Últimas

Sexta-Feira, 25 de Maio de 2007, 08h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

No reencontro com famíla, emoção, choro e raiva

Prefeito de Sinop, que ficou 4 dias preso, se diz traumatizado

    O prefeito de Sinop (a 500 km ao Norte de Cuiabá), Nilson Leitão (PSDB), acusado de fraudes e de receber propina da construtora Gautama, ainda está traumatizado com sua prisão. Na primeira entrevista coletiva concedida nesta quinta, após ganhar a liberdade, Leitão ficou com a voz embargada quando lembrou a forma como agentes da Polícia Federal invadiram sua casa na manhã do último dia 17. Fez pausa por alguns segundos e quase chorou. Os aliados que acompanharam a entrevista garantem que foram fortes emoções. Nada de lágrimas de crododilo.

   Os seus dois filhos, um de 4 e outro de 2 anos, estavam dormindo. A esposa, primeira-dama Renata Pauli Leitão, está grávida. Os agentes, segundo o prefeito, já chegaram revirando os colchões das camas à procura de objetos e de supostas provas para incriminá-lo, criando ambiente de pânico.

   Algemado, Leitão foi conduzido pela Polícia Federal a Cuiabá e, em seguida, para Brasília. Foi liberado na segunda à noite, quatro dias depois, assim que prestou depoimento perante a ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça. Já de volta a Sinop na terça (22) pela manhã, Leitão foi recepcionado pelos familiares, entre eles os irmãos Glaucio, Adriana, Cláudia e Paula e a mãe Nice. Emocionados, todos caíram em prantos. Se mostraram revoltados com a ação da PF.

   O prefeito garante que seu patrimônio se resume a uma casa financiada, construída no ano passado, um veículo Fiat Stilo, ano 2005, também financiado, e está prestes a concluir o financiamento de uma picape Strada, ano 2003, de sua esposa.

   Nilson Leitão negou as acusações de envolvimento em fraudes e de recebimento de propina. Diz também que as gravações feitas pela PF em que aparece conversando com o empreiteiro da Gautama, Zuleido Veras, em Brasília, não o compromete em suposto esquema de irregularidade, muito menos o relatório, no qual a ministra Eliana se baseou para pedir sua prisão.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Apesar de não conhecer o Nilson Leitão, eu sei o que o mesmo está passando, pois hà exatamente 20 anos atras fui vitima de um Juiz bandido, que mesmo eu sendo titular de Del. de Roubos e Furtos de MT, tive minha prisão decretada por estar em lugar incerto enão sabido, não fui recolhido a nenhuma prisão mas a revolta e o prejuizo foram imensos, tambem não fui indiciado, graças ao MP que se recusou a me denunciar e pediu arquivamento do feito mal feito, portanto solidarizo com você e digo depois de 20 anos quando lembro ainda choro, porque minha mãe morreu poucos anos depois inconformada, mas felizmente uma voz superior e sábia como a do Ministro Gilmar Mendes se posicionou contras as arbitrariedades; Que DEUS O PROTEJA.

  • Dr. José Ricardo Corbelino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É necessário, que haja responsabilidade por parte das instituições, pois, há uma tentativa leviana e reiterada de pressionar e intimidar juízes, por meios ilegítimos e espúrios, para que sejam adotadas, de maneira indiscriminada todos os requrimentos da PF. O quadro é grave, pessoas são presas, humilhadas, expostas ao rídiculo, para que posteriormente, esse "circo" armado seja todo ele declarado improcedente pela justiça. HÁ que existir serenidade e imparcialidade nessas decisões, senão, como bem disse o Min. Gilmar Mendes, está havendo canalhice e irresponsabilidade, o que sem dúvida deve ser repudiado por toda a sociedade.

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

Barbudo é menos empreguista de MT

nelson barbudo 400 curtinha   Dos oito deputados federais de MT, o estreante Nelson Barbudo (foto) é o menos "empreguista". Nestes 10 primeiros meses de mandato, ele nomeou no gabinete em Brasília e no escritório político em Cuiabá apenas 15 assessores. Cada gabinete pode ter até 25 secretários...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.