Últimas

Domingo, 24 de Dezembro de 2006, 00h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Muniz sinaliza para ruptura com governador

    O presidente regional do PPS, Percival Muniz, só está aguardando Blairo Maggi sair oficialmente da legenda socialista para intensificar um projeto alternativo de poder distanciado do governador. Muniz não esconde o seu descontentamento com algumas posições políticas de Maggi e também por se sentir desprestigiado quanto à abertura de espaço na administração estadual para o segundo mandato. Muniz tem comentado a amigos que, como um dos responsáveis pela eleição, em 2002, e pela reeleição de Maggi, neste ano, além do fato de ter sido o mais votado dos 5 deputados estaduais eleitos pelo PPS (41.719 votos), julga merecedor da indicação de ao menos uma secretaria. O seu pleito, porém, foi negado pelo governador, que decidiu substituir Ana Carla, esposa de Muniz, do comando da pasta da Educação.

    Polêmico, Percival Muniz se vê no olho do furacão. Aguarda julgamento de recurso no TSE, na esperança de reconquistar o registro de sua candidatura, cassado por conta da reprovação das contas, pelo TCE, de um convênio de 98, de quando era prefeito de Rondonópolis. Como o caso está sub judice, ele foi diplomado e assume cadeira de deputado em 1º de fevereiro disposto a aprofundar o debate sobre vários assuntos polêmicos. Defende, por exemplo, redução do duodécimo da Assembléia, hoje de R$ 12 milhões mensais. Sinaliza que, em alguns momentos, deve assumir posições duras em relação ao governo, do qual, por enquanto, se considera aliado.

    Percival Muniz partirá para o tudo ou nada. Se conseguir manter o mandato, consolidar-se como nova liderança na Assembléia e ampliar seu grupo político, seu projeto será disputar o Palácio Paiaguás, em 2010.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...

Neurilan e apoio de Botelho à AMM

eduardo botelho 400 curtinha   Em busca de apoio de lideranças políticas para permanecer no comando da AMM por mais três anos, Neurilan Fraga foi pedir socorro para o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (foto). Quer que o parlamentar seja o presidente de honra de sua chapa. Neurilan tem se articulado como pode e,...