Últimas

Segunda-Feira, 07 de Janeiro de 2008, 13h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

COMUNICAÇÃO

Na TV, Rabello anuncia morte do filho de Brito

Atualização em 8/01 - às 13h50

    O apresentador de TV e deputado Walter Rabello anunciou nesta segunda, em seu programa Olho Vivo, da TV Cidade (afiliada do SBT), que tem informações seguras de que um dos filhos do secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito, teria sido assassinado.

   O crime, de acordo com Rabello, ocorrera entre sexta e sábado, no bairro Jardim Atalaia, em Cuiabá. Suspeita-se, segundo o apresentador, que o assassinato envolveria o filho de Brito que já tinha sido preso por ligação com assassinato do estudante Cassiano Martins de Oliveira, de 19 anos, em abril do ano passado.

   Rabello disse, ao vivo, que a informação foi obtida através de fontes seguras, mas não de forma oficial.

   O secretário Brito não foi localizado para comentar o assunto. Neste domingo, ele esteve no velório do chefe do cerimonial da Câmara de Cuiabá, Alberto Gomes de Oliveira, o Beto, até 23h. Durante o período em que ficou na funerária Santa Rita demonstrou estar tranquilo.

(Às 13h47) - Secretário nega morte do filho menor

    O secretário Carlos Brito disse, em entrevista ao RDNews, que o anúncio de Walter Rabello na TV é uma mentira e se mostrou revoltado com a informação dita ao vivo pelo deputado. "Isso não é verdade. Para infelicidade, dele (Rabello) não é verdade. Ele queria muito essa desgraça na minha vida, mas não vai conseguir", disse Brito, indignado. (Simone Alves)

(Às 14h40) - Equívoco expõe Rabello ao descrédito

   Repercutiu muito mal o anúncio precipitado na TV feito por Walter Rabello da suposta morte de um dos filhos do secretário Carlos Brito. Meia-hora depois o secretário de Justiça e Segurança Pública desmentiu o deputado e ainda o chamou de irresponsável e de torcer pela desgraça alheia. Um comunicador que diariamente cobra das autoridades, inclusive dele próprio, a verdade dos fatos, deveria ter o cuidado de checar a informação antes, principalmente em se tratando de um caso que, se fosse verdadeiro, seria de tamanha gravidade.

   Rabello é pré-candidato a prefeito de Cuiabá. Tem um perfil populista, apresenta um programa de forte apelo popular e acabou elegendo Brito como um dos seus adversários políticos. Ao anunciar, ao vivo na TV, que o filho do secretário teria sido assassinado, fato inverídico, Rabello acabou caindo no descrédito e azedando ainda mais a sua relação política com Carlos Brito. No jornalismo, estamos sujeitos a falhas constantes. Devemos ter a humildade de reconhecê-las e, se necessário, pedir desculpas publicamente. Espera-se que Rabello assim o faça. (Romilson Dourado)

(Às 15h30) - Não desejo morte de ninguém, diz Rabello

  O deputado e apresentador de TV, Walter Rabello, alega que "apenas fez comentário sobre uma informação que havia recebido". Contesta que tenha anunciado de forma contundente a suposta morte do filho do secretário Carlos Brito. "Não anunciei morte de ninguém (na TV). Apenas disse que havia recebido informação de uma fonte, que é conhecida e que, mesmo assim, iria checá-la. Como o programa já estava chegando ao seu final e não daria mais tempo de fazer isso, avisei que traria maiores informações amanhã".

   Walter Rabello pondera que deixou claro no ar que a informação não era oficial. Segundo ele, a pessoa que lhe telefonou para dar informação dissera que um dos filhos de Brito teria sido assassinado nos fundos do Parque Atalaia. "Nunca desejei a morte de ninguém e não fiz nenhum tipo de informação". O parlamentar-apresentador observa que as críticas que faz a Brito diz respeito à atuação enquanto secretário de Justiça e Segurança Pública e não no campo pessoal. "Já diz elogios a ele porque, quando era deputado, o Brito apresentou uma emenda ao orçamento e o recurso alocado por ele ajudou numa obra em Cuiabá. Quando houve o episódio com o filho dele, eu fui o que menos falei sobre o assunto", comenta o pré-candidato a prefeito da Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (32)

