquiados pelo governo do estado numa tentativa de defesa, mas, assim como mato grosso é campeão imbatível de queimadas, também possui um secretário que conseguiu queimar o órgão perante toda a sociedade. parabéns secretário daldegan!

  • Jesuina Barreto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CHEGA DE INCOMPETENCIA NA GESTÃO AMBIENTAL DE MATO GROSSO, O PREJUIZO A IMAGEM DO ESTADO ESTÁ COMPROMETIDA NO PAÍS E NO MUNDO, FORA BOTINUDOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • monica vasquez ramos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só a turma do setor de qualidade de vida não percebe que o maior bem estar para os técnicos da sema é a saída do senhor daldegan. como podem falar em auto-estima, respeito, ética, e ao mesmo tempo existe uma relação traumática entre o secretário e os servidores de carreira?????????????

  • luciana beatriz guedes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é a marca registrada da turma da botina, viva o desenvolvimentismo!!!!!

  • dionisio teixeira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Também pudera, coloca um amador como secretário, é nisso que dá. participei recentemente de um debate sobre meio ambiente e fiquei incrédulo de perceber como estamos mal comandados nessa área, acorda governador.

  • maria conceição de figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto a imprensa mesquinha tenta confundir a população, fazendo maciça divulgação da ong ação verde, ligada a fiemt e famato, os órgãos que representam os agropecuaristas e madeireiros, os maiores responsáveis pelo permanente titulo de campeão de queimadas e desmatamento, e que no dia de hoje se transformam em anjinhos, e defensores da natureza, pura balela, enganação, e esta matéria do Rdnews mostra a verdade nua e crua, parabéns.

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.