Últimas

Domingo, 24 de Dezembro de 2006, 00h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Muniz sinaliza para ruptura com governador

    O presidente regional do PPS, Percival Muniz, só está aguardando Blairo Maggi sair oficialmente da legenda socialista para intensificar um projeto alternativo de poder distanciado do governador. Muniz não esconde o seu descontentamento com algumas posições políticas de Maggi e também por se sentir desprestigiado quanto à abertura de espaço na administração estadual para o segundo mandato. Muniz tem comentado a amigos que, como um dos responsáveis pela eleição, em 2002, e pela reeleição de Maggi, neste ano, além do fato de ter sido o mais votado dos 5 deputados estaduais eleitos pelo PPS (41.719 votos), julga merecedor da indicação de ao menos uma secretaria. O seu pleito, porém, foi negado pelo governador, que decidiu substituir Ana Carla, esposa de Muniz, do comando da pasta da Educação.

    Polêmico, Percival Muniz se vê no olho do furacão. Aguarda julgamento de recurso no TSE, na esperança de reconquistar o registro de sua candidatura, cassado por conta da reprovação das contas, pelo TCE, de um convênio de 98, de quando era prefeito de Rondonópolis. Como o caso está sub judice, ele foi diplomado e assume cadeira de deputado em 1º de fevereiro disposto a aprofundar o debate sobre vários assuntos polêmicos. Defende, por exemplo, redução do duodécimo da Assembléia, hoje de R$ 12 milhões mensais. Sinaliza que, em alguns momentos, deve assumir posições duras em relação ao governo, do qual, por enquanto, se considera aliado.

    Percival Muniz partirá para o tudo ou nada. Se conseguir manter o mandato, consolidar-se como nova liderança na Assembléia e ampliar seu grupo político, seu projeto será disputar o Palácio Paiaguás, em 2010.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Políticos e prisões nos últimos 2 anos

gaspar lazzari 400 curtinha   Vários políticos, que exerceram mandatos eletivos, como de vereador, prefeito, deputado e de governador, foram em cana nos últimos dois anos em MT. Eis alguns deles com passagem pelo cárcere: ex-governador Silval Barbosa, ex-deputados José Riva, Mauro Savi e Gilmar Fabris e o hoje...

Contratos da MTI vão ser suspensos

kleber geraldino mti curtinha 400   O governador Mauro Mendes vai determinar que o presidente Kleber Geraldino Ramos dos Santos (foto) suspenda todos os contratos da Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - ex-Centro de Processamento de Dados do Estado), após ser informado de irregularidades em pelo menos dois...

Diretor define contratos emergenciais

alexandre beloto 400 curtinha diretor hospital   O diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto Magalhães (foto), tem feito compras emergenciais de materiais hospitalares para surprir demandas, especialmente do São Benedito e do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que detém uma...

Bancada garante R$ 10 mi para IFMT

neri 400 curtinha   O deputado Neri Geller (foto), coordenador da bancada federal mato-grossense, anunciou destinação de R$ 10 milhões em emendas para o Instituto Federal de Mato Grosso no orçamento de 2020. Dirigentes do IFMT promoveram duas reuniões para debater projetos para melhorar a estrutura física...

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.