  • Carlos Eduardo de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse pseudo-apresentador, pseudo-deputado, não sabe mais o que fazer para querer se apareçer, tenta ganhar popularidade dos menos esclarecidos esplorando a desgraça dos mesmos, dias atrás saiu com uma conversa fiada de que uma fonte segura o informou que ouviu, em uma mesa de bar pessoas tramando a sua morte, em troca de dinheiros, agora vem com mais essa conversa fiada, oriunda novamente de uma fonte segura, caso segundo ele que açonteceu no sabado e até segunfa-feira ele não consegui checar a veracidade da mesma e assim mesmo ele cita em seu programa ( programa de ilusões ), tá feio de informante em Walter Rabello, são essas pessoas que voçe quer levar para a prefeitura de Cuiaba ? Deus me livre ! Cuiabá não te mereçe, pseudo-deputado.

  • Rodrigo Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu gostaria aqui de saber quem de todos que comentaram assistiram o programa de fato,na hora em que ele deu a noticia?Pois eu que assisti estou vendo que aqueles mais sensatos que de fato viram e não vão pela conversa de que ouviram,estão contando a verdade.Hoje pra quem assistiu o Programa dele ele mostrou novamente a fita no trecho que tem ele falando sobre isso e tudo aquilo que o Senhora Romilson pois aqui é uma falácia,uma mentira.Quem caiu em descrédito caro Romilson foi o senhor que postou uma inverdade.Eu sou assiduo leitor do RDnews e sei da sua competência como jornalista,mas por favor não coloque qualquer coisa aqui.

  • Valentina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • carlos pecora | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deus me livre aquilo tudo foi a maior armação, para acabar com o Brito. Aquilo de falta um minuto... Foi tudo armado! porque que a ligação não aconteceu no início do programa, esperou justamente no final. Deputado Carlos Brito o sr. tem autoridade para isso, entra com uma ação na justiça pedindo o cigilo telefônico do Walter para ver quem ligou pra ele naquele horário e se é verdadeiro. Ele já fez isso com ele mesmo só para aparecer e chamar a atenção da população dizendo que recebeu ou falaram, para ele, que estavam querendo matalo.
    esse cara é louco, ele não recebeu telefonema nenhum aquilo foi uma farça abra os ólhos com essa rapoza vestido de carnerinho.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • josé albertino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boa tarde, Romilson hoje ficou feio p vc no programa de tv.O walter te desmentiu no ar.Cara vc se diz ser jornalista .Então apura os fatos..e o recado p/ o apresentador walter Rabello não seja precipitado .....

  • JOAQUIM DAS NEVES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acredito na palavra do Pai, mesmo sendo ele uma autoridade, a dor não seria tao facilmente encoberta. Todavia, fica evidente o despreparo deste cidadão que deseja ocupar o palacio alecantro. OLHO VIVO população cuiabana.

  • Jota Lemos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero lamentar e solidarizar ao Cidadão Carlos Brito, pois nao se brinca com um assunto desse, pois todos temos sentimento, esse tal Walter Rabello e uma pessoa desastrado e inconsequente ao dar uma noticia dessa por pura maldade ele nao so cai no discredito com a população como deixa as viceras a mostra de como e o seu perfil demagogo e maldoso com as pessoas, fique atento cidadao cuiabano com essa figura travestido de bondoso que chora no ar, que faz uma oração de araque na Tv, e se diz o Semi-deus de cuiaba...
    Sai mas uma vez na frente RD por noticiar este...
    Abraços Romilson

  • Pedro Cacio Simao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Valter Rabelo e irresponsavel e alienado. Deveria procurar o que fazer e deixar de perseguiçao a quem nao precisa. Ele pode enganar alguns... cuidado povo!!!!

  • AALCANTARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTE TIPO DE NOTICIA NAO PODE SER LEVADA AO AR NUM CANAL DE TV ENQUANTO NAO SI TEM TOTAL CERTEZA PORQUE PODE SER O PIOR INIMIGO ASSIM MESMO NAO SI DESEJA ESTE TIPO DE ACONTECIMENTO. Sr. Walter nao sei se voce tem filho mais mesmo si nao tiver respeito o sentimento de um Pai responsavel com sua familia. Este foi um exemplo muito ruim de sua parte para com a populacao de MT.

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.