Últimas

Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2007, 06h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

VÁRZEA GRANDE

Murilo define 3 prioridades para sair do desgaste

Investimentos na malha viária, saneamento e comunicação são esperança de reeleição para prefeito

    O prefeito de Várzea Grande, Murilo Domingos (PPS), admitiu, em reunião com assessores mais próximos, que hoje não teria chance de reeleição. Perderia feio nas urnas, por exemplo, para o deputado estadual Wallace Guimarães (PFL), de quem ganhou em 2004 por uma diferença de apenas 588 votos. Para reconquistar o prestígio popular e dar fôlego ao projeto de recandidatura, Murilo definiu três prioridades: recuperação da malha viária, investimentos em saneamento e melhora da relação institucional com a mídia.

    A intenção do prefeito é investir cerca de R$ 15 milhões para recuperar parte da malha viária num município castigado pela falta de infra-estrutura, principalmente na periferia. As maiores ações serão de recapeamento e de lama asfáltica. Na área de sanamento, Murilo Domingos deu autonomia para o presidente do Departamento de Água e Esgoto, Dito Loro, estabelecer metas e executá-las, com vistas a melhorias dos serviços. O Dae-VG já anunciou, dentro de um planejamento estratégico, que pretende elevar a receita dos atuais R$ 9,4 milhões para R$ 17 milhões até dezembro de 2011. Com ao menos cinco projetos prontos, Dito Loro baterá a porta do governo federal em busca de financiamento.

    Até então resistente à idéia de fazer investimentos em informes publicitários, o prefeito percebeu, enfim, que sem divulgar as ações do seu governo a popularidade continuará em declínio. Desa forma, estuda melhorar o orçamento da Comunicação e se aproximar mais da imprensa.

     A gestão Murilo tem sido alvo de críticas. Mesmo que tenha conseguido um governo de coalizão, com apoio do PT, PSDB, parte do PMDB e do PFL, a administração é vista como capenga.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...