Últimas

Quinta-Feira, 16 de Outubro de 2008, 19h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

DEBATE

Musicista critica a falta de propostas para cultura

  O musicista Cristiano Lopes resolveu instigar discussão em torno do que propõe à área da cultura os dois candidatos à Prefeitura da Capital neste segundo turno, o já prefeito Wilson Santos (PSDB) e o empresário Mauro Mendes (PR). Em debate no Fórum Permanente de Cultura de Mato Grosso, que aglutina um seleto grupo de pessoas dispostas a manter o assunto na pauta em comunicação online, Cristiano escreve um texto provocativo com o título "A cultura na mão de candidatos ´preparados´".
 
   Segundo ele, o assunto só passou a ser lembrado agora na reta final da campanha. Destaca também o posicionamento daqueles concorrentes que foram derrotados no primeiro turno, como Valtenir Pereira (PSB), Mauro de Lara (Psol) e Walter Rabello (PP), mas que agora se juntaram em apoio aos dois que se classificaram para o embate na "etapa complementar".
 
   Eis, abaixo, o que escreve Cristiano sobre os candidatos
      
  "Somente agora a cultura vai ser lembrada  na reta final pelos candidatos, o que deveremos refletir? De um lado a Prefeitura que é lembrada pelos artistas como a caloteira da vez, devendo artistas, fornecedores, Deus e o Mundo (olha que o mundo somos nós). Do outro um candidato empresário que não diferencia cultura de lazer!
  Na retaguarda um ex-candidato que não sabe a diferença entre cururu e siriri. Na outra retaguarda um ex-candidato que disse que o dinheiro do governo tem que ser usado no próprio Estado sem poder contratar artista de fora, professor de fora, técnico de fora!!! Tô fora!!
   No buraco um outro ex-candidato que fala que foi o unico que "valorizou a cultura cuiabana" com a musiquinha de lambadão.
   PS: E agora? Se correr o bicho pega, se votar o sofrimento continua?
   Cristiano Lopes
   Musicista

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E de outro lado um musicista que nunca ouvi falar....
    é o bicho pega mesmo.......

  • orlando rondon | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dê que chinfrin saiu este tal de Cristiano Lopes. Dê que povo que cê é. Nunca vi fala, nem mas claro e nem mais escuro. Será que cê é igual minhocão? Lenda!
    Oia xô mano, vê cê cresce um bocadinho mais. Cê ja ouviu fala dos grupos de siriri, ce ja viu até a orquesta de MT, usa instrumentos e musicas da nossa cultura, se o cê não sabe quais instrumentos, é a violha de cocho, o ganza.
    Votê, se eu for ficar falano demas, vou precisa de istia de bolo de arroz e de paçoca para recobra as energias.
    Aqui em casa já té recendeno a vitoria do Wilson.
    Dia 26 é 45.

  • Adriano Gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu adoro música, frequento shows há pelo menos 10 anos, e nunca ouvi falar de Cristiano Lopes.. penso que a equipe poderia averiguar a credibilidade do autor e a autenticidade do texto, antes de reproduzi-lo.

    abraços!

  • Ricardo Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu li várias pesquisas realizadas no município q aponta a cultura como o trabalho mais lembrado pelo cidadão na gestão Wilson Santos. nunca se viu tanto a cultura em voga como nesses últimos 4 anos.

  • maria josé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o cururu e o siriri nunca antes foi tão valorizado como com wilson santos pode pergunta pra qualquer um. antes o cururu e siriri era visto como coisa de gente da roça as pessoa tinha vergonha de dizer que dançava o siriri os jovem nao queria nem sabe e hoje vemos essa nossa cultura nossa historia sendo valorizada um festival que nos da orgulho de ver a beleza da cultura da nossa cidade e os jovens se interessao muito mais e vemos eles querendo dançar o cururu e tocar o siriri. viva o wilson santos que intende a importancia da nossa cultura do povo.

  • Benedito Barbosa da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    façam um teste

    digitem no google cultura + cuiabá e vejam quantas noticias apresentam nossa cultura na gestao do wilson e quantas nas outras gestoes. praticamente todos dos 3 milhoes de materias q aparecem sao referentes ao wilson. e ainda pode fica melhor, depende de vc no dia 26 vota 45

  • Aninha Meirelles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gente, a única coisa que o Mauro Mendes entende sobre cultura é a AGRICULTURA!

    Wilson fala com propriedade sobre cultura porque conhece de perto, e vemos isso claramente na nossa cidade, como a cultura se mostrou nesses ultimos anos, como nossa cultura crecseu e valorizou. me sinto orgulhosa de ser cuiabana, por ver minha cultura, e por isso vou votar em wilson pra ficar melhor ainda.

  • Zé Motta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alguém já se perguntou porque o secretário de cultura é mesmo durante toda gestao do wilson? porque wilson nunca trocou o secretario de cultura? pq outros secretarios sairao, outras pastas mudaram menos a cultura? pq o estado trocou de secretario e o municipio nao? é trabalho, num é converssa. Seria impossivel qe uma cultura fosse tao ruim e o secretario permanessese até o final. contra a conversa fiada eu voto Wilson 45.

  • Michele Dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A cultura de Cuiabá esta rompendo fronteiras, nossa musica esta sendo exportada pra outros estados e outros paises é só olhar as noticias. nossa cultura ta na capa dos grandes jornais e revistas nacionais. é só pegar bravo, veja, isto é, rolling stones, cover baixo, bizz, capricho, folha de sao paulo, o globo, correio braziliense.. é tanto.. é só dar uma pesquisada. E dia 26 voto 45 pra ficar melhor.

  • Lauro Borgetti | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.