Últimas

Terça-Feira, 20 de Março de 2007, 08h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Não sou vira-lata ou demagogo, diz Jaime

   Com menos de dois meses de mandato, o senador Jaime Campos, um dos caciques do PFL, já admite candidatura ao governo do Estado. Ao seu estilo populista, o parlamentar soltou o verbo na primeira reunião ampliada do seu partido, nesta segunda, num dos auditórios da Assembléia Legislativa. Criticou prefeitos que se vendem e, indiretamente, o governador Blairo Maggi, de quem se considera aliado.

   Jaime afirmou que está sendo muito prestigiado em Brasília, tanto que faz parte de várias comissões temáticas na condição de titular ou suplente, como as comissões de Assuntos Econômico, de Infra-Estrutura e Social. Anunciou que assumiu a vice-liderança do PFL no Senado e que já foi indicado pela bancada para ser o relator da comissão de Orçamento. Em seguida, emendou, num discurso explosivo: "Estou sendo prestigiado em Brasília por causa de minha coerência. Não sou vira-lata, demagogo. Sou firme no partido. É por isso que sou membro de várias comissões".

   Num outro momento do discurso, Jaime Campos, ex-prefeito de Várzea Grande por três mandatos e governador (91/94), atacou: "Essa coerência política tem que prevalecer aqui em Mato Grosso. Fico triste quando prefeito se vende por um caminhão de óleo diesel. Não é por aí, não! política é coisa séria e pra gente séria. Não podemos, em hipótese alguma, deixar cidadão se vencer em troca de bagatela", declarou o senador mato-grossense sem, porém, citar nomes. Ele se referia ao fato de prefeitos do próprio PFL terem migrado para o PR do governador Maggi.

    Jaime Campos disse ainda que, se for a vontade do seu partido, entrará na disputa à sucessão estadual em 2010. Suas atitudes já demonstram a pré-disposição de disputar de novo o Palácio Paiaguás. Jaime nada tem a perder. Como seu mandato de oito anos se estende até 2014, se perder o governo do Estado, ainda terá garantida por mais quatro anos a cadeira no Congresso Nacional.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Contrato para tocar eventos do TCE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Guilherme Maluf, fechou um contrato anual com a Infortouch Agência e Comunicação, Eventos e Produtos Alimentícios, aproveitando ata de registro de preços  do Tribunal de Justiça de MT, com adesão-carona num processo de 2019. A empresa vai faturar R$ 376,9 mil para atender demandas do TCE em toda logística de eventos, envolvendo as etapas de planejamento,...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.