Últimas

Quinta-Feira, 05 de Novembro de 2009, 11h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA DE CUIABÁ

Na tentativa de desviar o foco, Lutero critica Deucimar

   O vereador Lutero Ponce (PMDB), ex-presidente da Câmara de Cuiabá, já não sabe mais como desviar o foco das investigações que apuram o suposto rombo de R$ 7,5 milhões deixado em sua gestão. Na sessão desta quinta (5), Lutero atacou novamente o atual presidente, vereador Deucimar Silva (PP), sobre a auditoria feita a pedido do progressista logo que assumiu o posto.

   "Vieram reclamar que no fim de meu mandato já não havia sequer tampas nos vasos sanitários da Câmara. Deucimar já está em seu décimo mês de gestão e lá no Plenário Ana Maria do Coutto, o Plenarinho, também não há tampas nos vasos", afirmou Lutero.

   O líder do PDT na Casa, vereador Toninho de Souza, saiu em defesa de Deucimar. Para ele, não há necessidade de se levantar discussões "infundadas". "Essa discussão é desnecessária. Acho saudável que possamos discutir e tentar chegar a conclusões que melhorem a vida da população cuiabana, mas se baixarmos o nível, não poderemos contribuir em nada", garante Toninho. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • livia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eles estao certissimos.... nós é que estamos errados.

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Chega de lenga-lenga, esse vereador Lutero já
    devia ser cassado, devolver a grana que roubou
    e ir para cadeia!! Pronto....

  • antonio carlos gouveia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    JESUS CRISTO! PAI MISERICORDIOSO, TENHA PIEDADE DOS NOBRES VEREADORES; TANTOS PROBLEMAS ACONTECENDO EM NOSSA CIDADE E SE PREOCUPANDO COM VASO SANITARIO? SALARIO DE APROXIMADAMENTE OU MAIS DE R$:10.000,00, SOH PARA CUIDAR DE VASO SANITARIO? BRINCADEIRA. DESCULPE LUTERO MAS ESTAH PASSANDO DA HORA DE DEIXAR O PARLAMENTO MUNICIPAL, CHEGA DE BOBAGENS, PELO AMOR QUE AINDA TEM EM SUA FAMILIA. FAMILIA EM PRIMEIRO LUGAR, ACREDITO QUE NÃO PRECISAVA DE TUDO ISTO, COMO FICA SUA IMAGEM PARA SUA FAMILIA, SEU FILHO(A)? PARE COM ISSO MOÇO.

  • LUIZ CARLOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE BRUNO GARCIA JÁ DEVE ESTAR NA TURMA DO LUTERO. PRIMEIRO VAMOS CASSAR LUTERO E DEPOIS CUIDEMOS DO DEUCIMAR. QUER TAMBÉM DESVIAR O FOCO BRUNO? UMA COISA DE CADA VEZ, NÃO PRECIPITEMOS. ESSE RATO TEM QUE SAIR DA CÂMARA, DEPOIS OUTROS E ASSIM SUCESSIVAMENTE. NENHUM DELES VALE O QUE COME, MAS SE FICARMOS COLOCANDO CASO EM CIMA DE CASO, SÓ FAVORECE AO DENUNCIADO. NÃO PERCAMOS O LUTERO DE VISTA ATÉ O DIA... 17? QUE SEJA, MAS TEM QUE SER CASSADO!!! A OPORTUNIDADE DE RECOMEÇARMOS É AGORA. NÃO DEVEMOS DEIXAR PASSAR MAIS UMA CHANCE DE MORALIZARMOS O LEGISLATIVO CUIABANO. LEITOR(A), FICA ESPEEEEEERTO(A)!!!!

  • alinor alves do nascimento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OS DOIS NÃO VALE UMA CABEÇA DE CURIMBATÁ

  • julio cesar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BRUNO GARCIA
    DA REDAÇÃO

    A atual administração da Câmara Municipal de Cuiabá, sob a gestão do vereador Deucimar Silva (PP), começa a revelar indícios de que poderá dar sequência aos escândalos financeiros protagonizados pelos seus antecessores, notadamente nas gestões de Chica Nunes (DEM), acusada de praticar um desfalque de R$ 6 milhões, e Lutero Ponce (PMDB), que comandou a Casa durante 2007 e 2008 e teria acumulado fraudes da ordem de R$ 7,5 milhões, segundo a Delegacia Fazendária.

    Documentos oficiais obtidos pela reportagem mostram graves indícios de que Deucimar teria praticado superfaturamento na contratação de serviços gráficos. O empenho 075/2009, do dia 27 de fevereiro passado, mostra que Deucimar Silva pagou R$ 62.296,25 à Intergraf Gráfica e Editora Ltda., com sede em Várzea Grande, pela confecção de cartões de visita e certificados.

