Últimas

Segunda-Feira, 17 de Novembro de 2008, 14h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

VARIEDADES

MT Fomento abre concurso já para início do ano

Agente de fomento terá salário de R$ 974, enquanto  técnico ganhará R$ 2 mil

  O diretor-presidente da Agência de Fomento do Estado (MT Fomento), Arcleidy Dias Pereira, autorizou a realização do primeiro concurso público da autarquia vinculada à máquina do governo estadual. Hoje, 65 funcionários integralm o quadro, todos eles contratados. No edital, não consta o número de vagas para os cargos de técnico e agente de fomento. As provas serão aplicadas em 1º de fevereiro do próximo ano para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva. O salário para técnico de fomento chega a R$ 2 mil, enquanto agente de fomento ganhará R$ 974,97.

   As vagas abertas para o cargo de técnico devem ser preenchidas por profissionais com nível superior. Já as de agente de fomento permitem concorrência daqueles que possuem até o nível médio. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais para técnico de fomento e, de 30 horas semanais para agente de fomento.O candidato deve ter idade mínima de 18 anos completos na data da admissão e estar em dia com as obrigações eleitorais, além de outros requisitos.

   As inscrições variam de R$ 40 a R$ 60. Podem ser feitas nas agências dos Correios ou pela internet (www.unemat.br/concursos). Aqueles que estão desempregados ou que são doadores de sangue podem solicitar a isenção da taxa de inscrição entre 1º e 5 de dezembro. (Flávia Borges)

(18/11 às 8h45) - Presidente ressalta número de vagas

    Por um equívoco na matéria acima, o número de vagas não foi citado. Na realidade, conforme o edital, existem 6 vagas para o cargo de técnico de fomento e outras 6 para agente de fomento, além da formação do cadastro de reserva. Segundo o presidente da MT Fomento, Arcleidy Dias Pereira, o Banco Central determinou que haja uma transição entre o quadro atual de funcionários para o quadro de concursados.

   Ele ressalta ainda que não serão chamados apenas os 12 primeiros. "O fato de termos 12 vagas não significa que só estes serão chamados. Na verdade, utilizaremos muito o quadro de reserva. Todas as equipes que entram devem ser treinada", diz Arcleidy.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • cleydir arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Nossa que Erro grave esqueceram que o Edital de Concurso Publico tem que ter as regras clarissimas.Onde esta o número de vagas?....Nao e o caso do Ministerio Publico mandar refazer este edital viciado.devemos lembrar que a populaçao de MT nao tem a UNEMAT como INSTITUIÇÃO confiável para realização qualquer tipo de concurso...
    Sera que terei que entar na justiça para a correçaõ deste Edital....veremos. To so espiano queta no meu canto!

  • Pedro Getúlio Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em relação aos cargos eu particularmente acho que como é uma instituição ligada diretamente ao setor agropecuário (agronegocio), deve contratar profissionais da área como: Técnico Agropecuário, Eng. Agronomo,Adm.de Agronegocio, etc. Ou esse concurso é só pra inglês ver garantir as vaguinhas dos apadrinhados que la já estão, é sabido que só trabalham na FAMATO os parentes e chegados dos manda-chuvas de lá. E que disparidade de salários, pois saibam que os salarios dos profissionais de nivel médio inicial na EMPAER, INDEA passam de R$ 1.400,00.

  • marta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é concurso como teve por exemplo no tribunal de justiça, se lembram?o ultimo que teve, pois é a maioria preencheu os cargos com servidores que ja trabalham la, metade foi pra quem teve bom desempenho e outra metade , foi pára os servidores que não eram concursados para se tornarem efetivos...palhaçada e ninguem , nem o ministerio publico comentou nada...

  • André Soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este concurso do MT Fomento será parecido com o ultimo concurso aplicado pela Unemat do CFO? Em que só entraram ( não passaram por competência) e sim cartas marcadas, como o filho do tão renomado CORONEL MAIA (Amigo do peito do nosso governador), irmão de tenente, filho de coronel de Brasilia, namorados de oficiais da PM, esse é o tipo de concurso que a UNEMAT faz? Assim fica facil entrar nos concurso sem credibilidade que a Nossa Universidade de Mato Grosso faz. Esse são o futuro da PM vão sair um bando de inrresponsavéis e incompetentes, pois na Academia os cadetes não podem sofrer nenhum tipo de pressão ou treinamentos fortes porque se não contam pro PAPAI CORONEL e ele toma as dores do filhinho...Lamentavel por ver o caminho dos nossos futuros oficiais que irão sair da ACADEMIA só para fazer besteiras, com as costas largas dos Padrinhos.

  • Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concurso realizado pela UNEMAT/COVEST??.. se até os vestibulares desta Instituição são fraudulentos.. imaginem os concursos públicos...

  • Joao Peixoto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu camarada Arcleydi lembra dos tempos que vc. me chamava de presidente.... mas eu nao era..... agora posso chama-lo pois vc. e e com certeza.....PARABENS.....tenho certeza q o banco esta em boas maos.....Peço desculpas ao RD por nao comentar o assunto....pois nao poderia deixar de parabenizar um amigo que nao vejo a bastante tempo.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...