Últimas

Terça-Feira, 29 de Abril de 2008, 20h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

SEGURANÇA PÚBLICA

Nota de esclarecimento SMS sobre interdição no Santa Casa

   A Secretaria de Saúde de Cuiabá faz os seguintes esclarecimentos sobre a ação da Vigilância Sanitária realizada nesta terça na Santa Casa de Misericórdia:
 
- A Vigilância Sanitária realiza inspeções periódicas em todos os estabelecimentos de saúde de Cuiabá, cumprindo determinação da Anvisa.
 
- Cresceu em 30% o número de irregularidades encontradas no referido hospital nos últimos três anos: 424 irregularidades em 2006; 490 em 2007; e 639 irregularidades em 2008.
 
- Estas 639 irregularidades foram detectadas na última inspeção realizada nas dependências da Santa Casa nos dias 17, 18 e 19 de março de 2008.
 
- De acordo relatório produzido pela equipe técnica responsável por esta inspeção sanitária, ficou constatado que o hospital continua apresentando “não conformidades” que comprometem a qualidade dos serviços e produtos oferecidos aos usuários, no que se refere à estrutura física inadequada, principalmente de setores críticos como lavanderia, central de esterilização, três UTIs e ainda referente às questões organizacionais, inoperância da comissão de controle de infecção hospitalar, oferecendo riscos inclusive à saúde dos trabalhadores.
 
- Agravando a situação, o serviço não possui protocolos validados e implementados do controle de qualidade da esterilização dos materiais na autoclave e esterilização química (glutaraldeido), e até o momento não providenciou a atualização dos manuais de procedimentos de todos os setores do hospital.
 
- Diante desta constatação, a Vigilância Sanitária decidiu pela interdição dos serviços de lavanderia e central de esterilização por funcionar em desacordo com as legislações sanitárias vigentes. A interdição foi feita após um prazo de 72 horas estabelecido para que a direção tomasse providências mínimas e que justificassem a suspensão da interdição.
 
- As demais “não conformidades” tiveram um prazo de 45 dias para serem solucionadas por meio de Termo de Notificação.
 
- A Secretaria informa, por outro lado, que a Santa Casa não tem alvará de funcionamento por conta dessas irregularidades. Informa ainda que quatro hospitais de Cuiabá possuem hoje alvará de funcionamento: Amecor, Hospital Otorrino, Hospital São Mateus e Hospital Ortopédico. O Hospital Geral está em fase de renovação de alvará. O Pronto Socorro e Hospital Municipal de Cuiabá será adequado este ano às normas da Anvisa com recursos do Qualisus, cujo projeto já foi aprovado pelo Ministério da Saúde. Os demais hospitais existentes em Cuiabá estão em fase de inspeção.
 
- A Secretaria de Saúde de Cuiabá se viu obrigada a adotar a interdição para preservar os pacientes e trabalhadores da instituição. Como as irregularidades aumentaram em grande proporção, ao invés de reduzirem com as constantes notificações da Vigilância Sanitária, a SMS teve que adotar providências para não correr o risco de expor pacientes e trabalhadores a riscos.
 
- Que a SMS não adotou esta medida antes por entender o alcance social dos serviços oferecidos pela Santa Casa acreditando na disposição da diretoria em solucionar os problemas, mesmo que em etapas.
 
- Que o único interesse da SMS é de garantir uma parceria com a Santa Casa e quaisquer instituições de saúde da rede privada, filantrópica ou pública e que resulte em ações positivas na promoção da saúde do usuário do SUS.
 
- Sobre os repasses à Santa Casa, a SMS esclarece que existem pendências relativas ao mês de dezembro de 2007 com todos os hospitais da rede contratada pelo SUS/Cuiabá. São restos a pagar de 2007 e que a secretaria está repassando parceladamente aos hospitais, como aconteceu em janeiro e fevereiro e será feito nos meses seguintes até que a dívida seja quitada. Que todos os hospitais recebem o mesmo tratamento da gestão pública municipal. Que a secretaria divulga, desde o mês de fevereiro/08, o balanço financeiro da pasta, demonstrando total transparência com o gasto do dinheiro público.

Assessoria

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • LUIZ FERNANDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A SITUAÇÃO É MAIS GRAVE NO INTERIOR DO ESTADO. APENAS 10% DOS HOSPITAIS DE MT TEM ALVARÁ PARA FUNCIONAR, O RESTANTE FUNCIONA DE MANEIRA PRECÁRIA SEM AS CONDIÇÓES SANITÁRIAS NECESSÁRIAS PARA FUNCIONAR E MUITO MENOS PARA UM ATENDIMENTO DIGNO E HUMANIZADO NÃO ATENDENDO AOS MINIMOS CRITÉRIOS DE AMBIÊNCIA!!!
    A SITUAÇÃO É MAIS GRAVE NOS LEITOS DE UTI QUE NÃO GARANTEM AS NORMAS ESTABELECIDOS PELO MS E NEM ESTÃO CREDENCIADOS!!!É UMA VERGONHA!!!
    LUIZ FERNANDO ROGÉRIO
    GESTOR DE HOSPITAIS E SERVIÇOS DE SAÚDE

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...