Últimas

Terça-Feira, 04 de Março de 2008, 12h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VALE A PENA RECORDAR

Na TV, Fabris condena a privatização da Cemat

    Gilmar Fabris (DEM), hoje numa situação curiosa de deputado estadual licenciado e com mandato cassado ao mesmo tempo, tem uma trajetória polêmica. Começou como vereador por Rondonópolis (89/92). Depois, nas "asas" dos irmãos Júlio e Jaime Campos, se elegeu deputado estadual e presidiu a Assembléia de 95 a 96. Lançou o projeto da sede própria, que só veio a ser inaugurada quase uma década depois, em meio a denúncias de irregularidades na execução das obras. Nas eleições de 2006 Fabris reconquistou a cadeira na AL, mas um ano depois veio a perder o mandato sob acusação de compra de votos. Até esta quinta ele deverá ser oficializado sobre a perda do cargo. Em seu lugar se efetivará o suplente Roberto França (sem partido), que hoje já exerce o mandato devido ao licenciamento para tratamento de saúde do próprio Fabris, que alega obesidade.

    Na campanha de 1998, Fabris, na TV, pediu aos eleitores que não só elegessem os candidatos proporcionais, mas também reconduzissem ao Palácio Paiaguás o ex-governador Júlio Campos (PFL, hoje DEM). Afirmou que Júlio representava mais emprego e mais estradas, a exemplo do que o aliado havia feito quando comandou o Estado em 82. Opositor ao então governo Dante de Oliveira, Fabris disse também que Júlio seria sinônimo de "segurança de verdade" e criticou a implantação do ICM Garantido, o qual classificou de "uma vergonha". Por fim, se posicionou contra a privatização da Cemat. Não teve jeito. Júlio e Fabris foram reprovados nas urnas. De lá cá, o primeiro virou conselheiro do TCE e se aposentou para concorrer, este ano, a uma cadeira de prefeito de Várzea Grande. Fabris já perdeu as esperanças de reaver o mandato.

    Clique no play e relembre o discurso de Fabris na campanha de 98

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.