    Com base nas quantidades de materiais impressos, e adotando as mesmas características, a reportagem solicitou, sem se identificar, que duas gráficas de Cuiabá fizessem o mesmo orçamento. O material feito pela Intergraf por R$ 62.296,00 mil seria produzido pela Gráfica Print Indústria e Editora por R$ 25.300,00. Já na Defanti Gráfica, Editora e Embalagens, os impressos foram cotados em R$ 13.790,00.

    O mais forte indício de superfaturamento talvez seja verificado em um orçamento fornecido à reportagem pela própria Intergraf. O presidente Deucimar Silva pagou à empresa R$ 19.875,00 pela impressão de 75 mil cartões de visita. No orçamento enviado ao MidiaNews, a mesma gráfica cobrou R$ 1.980,00. Ou seja, a Câmara pagou 1.000% a mais pelo serviço.

    De acordo com informações repassadas pela Câmara, comprovadas através das notas ficais de número 152 e 173, emitidas pela Intergraf em 6 de março e 5 de maio, respectivamente, a empresa já recebeu o total de R$ 62.296,25. Os materiais foram produzidos em duas remessas: a primeira, no valor de 31.262,50 e a segunda, de R$ 31.033,75.

    Comparativo de preços

    Por 75 mil cartões de visita, formato 32, em quatro cores, a Câmara de Cuiabá pagou à Intergraf R$ 19.875,00. O mesmo produto, na Gráfica Print, foi cotado a R$ 3.800,00; na Defanti, sairia por R$ 2.890,00, valor inferior à Intergraf em pelo menos R$ 17 mil.

    Também foram produzidos na Intergraf 4 mil certificados de cidadão, em quatro cores, formato A4, papel especial com hot stamping, por R$ 32.545,00. Na Gráfica Print, pelo mesmo serviço, a Câmara pagaria R$ 13.400,00, Já na Defanti, a o produto custaria R$ 6.590,00, preço quase R$ 26 mil mais barato.

    Pela produção de um mil certificados de moção honrosa, quatro cores, formato A4, papel especial, com hot stamping, a Intergraf recebeu R$ 8.136,25. O mesmo produto, caso fosse feito na Print, custaria R$ 5.900,00; na Defanti, a mercadoria sairia por R$ 2.530,00, com uma diferença de R$ 5,6 mil em relação ao valor pago pelo Legislativo.

    O quarto item produzido pela Intergraf são 30 mil cartões gabinete, formato 32, quatro cores, papel sulfite 180. Por esse material, a Câmara pagou R$ 58 o milheiro, totalizando R$ 1.740,00. Na Print, o produto sairia mais caro, por R$ 2.200,00; na Defanti, o valor foi equiparado: R$ 1.780,00, R$ 40 mais caro que a Intergraf.

    Contra a gestão do presidente Deucimar, notório por adotar discurso moralista e de transparência, recaem as primeiras suspeitas de superfaturamento, notadamente na aquisição de materiais gráficos.

    Câmara fez outro contrato

    Além do pagamento de R$ 62.296,25, a Câmara de Cuiabá fez outro contrato com a Intergraf, no valor de R$ 67.367,50, que, inclusive, já foi pago. Nessa compra, Deucimar solicitou 3 mil certificados de cidadão, 3 mil moções honrosa e 70 mil cartões de visita. A compra foi feita através do empenho de número 353/2009, de 28 de julho passado.

    Outro lado

    Procurado pelo MidiaNews por telefone, Deucimar Silva reagiu com irritação. E afirmou para a reportagem encaminhasse a suspeita de superfaturamento à Justiça, que ai ele iria responder algo. Não tenho obrigação de responder nada. Vai procurar a Justiça, leva essa denúncia para onde você quiser. Vou responder na Justiça, esbravejou.

    A reportagem insistiu, questionando sobre o pagamento de valores bem acima do mercado. Deucimar se irritou mais ainda e atacou a reportagem com xingamento. Vai ‘chupar prego, moço. Eu não devo explicações para vocês. Quero ver se você tem coragem de vir aqui falar comigo. Estou aqui esperando, vociferou.

    Num segundo momento, ontem à tarde, a reportagem foi recebida por Deucimar Silva, em seu gabinete. Ao ser outra vez questionado sobre os preços, Deucimar não soube dar explicações convincentes. Ele se eximiu de culpa, afirmando que a compra foi feita através de uma adesão a um pregão da Assembléia Legislativa. Eu não tenho a obrigação de sair no mercado pesquisando preço, moço! Pra mim, aquele é o menor preço e pronto. Se tiver alguma coisa errada, não é comigo não. Vai falar na Assembléia Legislativa, esquivou-se.

  • marcia de abreu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • CARLOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a que ponto chegamos, nossos nobres vereadores discutindo tampa de vaso sanitário!!! para eles isso deve ser mais importante do que resolver o problema gritante com a saude de nosso povo. me sinto envergonhado, uma cidade que é pra receber a copa do mundo 2014 discutinto tampa de vaso sanitario.

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS