Últimas

Sexta-Feira, 06 de Junho de 2008, 21h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RONDONÓPOLIS

Muniz desiste e diz apoiar Pátio; aliança é refeita

Deputado alega falta de tempo de TV e de estrutura financeira

   Após alguns ensaios e análise de uma pesquisa qualitativa da Vox Populi, o deputado Percival Muniz  (PPS) anunciou que não será candidato a prefeito de Rondonópolis e apoiará o peemedebista Zé do Pátio. Assim, restabelece a tríplice-aliança (PMDB-PSDB-PPS). Muniz conta que a amostragem revela que seu nome seria competitivo e consistente, mas admite que faltam-no duas coisas fundamentais: tempo no horário eleitoral e dinheiro para a campanha. Ele acabou ficando a sós. O seu PPS lhe daria somente um minuto na TV durante a campanha.

  Em entrevista ao RDNews nesta sexta à noite, o deputado socialista assegura que não apóia a reeleição do prefeito Adilton Sachetti e sua opção agora é reforçar a candidatura de Pátio, para quem precisa ser melhor trabalhada. Observa que na pesquisa o eleitor rondonopolitano deixou claro o desejo de mudança com segurança. Diz que cada pré-candidato colocado apresenta um problema: "a arrogância de Sachetti e a insegurança de Pátio". Depois, completa: "O Blairo Maggi (governador) está bem, mas o Adilton está mal. Zé do Pátio está bem, mas o Bezerra (deputado e cacique do PMDB) está mal. Percival aparece bem, mas está sozinho".

   Ex-prefeito de Rondonópolis por dois mandatos,  Muniz destaca que vê espaço e até chance para uma eleição a prefeito, mas pondera que já havia liberado os partidos e lideranças para apoiar o colega Pátio. "Eu não tenho direito de pedir para o Zé do Pátio retirar a candidatura para me apoiar. Isso seria até injustificável e eu não posso fabricar aliados para mim". Diz que o PSDB poderia até apoiá-lo, mas já havia fechado acordo com o PMDB. Muniz conta que já havia "liberado" também o PSL há 4 meses para se juntar à pré-candidatura peemedebista. "Não posso atropelar o processo. Eu já tive minha oportunidade. Se depender de mim, o PPS vai apoiar o Zé. Isso não significa, porém, que se um grupo de partidos vierem me lançar eu fique de fora".

  Segundo o ex-prefeito, a pesquisa qualitativa o define como um candidato competitivo, com serviços prestados, realizador de obras e humano. "É um perfil diferente do que está aí, da arrogância", cutuca Percival Muniz, numa alusão ao prefeito Sachetti. Ele reconhece, porém, que a atual administração avançou em alguns setores e que há unanimidade dos grupos de estudo detectado na pesquisa sobre a fase de industrialização porque passa Rondonópolis. "Eu dei início a esse processo e as pessoas creditam isso também ao Blairo e acham que o prefeito está dando continuidade".

  "Candidatos animais"

    Na pesquisa qualitativa da Vox Populi, os pré-candidatos a prefeito foram comparados a animais, como forma de definir o perfil de cada um. Sachetti seria um "porco-espim" ou "leão enjaulado". Se provocado, reage de imediato. Muniz conta que foi comparado a um urso e disse: "eu seria um urso fofinho, mas, se haver provocação, morde". Sobre Pátio, o compara a um passarinho e conclui: "ele (Pátio) tenta decolar, mas o Bezerra prende ele".

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Roberto Lins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Adilton Sachetti deve ser comparado ao demo porque vai se ruim assim la longe!

  • Rodrigo Duarte | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou do PMDB de Rondonopolis e tenho certeza que a aliança com o PR é quase certa pra apoiar a reeleiçao de Saccheti.

    Ze do Patio nao sera candidato a Prefeito,isso eu garanto.E o Bezerra tambem garante.

