Últimas

Domingo, 09 de Setembro de 2007, 00h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

VARIEDADES

Nota de esclarecimento

NOTA DE ESCLARECIMENTO
 
JOÃO BATISTA BENEVIDES DA ROCHA (TITO), cidadão brasileiro, afligido por acusações caluniosas promovidas pelas Construtoras MTM e São Benedito que foram publicadas em 03/09/07 na matéria jornalística do site RDNEWS, o qual é amplamente acessado, considerando o grande número de comentários registrados (26), vem a público esclarecer o seguinte:
 
1.º        Na citada matéria, o cabeçalho da reportagem induz os leitores maliciosamente em favor da Construtora MTM e SÃO BENEDITO quando o advogado da construtoras, senhor Leonardo Maluf, fala que a “Ação é de Má-Fé”, ao não me considerar como presidente do bairro. Relembro ao operador de direito que o processo é de AÇÃO POPULAR, que pode ser promovida por qualquer cidadão em pleno gozo de seu direito político, o que é meu caso conforme Certidão do Cartório Eleitoral da 1ª Zona, sendo que, se houver Má Fé, terá de ser caracterizada nos autos. Quanto à Presidência do Bairro, sou sim Presidente da AMTENA – Associação de Moradores do bairro Terra, PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO, conforme Ata de Eleição e Posse devidamente registrada no Cartório Notarial do 1.º Ofício da Capital.
 
2.º        O advogado das Construtoras, comenta somente sobre o TAC, nada mais, se assegurando apenas em um acordo administrativo. Este representante das Construtoras desconsidera toda a legislação pertinente, Leis Complementares de Edificação, Código de Postura, Código Ambiental, Estatuto das Cidades, aonde cada uma determina uma licença específica para a implantação de empreendimentos, sendo que, com a apresentação de toda a documentação também deverá constar a Cadeia Centenária Dominial do Imóvel que se encontra dentro da Reserva Ecológica do CPA, criada pela Lei 2.681 de 06.06.89 pelo douto vereador ESTEVÃO TORQUATO, a qual proíbe toda obra de construção civil na área, para preservação deste Patrimônio Público Ambiental. O que o advogado das construtoras nem cogita.
 
            A AMTENA IRÁ REQUERER A REVOGAÇÃO DO TAC JUNTO À PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA, e caso não se obtenha a revogação, efetuaremos os devidos procedimentos junto às Instâncias Judiciárias Superiores, tanto o Conselho Superior do Ministério Público quanto ao Conselho Nacional de Justiça, e até a Organismos Internacionais, porque esta degradação ambiental se trata de violação ao TRATADO DE KIOTO.
 
3.º        O repasse no valor de R$ 500.000,00 à SANECAP por conta do TAC, segundo alega as Construtoras, deverá servir de Inquérito Civil a ser promovido em posterior representação, pois a Placa Identificadora da “Obra Pública” de canalização do esgoto do empreendimento em litígio, consta apenas o valor de R$ 350.000,00. Deverá mais uma vez o Ministério Público Estadual apurar e PUNIR, e não fazer TAC com quem escondeu a diferença de R$ 150.000,00.
4.º        A 1.ª NOTIFICAÇÃO da AMTENA às Construtoras foi recebida e assinada com caneta azul pelo advogado funcionário da empresa, filho de outro advogado Dr. Zaim, sendo que após consulta ao seu genitor, o mesmo rasurou as assinaturas com caneta preta. A autenticidade do documento poderá ser atestada por perícia técnica. Como não houve o recebimento das Notificações, enviei por FAX a 2.ª NOTIFICAÇÃO conforme documento comprobatório nos autos. As Construtoras foram notificadas sim.
5.º        O diploma apresentado pelo sr. Aldo Perez qualificando-o como presidente do bairro NÃO TEM VALIDADE, porque a AMTENA – Associação de Moradores do Bairro Terra Nova, não é filiada à UCAMB, conforme ata devidamente registrada no Cartório Notarial do 1.º Oficio da Capital. A longa dedicação ao movimento comunitário causou prejuízos financeiros que hoje aflige a minha prole, razão de ter sofrido restrição à liberdade por inadimplência alimentícia, cujo assunto é tratado como SIGILO pela Justiça, sendo que, por tornar pública esta situação, o sr. Aldo sofrerá mais esta ação de reparação por danos morais, além de falsidade ideológica como suposto presidente do bairro Terra Nova. A ação em trâmite na 17ª Vara Cível foi impetrada em face da minha pessoa física, numa tentativa de golpe jurídico do sr. Aldo, pois, não tinha como atingir a pessoa jurídica da AMTENA dado a sua desfiliação da UCAMB e pelo trâmite legal do processo eletivo. A ilegitimidade da parte requerida no processo deverá ser sentenciada em breve pelo juízo. A população cuiabana já está entendendo o que a comunidade do bairro Terra Nova já sabia sobre o verdadeiro objetivo da pessoa acima citada. 
6.º        O documentado e registrado encontro do representante da construtora com o “pseudo” presidente do bairro (foto), tornou mais claro à população cuiabana o conluio de ambos na tentativa de desvio do foco pelas Construtoras MTM e São Benedito, quanto a sua responsabilidade civil e penal no que tange à gravíssima infração ambiental cometida com a confecção do citado empreendimento.
            Sem mais para o momento, é o que tinha a esclarecer.
            Cuiabá, MT, 08 de setembro de 2007.
 
 
 
            JOÃO BATISTA BENEVIDES DA ROCHA – TITO
            PRESIDENTE DA AMTENA


PS: A AÇÃO CIVIL PÚBLICA já está também sendo protocolada.
 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...