Últimas

Quinta-Feira, 22 de Novembro de 2007, 16h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SAÚDE PÚBLICA

Na bronca, agentes de saúde dão prazo a prefeito

    Os agentes de saúde da Capital ameaçam paralisar as atividades se até o próximo dia 5 o prefeito Wilson Santos (PSDB) não tomar nenhuma posição em relação à efetivação da categoria. Em manifesto na Câmara Municipal nesta quinta (22), eles declararam que  pretendem ingressar com uma ação no Ministério Público contra o tucano por ato de improbidade administrativa. A presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Mato Grosso, Dinorah Magalhães, argumenta que a prefeitura queimou os documentos referentes à contratação dos agentes. Segundo ela, a administração alega que não tem condições de concluir a efetivação pois não houve divulgação no Diário Oficial.

    Em agosto, a promotoria deu prazo de 10 dias para a criação de uma comissão responsável para tratar da efetivação e do realinhamento salarial desses servidores. O prazo expirou-se no início de setembro e até agora essa comissão não tomou nenhuma posição. A classe já vem brigando há meses para assegurar direitos, já que o trabalho é desenvolvido há mais de 12 anos.
  
    O vereador Francisco Vuolo (PR) tomou as dores dos profissionais da saúde. Da tribuna, propôs ao líder do prefeito no legislativo, vereador Edivá Alves (PSDB), que agendasse uma audiência pública com Santos, com vistas a esclarecer a situação. Edivá explica que a legislação federal não permite a efetivação dos agentes sem a devida comprovação. O parlamentar concorda que o prefeito deveria ter se manifestado em tempo hábil. Avalia também que "no mínimo, essas contratações eram feitas por indicações e, por isso, a prefeitura não tem nenhum papel comprobatório".

   O prefeito terá que efetivar esses trabalhadores da saúde em cumprimento à Emenda Constitucional número 51, aprovada pelo Congresso Nacional em fevereiro deste ano - leia mais aqui.  (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jeovaldo Rosa de Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Vereador Edvá está enganado, pois todas as Agentes de Saúde passaram por uma prova escrita e por uma bateria de três Psicologo, a minha esposa fez essa prova e passou por merito, mais foi perseguida covardemente pelo Secretario Arai, do PDT, a mando de Dona Adriana, esposa do Prefeito. Perseguição Politica Pura e está ate hoje no Ministerio Publico Para quem quiser ver, teve reportagem e tudo mais, a revolta aqui foi geral houve mais de 700 assinaturas num baixo assinado que os moradores aqui fizeram, ate hoje o povo daqui não concordou com o que ele fez, pode publicar esta Romilson eu tenho provas se voce quizer eu dou uma entrevista, pode mandar o jornalista. Essa eu garanto e dou ibope para Voce. Essa e uma briga boa. È só me procurar 9251-5054. Falar com Jeovaldo, que justiça seja feita, foi em 2005, ficamos 02 anos sem agente de saúde aqui, e ate hoje o primo de Dona Adriana esta aqui no PSF, só aprontando, um mau funcionario, enforca todas as quartas a tarde e sexta - feiras, como já foi denunciado, e ate agora nada de providencias. As Agentes tem que cobrar essas provas que foram feito, e só pegar os gabaritos com elas, pois todas tem, não tem nada de indicações, essa e "cunversa para boi durmir, como já dizia minha bisavó." A Dona Dinorá tem e que bater duro, documento tem de sobra, e só ir no Ministerio Público e do M. Trabalho minha esposa deu entrada nos dois orgão. Estamos esperando o resultado. Não veta essa eu tenho provas suficiente e só me procurar.Protocolo da Republica - MT, 27/07/2005/17:03 002153 2/2 Dr ° Paulo Gomes. 587/2005. A Prefeitura abocanhou o INSS, ate hoje não depositou o "dindin" das Agentes de Saúde. O Gaeco deveria entrar nessa, pois a sonegação ali e grande. Vai firme Dinorá nos te apoiamos, no que der e vier. Fui.......

  • Gina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só no Brasil certas coisas acontecem....
    Se há leis que amparam concursos públicos,com edital,aberto em território nacional......como efetivar pessoas que fizeram provas,mas não concurso?
    Se essa moda pega....muita gente indicada por políticagem vai querer ser efetivado....
    Claro que há contratados que são servidores excepcionais,mas e os que nada querem com a dureza?Que não são poucos....
    Tem gente que nem como contratado faz o trabalho direito,imagina então na hora que efetivar?
    E que tinha o prefeito de prometer algo que ele não pode cumprir?
    É uma vergonha....!!!!

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...