Últimas

Segunda-Feira, 12 de Março de 2007, 07h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

VÁRZEA GRANDE

Murilo não seria reeleito hoje, revela pesquisa

Com Wallace ou Júlio Campos, PFL conquistaria prefeitura; Maksuês está no páreo; prefeito perde para qualquer candidato

    O médico e deputado estadual Wallace Guimarães (PFL) é o nome preferido hoje à Prefeitura de Várzea Grande. Pesquisa Mark, feita neste final de semana (sábado e domingo), revela sua liderança de ponta-a-ponta, independente do adversário. Numa simulação com cinco virtuais concorrentes - Maksuês Leite (PP), Nico Baracat (PMDB), Murilo, Zito Portela (PT) e Eraldo Lima, que deve ingressar no PSB -, Wallace aparece com  37,6% das intenções de voto. Nessa amostragem estimulada, o deputado Maksuês surge em segundo lugar, com 25,9%. O vice-prefeito Baracat detém 7,9% e o prefeito Murilo com apenas 4,1%, um percentual surpreendente e decepcionante. O petista Zito figura com 4,1% e, Eraldo, 0,7%. Nesse cenário 10,3% se mostraram indecisos e outros 10,3% votariam em branco se as eleições fossem hoje.

   O Mark Instituto de Pesquisa e Opinião Pública entrevistou 290 eleitores várzea-grandenses entre sábado (10) e domingo (11). A margem de erro é de 4,5%, para mais ou para menos. Foram pesquisados 37 bairros. O diretor do instituto Marco Polo de Freitas, o Popo, explica que a margem de erro se ampliou devido ao número menor de entrevistas. Em Cuiabá, por exemplo, na amostragem feita no mês passado com 681 pessoas, a margem de erro foi de 3%. Popo explica que depois de Cuiabá e Várzea Grande, vai pesquisar outras cidades pólos. A intenção, destaca, é detectar o desempenho administrativo dos prefeitos dois anos após terem assumido o mandato e, ao mesmo tempo, saber, com base na opinião pública, as novas tendências sobre o quadro sucessório para 2008.

    No cenário 02 (confira nos quadros abaixo), em que o conselheiro do Tribunal de Contas Júlio Campos disputaria no lugar de Wallace -, já que, em tese, ambos seriam do PFL, Maksuês figura em primeiro, com 32,1%, mas numa condição de empate técnico com Júlio, que tem 29%. Ex-prefeito de VG, governador, deputado federal e senador, Júlio hoje está proibido de disputar cargo eletivo por força do cargo de conselheiro. Ele próprio admite, porém, a possibilidade de se aposentar e, assim, entrar no páreo. Sua filiação natural seria no PFL, no qual militou por quase três décadas.

   Ainda na estimulada 2, Baracat, com 7,2% das intenções de voto, ficaria em terceiro e distanciado de Júlio e Maksuês. Somente depois é que aparece Murilo, com 4,5%, seguido do petista Zito (3,1%) e de Eraldo (0,3%). Onze por cento não souberam responder e 12,4% adiantaram que, se os candidatos fossem os seis (Maksuês, Júlio, Baracat, Murilo, Zito e Eraldo), não votariam em nenhum, anulando o voto ou escolhendo a opção em branco da urna eletrônica.

   Na hipótese do PFL concorrer à Prefeitura de VG com Lucimar Campos, esposa do senador Jaime - confira no cenário 03 -, o deputado Maksuês levaria vantagem e ganharia hoje o Paço Couto Magalhães, com 36,2%. Lucimar ficaria com 13,4%, empatada tecnicamente com Baracat, que aparece com 10%. Murilo teria 4,5%, Zito 3,1% e, Eraldo, 0,3%. Nesse caso, 16,6% anulariam o voto. Outros 15,9% não quiseram emitir opinião.

  Caso a disputa em VG fosse entre Wallace, Baracat e Murilo, conforme revela o cenário 04, o deputado pefelista ganharia com mais da metade dos votos (52,4%). Baracat ficaria com 13,8% e o atual prefeito seria o lanterna, com somente 5,2%. Catorze por cento se mostraram indecisos e outros 14,5% votariam em branco.

   Se, ao invés de Wallace, o candidato fosse Júlio numa briga eleitoral com Baracat e Murilo (cenário 05), o conselheiro do TCE levaria larga vantagem. Seu nome é o preferido de 42,4%. O atual vice-prefeito surge com 14,1% e, Murilo, 5,2%, enquanto 21,7% não votariam em nenhum dos três. Estão indecisos 16,6%.

   Sem Nico Baracat no páreo, Júlio Campos também sairia em vantagem numa disputa com Maksuês e Murilo. Nesse caso, o ex-pefelista obteve 36,2% das intenções de voto, enquanto Maksuês conquistou 32,8% e, Murilo, 4,5% (cenário 06).

   Mesmo a quase dois anos para as eleições municipais, num simulação com Wallace, Maksuês e Murilo, o primeiro venceria com 41,7%, contra 29% atribuídos ao deputado pepista e apenas 4,1% ao atual prefeito (cenário 07).

