Últimas

Quarta-Feira, 14 de Março de 2007, 08h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

COMUNICAÇÃO

Na TV, Euclides 'carimba' Sindimed como movimento político-eleitoral

      A presidente do Sindicato dos Médicos do Estado, Maria Cristina, e o superintendente do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, Euclides dos Santos, travaram uma discussão ferrenha, ao vivo, no programa Terceiro Mundo, da TV Record Canal 10, nesta terça (13) à noite. De um lado, a representante da categoria reclamou das condições de trabalho, de perseguição a membros do sindicato e do que classifcou de 'falta de gerenciamento' na Saúde. De outro, o representante do prefeito 'carimbou' a direção do sindicato de agir motivado por interesse político-eleitoral.

     Euclides afirmou que o Sindimed não se mobiliza tanto em relação à saúde pública dos outros municípios como em Cuiabá, tudo, segundo ele, para tentar prejudicar a atual administração. Questionou a presidente do sindicato do porquê não cobrar e agir com o mesmo radicalismo junto aos governos estadual e federal, já que ela representa o movimento em âmbito de Mato Grosso. "Será por quê, doutora, a senhora e o sindicato não fazem a mesma cobrança veemente junto ao governo do Estado e ao governo federal?, questionou Euclides.

   Segundo o superintendente, casos pontuais, como o sumiço de uma mesa no posto de saúde do CPA IV e denúncia de boicote a um médico ligado ao Sindimed, só aparecem no momento conveniente. Euclides disse ainda que a maioria dos médicos não concorda com o movimento, que prega protesto e paralisação das atividades. "O prefeito se mantém o tempo todo aberto ao diálogo com os profissionais. Já sinalizou que pode tirar o Plano de Cargos, Carreira e Salários da Saúde para negociar em separado. Nunca um prefeito esteve tão aberto assim, agindo de forma tão democrática", enfatizou Euclides dos Santos, durante a entrevista, ao vivo.

     Para ele, a discussão sobre a saúde pública não pode se limitar a Cuiabá. Questionou a presidente do sindicato quando ela observou que só construir hospital não resolve o problema. Cuiabá é a única capital do país que não conta com um hospital estadual. Euclides observou ainda que noticiário nacional tem mostrado que faltam medicamentos em algumas capitais, como em Recife (PE), de responsabilidade do governo do Estado e da União e que em Cuiabá o ônus fica somente com a prefeitura.

    Sobre o quadro de pediatras, com lotação de 58 profissionais, o superintendente destacou ser suficiente para atender a demanda, enquanto Maria Cristina preferiu esquivar-se do assunto.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...