Últimas

Terça-Feira, 29 de Abril de 2008, 20h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

SEGURANÇA PÚBLICA

Nota de esclarecimento SMS sobre interdição no Santa Casa

   A Secretaria de Saúde de Cuiabá faz os seguintes esclarecimentos sobre a ação da Vigilância Sanitária realizada nesta terça na Santa Casa de Misericórdia:
 
- A Vigilância Sanitária realiza inspeções periódicas em todos os estabelecimentos de saúde de Cuiabá, cumprindo determinação da Anvisa.
 
- Cresceu em 30% o número de irregularidades encontradas no referido hospital nos últimos três anos: 424 irregularidades em 2006; 490 em 2007; e 639 irregularidades em 2008.
 
- Estas 639 irregularidades foram detectadas na última inspeção realizada nas dependências da Santa Casa nos dias 17, 18 e 19 de março de 2008.
 
- De acordo relatório produzido pela equipe técnica responsável por esta inspeção sanitária, ficou constatado que o hospital continua apresentando “não conformidades” que comprometem a qualidade dos serviços e produtos oferecidos aos usuários, no que se refere à estrutura física inadequada, principalmente de setores críticos como lavanderia, central de esterilização, três UTIs e ainda referente às questões organizacionais, inoperância da comissão de controle de infecção hospitalar, oferecendo riscos inclusive à saúde dos trabalhadores.
 
- Agravando a situação, o serviço não possui protocolos validados e implementados do controle de qualidade da esterilização dos materiais na autoclave e esterilização química (glutaraldeido), e até o momento não providenciou a atualização dos manuais de procedimentos de todos os setores do hospital.
 
- Diante desta constatação, a Vigilância Sanitária decidiu pela interdição dos serviços de lavanderia e central de esterilização por funcionar em desacordo com as legislações sanitárias vigentes. A interdição foi feita após um prazo de 72 horas estabelecido para que a direção tomasse providências mínimas e que justificassem a suspensão da interdição.
 
- As demais “não conformidades” tiveram um prazo de 45 dias para serem solucionadas por meio de Termo de Notificação.
 
- A Secretaria informa, por outro lado, que a Santa Casa não tem alvará de funcionamento por conta dessas irregularidades. Informa ainda que quatro hospitais de Cuiabá possuem hoje alvará de funcionamento: Amecor, Hospital Otorrino, Hospital São Mateus e Hospital Ortopédico. O Hospital Geral está em fase de renovação de alvará. O Pronto Socorro e Hospital Municipal de Cuiabá será adequado este ano às normas da Anvisa com recursos do Qualisus, cujo projeto já foi aprovado pelo Ministério da Saúde. Os demais hospitais existentes em Cuiabá estão em fase de inspeção.
 
- A Secretaria de Saúde de Cuiabá se viu obrigada a adotar a interdição para preservar os pacientes e trabalhadores da instituição. Como as irregularidades aumentaram em grande proporção, ao invés de reduzirem com as constantes notificações da Vigilância Sanitária, a SMS teve que adotar providências para não correr o risco de expor pacientes e trabalhadores a riscos.
 
- Que a SMS não adotou esta medida antes por entender o alcance social dos serviços oferecidos pela Santa Casa acreditando na disposição da diretoria em solucionar os problemas, mesmo que em etapas.
 
- Que o único interesse da SMS é de garantir uma parceria com a Santa Casa e quaisquer instituições de saúde da rede privada, filantrópica ou pública e que resulte em ações positivas na promoção da saúde do usuário do SUS.
 
- Sobre os repasses à Santa Casa, a SMS esclarece que existem pendências relativas ao mês de dezembro de 2007 com todos os hospitais da rede contratada pelo SUS/Cuiabá. São restos a pagar de 2007 e que a secretaria está repassando parceladamente aos hospitais, como aconteceu em janeiro e fevereiro e será feito nos meses seguintes até que a dívida seja quitada. Que todos os hospitais recebem o mesmo tratamento da gestão pública municipal. Que a secretaria divulga, desde o mês de fevereiro/08, o balanço financeiro da pasta, demonstrando total transparência com o gasto do dinheiro público.

Assessoria

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • LUIZ FERNANDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A SITUAÇÃO É MAIS GRAVE NO INTERIOR DO ESTADO. APENAS 10% DOS HOSPITAIS DE MT TEM ALVARÁ PARA FUNCIONAR, O RESTANTE FUNCIONA DE MANEIRA PRECÁRIA SEM AS CONDIÇÓES SANITÁRIAS NECESSÁRIAS PARA FUNCIONAR E MUITO MENOS PARA UM ATENDIMENTO DIGNO E HUMANIZADO NÃO ATENDENDO AOS MINIMOS CRITÉRIOS DE AMBIÊNCIA!!!
    A SITUAÇÃO É MAIS GRAVE NOS LEITOS DE UTI QUE NÃO GARANTEM AS NORMAS ESTABELECIDOS PELO MS E NEM ESTÃO CREDENCIADOS!!!É UMA VERGONHA!!!
    LUIZ FERNANDO ROGÉRIO
    GESTOR DE HOSPITAIS E SERVIÇOS DE SAÚDE

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.