Últimas

Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2007, 17h:34 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

No TRE, Gilmar Fabris tenta reverter cassação

   Começa em instante o julgamento do embargo declaratório interposto pelo deputado estadual cassado Gilmar Fabris (DEM) junto ao Tribunal Regional Eleitoral. Fabris tenta reverter a decisão que, por unanimidade, o tirou o mandato. No último dia 23, o democrata foi cassado por compra de votos. Nesse dia, os juízes-membros do Pleno, Leônidas Duarte Monteiro, Maria Abadia de Souza Aguiar, Adverci Rates de Abreu, Renato Vianna e Alexandre Elias Filho acompanharam o entendimento do relator Antônio Horácio Neto e votaram pela cassação.

     O crime eleitoral se deu em Poxoréo. Uma caderneta contendo 99 nomes e com dados dos eleitores foi encontrada dentro de uma caixa de isopor, na cozinha da casa de uma cabo eleitoral por nome Sandra Soares Silva, também condenada. A caderneta e mais quatro depoimentos foram as provas cabais contra o parlamentar. Segundo a denúncia do Ministério Público, eram oferecidos R$ 25 por cada voto.

     Em sua defesa, o parlamentar licenciado vai argumentar que não aliciou eleitores, que não tem e não teve nenhum vínculo com Sandra e que há sete anos não vai a Poxoréu. O advogado de Fabris também deve apontar supostos erros no julgamento. (Simone Alves)

(Às 18h30) - Recurso é negado; Fabris está mesmo fora

   Gilmar Fabris está mesmo cassado em definitivo. O embargo declaratório acaba de ser rejeitado pelo Pleno do TRE, por unanimidade. Votaram os juízes-membros Maria Abadia, Adversi Rates, Renato Vianna, Díocles Figueiredo, que votou no lugar de Leônidas Duarte Monteiro, que está viajando, e Alexandre Elias. A sessão durou menos de 40 minutos. Na próxima semana, Fabris deve deixar de vez sua cadeira de parlamentar. A vaga será ocupada oficialmente pelo suplente Wagner Ramos.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Maria do Carmo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Um Juiz que julga sobre pressão popular.... perde toda a legitimidade do cargo que ocupa.
    TRE julga pela mídia! Ou faz a mídia...

  • MArcelo Vilas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISTO É UMA VERGONHA, e a Chica e o Pedro???
    TRE vocês são uma VEGONHA, e empodresse o nosso judiciario, graças a Deus o Computador não elemina Os Obores porque com essas decisão do MPE nos de Cuiabá-MT iriamos virar uma POBRIDÃO causado por Voçês

  • Luiz Claudio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ola....agora sim o Ex Depto vai trabalhar no Dnit..ou na Factor do Sr. Piran......
    boa sorte com seu nosso emprego
    abraço

  • Marco Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao TRE !!!
    Isto demondtra que tal tribunal esta no caminho certo e nossos politicos terão que nas próximas eleiçoes realmente fazer uma política séria.

  • Maria do Carmo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Na hora de cassar, utilizaram o mesmo argumento para Henry, Chica e Fabris.
    Na hora de conceder a permanência do cargo, mudaram o argumento. Somente Henry e Chica podem ficar no cargo, e Fabris não...
    Srs., por favor, me expliquem essa diferenciação de julgamento....
    O TRE de MT não pode ter 02 pesos e 02 medidas, isso nos faz pensar coisas.....

  • SILVIO G RODRIGUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FABRIS, RECURSO MAL FEITO DA NISSO, NEGADO.

    O CIDADÃO DEVE TER CALMA E ACREDITAR NO TRE.

    NO CASO CHICA NUNES E PEDRO HENRY O TRE ESTA TOMANDO TODO CUIDADO PARA EVITAR MAIS ADIANTE OUTROS RECURSOS, O PROCESSO NÃO PODE SER ATROPELADO PELA VONTADE DE SE FAZER JUSTIÇA... MAS QUANDO TERMINAR SÓ SOBRARÃO CINZAS.

    EMBARGOS DECLARATORIOS, FAZ PARTE DO PROCESSO, MAS SERÁ JULGADO E COM CERTEZA ABSOLUTA APLICADO O RIGOR DA LEI.

    OS DESEMBARGADORES MUITA IMPARCIALIDADE NESTA HORA.

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.