  • Celson Antonio de Carvalho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Percival

    esse é o projeto

    vamos fazer uma grande campanha

    e um grande governo

    o povo meresse

  • Marcos Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esta noticia acha que ainda nao esta confirmada não, e o que o Dep. Percival Deixou Bem claro que tem a possibilidade do PPS apoiar uma candidatura de oposição.
    o PMDB tem que explicar varias coisas:
    1° A junção com o PR em Cuiaba(quer dizer que na Capital o Governador serve e é bom e Rondonopolis o Governador é a fotocópoa do Adilton?)
    2° O Carlos Bezerra não vai subir no Palanque do Zé do Patio e nem aparecer na campanha dentro da cidade, (cocensso entre todos os partidos)
    3° Vai ter estrutura para uma campanha do começo ao fim.
    4° Chapa de vereadores do PPS/PSDB/PSL/PC do B.

    E a decisão do TSE que diz para ter um Chapão para vereadores, será que só o PMDB vai se dar bem?

    E o DEM vai apoiar o Zé do Patio, pois é fundamental ter-los.

    Não estou entendendo nada, o Percival tem condições reais e até mais forte que o Zé e vai perder a oportunidade que Deus esta dando para ele.

    Percival pense bem, lembre de que na campanha de dep. Estadual o seu maior adversario foi o grupo do Zé do Patio, lembra do episódio da Vila operaria das planfetagens que seus amigos apreenderam, lembra quem foi?

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Marcos Antonio, quem precisa do Bezerra para se eleger? quem ele apoia sempre perde, Os Rondonopolitanos querem o Zé do Pátio e pronto. Partido politico não influencia quase nada, so serve para fazer negociatas. Foi preciso uma Lei para fazerem os politicos respeitarem os partidos a qual foi eleito.

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se o PMDB não apoiar o PSDB em Cuiabá, creio que deva receber o mesmo tratamento em Rondonopólis.
    O PMDB não pode ser um partido de quem dá mais têm que recuperar seu prestígio, e isso só será possível se se aliar novamente ao PSDB e ao PPS, afinal, são partidos que nasceram do PMDB, a maioria de seus filiados hoje pertenceram ao PMDB. Só a união destes partidos pode alijar do processo eleitoral e administrativo de Mato Grosso a perniciosa Turma da Botina e, por sua vez, pode conceder ao PMDB novamente os seus predicados perdidos em decorrência de uniões incestuosas.

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, escreve o que eu digo, o Percival vai tentar até o último dia de convenção puxar o tapete do Zé do Pátio pra ser o candidato do arco de aliança.

  • geraldo antunes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Percival descobriu o que Instituto Mark esta mostrando a 1 ano.Gastou dinheiro atoa caro deputado.

  • CarlosOliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu só não entendo UMA coisa, Romilson. O Percival encomendou essa pesquisa da Vox Populi e distribuiu pra um monte de gente. Fiquei sabendo que essa pesquisa é bem diferente da pesquisa Mark, encomendada pelo Zé do Pátio, e que mostra o Percival muito melhor que o Pátio. A Vox Populi, de renome nacional e encomendada para as eleições presidenciais tem instrumentos de pesquisas mais eficientes que a Mark, então divulgue a pesquisa para sabermos se a Mark está errada ou não. Pelo que fiquei sabendo que a Mark errou em vários aspectos e que o Percival nas pesquisas estaria melhor colocado.

    Eu queria entender o porque de você não divulgá-la aqui no seu blog, que, teoricamente, deveria ser democrático. Você tem algum tipo de contrato com a Mark? Por que não divulga a pesquisa? Queremos saber!

  • jose medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não tenho procuração para defender o site RDNEWS, mas o site não divulgou a pesquisa pelo fato de não ter publicada. Esta pesquisa foi encomendada pelo diretorio do PPS em Rondonopolis, que queria saber fazer um diagnóstico do cenario político, para poder tomar algumas decisões e até para convencer o deputado Percival a lançar candidatura.
    Foi uma pesquisa qualitativa, onde as pessoas dizem o que acham dos candidatos, indeoendente se vão votar nele ou nao.
    foram avaliados Adilton, Zé e percival, assim como houve questionamentos sobre a cidade e o que as pessoas pensam dela.
    No cenário em que foi avaliado Percival, trivemos grata surpresa, pois não esperávamos que a sua administração estivesse tão viva na memória do rondonopolitano.
    entao foi uma pesquisa de uso interno do partido, que não repassamos para a imprensa, acho que devido ao bom desempenho do percival, alguns compnheiros do Partido acabaram por comentar e a pesquisa acabou por ser muito comentada.

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.