   O instituto Mark simulou também a hipótese de uma eleição com Maksuês, Lucimar e Murilo. O deputado e apresentador de TV seria o primeiro, com 39,3%. A mulher de Jaime Campos bateria Murilo, conforme mostra a pesquisa estimula 08. Lucimar obteria 16,6%, enquanto o prefeito teria 4,8%.

   Num confronto Júlio x Murilo, o conselheiro imporia uma goleada. Conforme o cenário 09, seu nome aparece com 54,1% das intenções de voto, enquanto Murilo só teria 5,2%. O vice-prefeito Nico Baracat também ganharia de Murilo (32,8% a 5,5%), assim como a ex-primeira-dama do município, Lucimar Campos (36,6% a 5,2%), conforme mostram os cenários 10 e 11.

   Maksuês, que nas eleições de 2004 ficou em terceiro e último lugar para prefeito, hoje ganharia com mais de 50% dos votos válidos se tivesse como adversário apenas o prefeito Murilo. A preferência pelo seu nome chega a 51,4%, ao passo que Murilo obtém apenas 4,5% (cenário 12).

   Metodologia

    A pesquisa foi realizada sob o método Survey, com utilização de software especializado em estatística, planilhas e gráficos. Dos várzea-grandenses entrevistados, 4,8% possuem entre 16 e 17 anos; 23,1% estão entre 18 e 24; 31,4% disseram ter de 25 a 34 anos; 19% estão na faixa de 35 a 44%; 16,2% entre 45 e 59 e, 5,5%, com mais de 60 anos. Cinquenta por sexo são do sexo masculino.

   Sobre o grau de instrução, 31,4% têm o ensino fundamental completo; 30,3% o ensino médio e 14,1% não são alfabetizados. Quanto à renda, 55,2% ganham até cinco salários mínimos; 25,5% entre 5 e 10 salários; 13,1% até um mínimo; e 5,5% contaram que o rendimento familiar varia de 10 a 20 salários mínimos, enquanto 0,7% supera os 20 salários.

Confira abaixo os 12 cenários na pesquisa estimulada

Em quem o sr (a) votaria para prefeito

Se as eleições fossem hoje e os

candidatos fossem estes?

 

ESTIMULADA 01

Nome                           Percentual

Wallace Guimarães       37,6%

Maksuês Leite              25,9%

Nico Baracat                  7,9%

Murilo Domingos            4,1%

Zito Portela                     3,1%

Eraldo Lima                    0,7%

NS/NR                         10,3%

Nenhum/branco/nulo     10,3%

 

 

ESTIMULADA 02

Nome                         Percentual

Maksuês Leite              32,1%

Júlio Campos                29%

Nico Baracat                7,2%

Murilo Domingos          4,5%

Zito Portela                  3,1%

Eraldo Lima                 0,3%

NS/NR                      11,4%

Nenhum/branco/nulo  12,4%

 

 

ESTIMULADA 03

Nome                           Percentual

Maksuês Leite               36,2%

Lucimar Campos           13,4%

Nico Baracat                 10%

Murilo Domingos            4,5%

Zito Portela                    3,1%

Eraldo Lima                    0,3%

NS/NR                         15,9%

Nenhum/branco/nulo     16,6%

 

 

ESTIMULADA 04

Nome                               Percentual

Wallace Guimarães            52,4%

NicoBaracat                      13,8%

Murilo Domingos                 5,2%

NS/NR                             14,1%

Nenhum/branco/nulo         14,5%

 

 

ESTIMULADA 05

Nome                              Percentual

Júlio Campos                    42,4%

NicoBaracat                     14,1%

Murilo Domingos                5,2%

NS/NR                             16,6%

Nenhum/branco/nulo         21,7%

 

 

ESTIMULADA 06

Nome                           Percentual

Júlio Campos                  36,2%

Maksuês Leite                32,8%

Murilo Domingos             4,5%

NS/NR                          13,1%

Nenhum/branco/nulo      13,4%

 

 

ESTIMULADA 07

Nome                             Percentual

Wallace Guimarães           41,7%

Maksuês Leite                  29%

Murilo Domingos                4,1%

Nenhum/branco/nulo         12,8%

NS/NR                             12,4%

 

 

ESTIMULADA 08

Nome                              Percentual

Maksuês Leite                  39,3%

Lucimar Campos              16,6%

Murilo Domingos                4,8%

NS/NR                             17,6%

Nenhum/branco/nulo         21,7%

 

 

ESTIMULADA 09

Nome                              Percentual

Júlio Campos                    54,1%

Murilo Domingos                5,2%

NS/NR                            17,9%

Nenhum/branco/nulo         22,8%

 

 

ESTIMULADA 10

Nome                             Percentual

Nico Baracat                 32,8¨%

Murilo Domingos             5,5%

NS/NR                          22,8%

Nenhum/branco/nulo      39%

 

 

ESTIMULADA 11

Nome                               Percentual

Lucimar Campos               36,6%

Murilo Domingos                 5,2%

NS/NR                              25,2%

Nenhum/branco/nulo          33,1%

 

 

ESTIMULADA 12

Nome                            Percentual

Maksuês Leite                  51,4%

Murilo Domingos                4,5%

NS/NR                             20,7%

Nenhum/branco/nulo         23,4%

Fonte: Mark Instituto de Pesquisa e Opinião

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.