Últimas

Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 23h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Rumo a 2010

Nanico PRP cobra projetos dos majoritários e posterga acordo

   No meio dos partidos nanicos, o PRP se destaca, não pode atender a convites dos pré-candidatos a governador Silval Barbosa (PMDB), Mauro Mendes (PSB), Wilson Santos (PSDB) e Jayme Campos (DEM), mas por, justamente, não se vincular, por enquanto, a nenhum destes grupos. Rubney Cano de Brito, que conduz o partido no Estado, alega que não tem participado das reuniões com os chamados majoritários poque "o PRP ainda não observou projetos e planos de governo dos pré-candidatos que atraiam o partido para uma conversa". Segundo ele, o PRP deseja discuti, alternativas para os problemas sociais, que estão sendo questionados em todo o Estado.

    Entende que, apesar da pré-campanha eleitoral, PSDB, PSB e PMDB não apresentaram os motivos de suas pré-candidaturas. “Queremos sentar com esses pré-candidatos para discutirmos apoio sobre os projetos sociais que eles têm para resolver parte dos problemas da população”, diz o dirigent do PRP, ao observar que vê nas reuniões apenas a ansiedade dos partidos pequenos e a possibilidade de cargos. “Também queremos cargos, mas antes tempos propostas para serem discutidas com os pré-candidatos sobre o que eles podem fazer por todos nós que vivemos em Mato Grosso”. Observa que "até agora não apareceu nenhum dos pré-candidatos ao governo para mostrar projeto para as áreas da saúde e a segurança, duas pastas que mais apresentaram problemas".

     Rubney de Brito questiona também o que classifica de descaso com o tratamento do lixo e com o aumento de pessoas vítimas da dengue no Estado. Sugere empenho dos pré-candidatos nos temas considerados fundamentais. Disse que está autorizado a manter conversa com qualquer sigla partidária, mas em conformidade com os partidos aliados como PSC, PHS, PSL, PRP e PRB, que compõem a chamada Frentinha. Presente com comissões provisórias em 34 municípios e como mil filiados, o PRP quer lançar 10 candidatos a deputado estadual e fala até em quatro para federal.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • VALTER CAMPOS | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 22h24
    0
    0

    ESSE LUIZINHO QUER APARECER E DEVE SER UM DESSES CORRUPTOS QUE TEM POR AI, QUANDO APARECE ALGUEM QUERENDO FAZER UM TRABALHO SERIO, PINTA UNS DESSES. SE ENCHERGA LUIZINHO. DEXA O RAPAZ TRABALHAR E DEPOIS VC FAZ SUA CRITICA.

  • luizinho | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h32
    0
    0

    agora temos que guentar esse rubiney exigir projetos para apoiar alguem...quem naum ti conheçe que ti compra, e eu como ti conheço de longas datas naum quero nem passar perto de vc garoto.

  • luizinho | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h32
    0
    0

    agora temos que guentar esse rubiney exigir projetos para apoiar alguem...quem naum ti conheçe que ti compra, e eu como ti conheço de longas datas naum quero nem passar perto de vc garoto.

  • Willian | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h42
    0
    0

    Os interesses públicos devem ser discutidos de forma célere, buscando a forma eficiente para solucionar os problemas da sociedade. Portando, quanto as reuniões partidárias que aguardem.

  • edesio do carmo adorno | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 16h07
    0
    0

    Discutir projetos sociais? Me engana que gosto. Na verdade os interesses dos partidos nanicos se situam em outra esfera onde não existe espaço para preocupação com problemas sociais.

  • edwyn | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 15h23
    0
    0

    eu acho que e isso ai que tem que ser realisado essas reunioes para q o nosso pais va para frente, tem q ser cobrado mesmo os nossos direitos.

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin (foto), um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo,...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.