Últimas

Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2007, 09h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

MT Fomento restringe operações e demite 11

    O presidente da MT Fomento, Éder de Moraes, demitiu, de uma só vez, 11 funcionários da instituição. Alega que a emenda de autoria do ex-deputado Zeca D'Ávila (PFL), que impede financiamento para pessoa física, diminuiu a rentabilidade da agência e não encontrou outra alternativa para cortar despesas senão a redução do quadro de pessoal. De 60 funcionários, a agencia conta agora com 45 - além dos 11 demitidos, 4 retornaram aos órgãos de origem.

    Segundo Éder, se a Assembléia Legislativa não se mobilizar e mudar a emenda, a MT Fomento vai fechar os três postos de atendimento, um em Rondonópolis, outro no CPA, na Capital, e outro no Cristo Rei, em Várzea Grande. Explica que essas unidades representam custos e precisa diminuir despesas. Nesse caso, a agência passaria a atender somente em sua sede, no centro de Cuiabá. "Todo o trabalho de descentralização está sendo prejudicado".

    A emenda aprovado pela Assembléia é já promulgada pelo próprio legislativo diz que a MT Fomento atenderá exclusivamente aos mini-produtores rurais e micro e pequenas empresas e formas associativas de produção. Para o presidente da agência, essa redação obriga, em tese, o empreendedor a estar vinculado a alguma entidade. "A forma associativa e de produção exclui (do direito ao financiamento), por exemplo, os moto-taxistas porque são prestadores de serviços", comenta Éder de Moraes. Para ele, a lei deu margem a muitas interpretações e entende que o bom-senso recomenda ser o mais conservador possível. "Com a emenda, a pessoa física ficou impossibilitada de buscar recursos da MT Fomento. Isso representa uma queda de rentabilidade da agência".

   Tem direito a financiamento todo e qualquer pequeno investidor do Estado. Sem poder contar com abertura para empréstimo à pessoa física e impedida também de fazer operações com grandes empresas, a rentabilidade da MT Fomento deve despencar em 40%, prevê Éder. "É preciso entender que a operação com o grande empresário é que dá sustentabilidade à agência e subsidia a taxa para o pequeno. É o que chamamos de operação Robin Hood: tira dos grandes para emprestar aos pequenos".

   Desde sua fundação, a MT Fomento realizou mais de 7 mil operações de crédito. Segundo Éder, o capital hoje é de R$ 12 milhões. Agora, ele desenvolve engenharia para realizar operações diferenciadas na prestação de serviços na esperança de garantir a rentabilidade.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...