Últimas

Sexta-Feira, 02 de Outubro de 2009, 10h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

VÁRZEA GRANDE

Murilo "corta" 400 empregos para enxugar máquina

   Com temor de ser enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o prefeito de Várzea Grande Murilo Domingos (PR) resolveu “apertar os cintos” e demitiu mais de 400 servidores contratados nas secretarias de Saúde, Educação e Promoção Social. O secretário de Governo, ex-vereador Dito Loro, confirma o corte e alerta que novas pessoas perderão o emprego. “Vamos ajustar até que nos adequemos à LRF. Se não fizermos isso agora, o prefeito vai responder por ato de improbidade administrativa”, justifica. Com a não-renovação dos contratos, que tiveram início em março e terminaram em setembro, a prefeitura espera economizar R$ 400 mil. A meta é cortar gastos até o limite de R$ 700 mil. A folha é de R$ 7,3 milhões. Antes das demissões, existiam 6.142 servidores.

   A orientação do corte partiu do Controle Interno do município, já que a folha já consome 51,2% das receitas. Se o município ultrapassar a 54%, Murilo sofrerá as sanções previstas aos gestores que cometem ato de improbidade e pode ser condenado a restituir o erário, receber multar e, de quebra, perder os direitos políticos. O prefeito é tido pelo PR como pré-candidato a deputado federal.

  “Houve queda na arrecadação, tivemos que renegociar precatórios que datam de 1980, INSS vencido desde 2000 e, por isso, estamos tendo que enxugar a máquina”, argumenta Loro, numa referência a dívidas de R$ 90 milhões e R$ 22 milhões, respectivamente, que foram renegociadas. Apesar do número de servidores demitidos ser elevado, o secretário garante que não haverá prejuízo no atendimento à população. Estão sendo exonerados guardas, seguranças e agentes de serviços gerais. “Nenhum professor foi mandado embora. Estamos cortando apenas o que é possível”, pondera o secretário de Comunicação, Jeverson Missias.

   Desde 2005, quando assumiu o cargo, Murilo vem tentando enxugar a folha, mas as despesas com salário subiram 40,3% até o final do ano passado. O período mais crítico foi em 2006, quando o republicano teve as contas rejeitadas pelo TCE. Com 6.195 servidores, a prefeitura gastou 55,5% de suas receitas com o quadro de pessoal, chegando a R$ 172 milhões. Desde  então o republicano tem feito “ajustes” para que a folha não ultrapasse o teto de 54% estabelecido pela legislação. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • vitor do carrapicho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ATÉ QUE ENFIM PREFEITO MURILO DOMINGOS, PELA CORAJOSA DECISÃO;PARABENS,EU TENHO CERTEZA QUE ESSAS PESSOAS QUE FORAM DEMITIDAS,FORAM ANTES ESTUDADAS ANTES DE TOMAR ESTA DECISÃO.PELOS COMENTÁRIOS ,FICARAM TODOS BRAVOS,PORQUE NÃO PRESTARAM CONCURSO PÚBLICO PARA SE EFETIVAREM NAS TETAS DA MÁQUINA ADMINISTRATIVA?FANTASMAS E MARAJAS AQUI VAI UM RECADO EDUCADO,VÃO TRABALHAR PARA PRODUZIR E ASSIM CONTRIBUIR PARA O CRESCIMENTO DE NOSSA CIDADE INDUSTRIAL E ESSE RECADO TAMBÉ SERVE PARA AQUELES QUE SÓ RECEBEM E NÃO TRABALHAM,COMO DIZ O MORTADELACOISA FEIA HEM.....

  • Selma | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vitor do CArrapicho infelismente o Sr. está enganado, o povo que está sendo mandado embora, são essenciais as escolas, são trabalhadores assalariados (minimo) e não esses DA que só mamam na teta da Pref. e em relação ao Concurso, o que adianta ter, se quem passa se for conhecido de alguém, vai pra onde quer, exemplo: Promoção Social ou outro lugar que não faz nada. Por isso os contratos para quem quer trabalhar... Infelizmente os efetivos não querem nada com nada, a não ser se desviar... FORA MURILO e sua corja...

  • baltazar Dornelas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • luciano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • moacir de araujo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deitado eternamente em berço explendido ao som do rio cuiaba...
    Acorda senhor Murilo.... Varzea Grande não merecia isso, Ruas esburacadas, e outras mazelas..... Que saudade dos Campos,..Bom pelo menos essa podridão não aparecia tanto...

  • Ricardo Cristo Rei | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O prefeito Murilo tem que bater firme na questão da dengue em Varzea Grande. As estatisticas mostram que V Grande não tem feito a lição de casa. Não se tem feito nada para combater a dengue.


    PREFEITO PARA DE DORMIR, A DENGUE ESTA AI DE VOLTA, ALIAS NEM FOI EMBORA NE....

    MANDE O PESSOAL URGENTE PARA AS RUAS E RESIDENCIAS PARA COMBATER ESSE MOSQUITO ENQUANTO É CEDO.

    AS CHUVAS VÃO COMECAR DE NOVO E VOCE NÃO FEZ NADA ATE AGORA

  • Adriano Reis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Bruno César | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ele prometeu na campanha contratar muita gente, e agora vai desfazer de todos!
    Acorda Várzea Grande!

  • Selma | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que o Murilo tem que cortar, são os fantasma que estão incluso na folha da educação e são de outros setores, tal qual, Enio Caldart, mandar embora um bando que so ocupa cadeira na propria secretaria e na Promoção Social, agora foi mandar, os coitados dos guardas e serviços gerais das escolas, que recebem uma miseria e são essenciais a escola e com um salário desses acoitados por ele dá para pagar um monte.
    Infelizmente, temos o que merecemos... Temos que tomar vergonha na cara, por na parede esse Ministério Público e sair a rua pedindo a saida de Murilo e toda a sua corja, se não fizermos isso, ficaremos a merce de seus mandos e desmando.

  • Eva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito bem Selma concordo com vc vamos sair as ruas e gritar FORA MURILO, e suas namorda etmeants de sec. né Bolanger, como até mesmo os parentes do Dito Loro e tambem diminuir as robalheira que tem na prefeitura na calada da noite. É só ficar de olho e observar em frente a prefeitura.
    Sera que a doença do dormindo pega acorda MPF, acorda....

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...