Últimas

Quarta-Feira, 28 de Fevereiro de 2007, 06h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Muniz agora tem o cunhado no caixa do PPS

Ex-partido do governador tem R$ 200 mil em caixa    

   Com cerca de R$ 200 mil em caixa, o deputado Percival Muniz, presidente regional do PPS, colocou para cuidar do caixa do partido o seu próprio cunhado Emanoel Gomes Bezerra Júnior. Adjunto de Gestão da secretaria de Estado de Fazenda, Júnior agora compõe a executiva como tesoureiro. É quem vai controlar a movimentação financeira da legenda, até então a maior do Estado em número de filiados. Ele substitui Luiz Pagot, que abandonou o PPS e vai se filiar ao PR junto com o governador Blairo Maggi e com centenas de outros integrantes da turma da botina.

    Muniz explica que Júnior Bezerra não foi escolhido agora e nem por interesse pessoal para ser o tesoureiro. Segundo ele, o sobrinho do deputado federal Carlos Bezerra já integrava a executiva regional desde o começo. Era segundo-tesoureiro. Com as desfiliações de Pagot e de Cézar Zilio, tesoureiro e primeiro-tesoureiro, Júnior Bezerra, então, passou a cuidar das finanças da legenda. "É até melhor assim porque agora vamos ter menos contribuição e mais despesas", argumenta Muniz, numa referência ao esfacelamento do PPS, que deve perder cerca de 80% do quadro de filiados motivado pela saída do governador.

    Além de Muniz e de Júnior Bezerra, a executiva passou a ter outros novos membros ativos, como o ex-deputado estadual Jair Mariano (primeiro-vice), o vereador cuiabano Ivan Evangelista (segundo-vice) e João Batista, agora como segundo-tesoureiro. Batista foi secretário da Prefeitura de Rondonópolis na gestão Muniz. Ainda fazem parte da regional pós-Maggi os secretários municipais de Várzea Grande, Elismar Bezerra (Educação) e José Márcio Braga (Planejamento), Benedito Lucas e Hilário Tavares, que prestam servços ao PPS como funcionários.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Elogios à gestão proba Mauro Mendes

marcelo oliveira 400 curtinha   O secretário de Estado Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), Marcelo de Oliveira (foto), fez questão de destacar nesta quarta, em entrevista ao vivo ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que o governador Mauro Mendes tem se empenhado ao máximo para fazer uma boa gestão,...

2 frentes do MDB e apostas em Cuiabá

gustavo padilha 400 curtinha   O MDB vive uma situação curiosa em Cuiabá. Embora no comando da prefeitura, com Emanuel Pinheiro, o partido só conseguiu reconquistar cadeira na Câmara há três meses, com a filiação de Juca do Guaraná, aproveitando a janela partidária. Em 2016,...

Opositores ganham força em Barra

adilson gon�alves 400 curtinha   Grupos de oposição estão ganhando "musculatura" em Barra do Garças, numa expectativa otimista de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Beto Farias (MDB), o atual vice Wellington Marcos, que está filiado ao DEM. Wellington é considerado nome "pesado"...

Cuiabá já conta com 10 "prefeitáveis"

paulo grando 400 curtinha novo   Dez partidos já possuem um ou mais pré-candidatos a prefeito de Cuiabá. E a "inflação" de nomes tende a aumentar empurrada pela necessidade de sobrevivência dessas legendas, que, lançando nome à majoritária, ajudam seus candidatos a vereador na busca por...

Apoio de Bolsonaro é aposta de França

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) segue cheio de esperanças do apoio de Bolsonaro a seu nome como pré-candidato a prefeito de Cuiabá. Entre o sim e o não, preferiu seguir o calendário eleitoral e se afastar da apresentação do seu tradicional programa de TV Resumo do Dia, de...

Adin contra nomeação em Cáceres

angelo audicom 400 curtinha   Presidida por Ângelo Silva de Oliveira (foto), a Audicom-MT, entidade que congrega auditores e controladores internos dos municípios do Estado, ingressou com Adin no Tribunal de Justiça, pleiteando liminar para, assim como ocorreu em Rondonópolis, também derrubar uma lei em vigor...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.