Últimas

Segunda-Feira, 18 de Junho de 2007, 07h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

VÁRZEA GRANDE

No confronto, Murilo só ganharia de Lino Rossi

    Os confrontos simulados pela Mark entre todos os possíveis candidatos a prefeito revelam dados curiosos. O prefeito Murilo Domingos (PR), por exemplo, só ganharia de Lino Rossi (PP), que concluiu em fevereiro deste ano o mandato de deputado federal em meio a desgaste sem precedentes por causa da acusação de envolvimento na máfia das sanguessugas. Se as eleições fossem hoje e os varzea-grandenses só tivessem os dois como opções para prefeito, Murilo teria 9,4%. Rossi, que já tentou a prefeitura em 2000, ficaria com 4,1%. Ambos, porém, perdem para o universo de indecisos (18%) - confira no quadro 14. Nada menos que 68,5% disseram que não votariam hoje em nenhum dos dois.

    Quanto aos demais pré-candidatos, o prefeito Murilo seria derrotado. Contra o seu vice, o peemedebista Nico Baracat, o prefeito teria 7,4%, metade das intenções de voto registradas em favor de Nico (quadro 12). O deputado Campos Neto (PP) também derrotaria Murilo. O placar seria 14,2% a 8,4%. A rejeição aos dois chega a 58,9% (quadro 15).

    Murilo perderia também para Júlio Campos, que já foi prefeito de Várzea Grande, governador, deputado federal e senador. O conselheiro aparece com 40,1%, enquanto o atual prefeito não passa de 7% (quadro 13). A derrota de Murilo seria maior se tivesse o deputado Maksuês Leite (PP) como único adversário. Nesse confronto, o progressista se elegeria prefeito com 55,8%, contra apenas 7,1% atribuídos a Murilo (quadro 12). Wallace Guimarães também bateria Murilo com uma diferença elástica: 59,9% a 5,1% (estimulada 10).

   Já num embate entre Wallace e Maksuês, o primeiro sairia vitorioso. O democrata aparece com 47,2%, enquanto o progressista figura com 34%. Contra Nico Baracat, Wallace ganharia com uma frente ampla (59,9% a 5,8%) - confira no quadro 16. O deputado do DEM venceria também Júlio Campos (56,6% a 18,5%), conforme mostra a estimulada 18, assim como Lino Rossi (64,7% a 0,8%) e Campos Neto (61,4% a 4,3%).

    O jornalista e deputado Maksuês bateria nas urnas Baracat (56,1% a 7,9%), Júlio (51,5% a 23,4%) e Campos Neto (56,9% a 5,3%). Ainda em relação aos confrontos, o conselheiro do TCE Júlio Campos sairia vitorioso se concorresse contra o atual vice-prefeito Baracat (37,1% a 6,9%), contra Rossi (41,9% a 1,3%) e também imporia vitória sobre Campos Neto (38,1% a 5,3%).

Em quem o sr(a) votaria para prefeito 
se as eleições fossem hoje? 
estimulada 10 estimulada 11
Wallace Guimarães 59,9% Nico Baracat 14,2%
Murilo Domingos 5,1% Murilo Domingos 7,4%
ns/nr 10,2% ns/nr 19,0%
nenhum/branco/nulo 24,9% nenhum/branco/nulo 59,4%
estimulada 12 estimulada 13
Maksuês Leite 55,8% Júlio Campos 40,1%
Murilo Domingos 7,1% Murilo Domingos 6,9%
ns/nr 10,9% ns/nr 14,0%
nenhum/branco/nulo 26,1% nenhum/branco/nulo 39,1%
estimulada 14 estimulada 15
Murilo Domingos 9,4% Campos Neto 14,2%
Lino Rossi 4,1% Murilo Domingos 8,4%
ns/nr 18,0% Ns/Nr 18,5%
nenhum/branco/nulo 68,5% Nenhum/Branco/Nulo 58,9%
estimulada 16 estimulada 17
Wallace Guimarães 59,9% Wallace Guimarães 47,2%
Nico Baracat 5,8% Maksuês Leite 34,0%
ns/nr 11,4% ns/nr 7,1%
nenhum/branco/nulo 22,8% nenhum/branco/nulo 11,7%
estimulada 18 estimulada 19
Wallace Guimarães 56,6% Wallace Guimarães 64,7%
Júlio Campos 18,5% Lino Rossi 0,8%
ns/nr 8,4% ns/nr 10,4%
nenhum/branco/nulo 16,5% nenhum/branco/nulo 24,1
estimulada 20 estimulada 21
Wallace Guimarães 61,4% Maksuês Leite 56,1%
Campos Neto 4,3% Nico Baracat 7,9%
ns/nr 11,7% ns/nr 11,9%
nenhum/branco/nulo 22,6% nenhum/branco/nulo 24,1,0
estimulada 22 estimulada 23
Maksuês Leite 51,5% Maksuês Leite 56,9%
Júlio Campos 23,4% Campos Neto 5,3%
ns/nr 8,1% ns/nr 11,9%
nenhum/branco/nulo 17,0% nenhum/branco/nulo 25,9%
estimulada 24 estimulada 25
Júlio Campos 37,1% Júlio Campos 41,9%
Nico Baracat 6,9% Lino Rossi 1,3%
ns/nr 14,0% ns/nr 13,5%
nenhum/branco/nulo 42,1% nenhum/branco/nulo 43,4%
estimulada 26

Fonte: Mark Instituto de Pesquisa e Opinião.
Amostragem realizada
em Várzea Grande
dias 14 e 15 de junho de 2007

Júlio Campos 38,1%
Campos Neto 5,3%
ns/nr 15,0%
nenhum/branco/nulo 41,6%


Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...