Últimas

Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2009, 21h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

BARRA DO GARÇAS

Nota de Solidariedade do PC do B e do PT a Chaparral

   A verdade tem que ser restabelecida!

   A luta continua!

   Por: Diretório Municipal de Barra do Garças do Partido Comunista do Brasil (PC do B) e Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT)

    O Governo Chaparral que foi também governo do Partido dos Trabalhadores, do PC do B, e outras forças progressistas em sua Gestão fez uma nova equação entre o econômico e o social. Foi um outro modelo e por isso produziu outros resultados, de inclusão social, mais educação, mais saúde, inclusão digital, respeito à diversidade, valorização do ser humano.
    Barra do Garças de uma terra de ninguém foi uma terra de todos e para todos. Foi uma ruptura com a centralização do poder, com a corrupção, com a mais valia. A democracia prevaleceu, porém na correlação de forças o que há de mais retrógrado na política do país voltou ao poder em Barra do Garças e desde o dia 1º de janeiro de 2009 tudo tem sido feito para apagar este momento histórico da esquerda e das forças  progressistas. E para essa proeza os Gestores atuais não têm limites em sua saga de ódio e de desrespeito aos direitos mais elementares.
     Chaparral, as funcionárias citadas (concursadas legitimamente, competentes, honestas e éticas) e o ex-secretário não cometeram nenhum crime, não se envolveram em negociatas ou algo que o valha.
     Mesmo sem provas, o prefeito atual e seus subordinados forjam denúncias, demitem funcionários, cortam salários (exonerou sem sindicância o presidente do PC do B e outros).Os amigos e companheiros que têm travado essa luta ao lado de Chaparral e dos servidores/as perseguidos/as tem o objetivo de apresentar argumentos e mostrar  razões de forma simples e direta para que todos/as entendam a enorme injustiça cometida contra quem nada quer além de combater a injustiça e restabelecer a verdade.
     Não houve enriquecimento ilícito por parte de nenhum dos denunciados não há nenhum indício de enriquecimento de Chaparral ou dos servidores/as que prestaram serviços aos munícipes barra-garcenses. Para que sejam respeitados os princípios constitucionais do contraditório, da ampla defesa, da individualização da responsabilidade penal e da dignidade da pessoa humana, não se exige da acusação uma descrição exagerada dos fatos, mas é necessário descrever minimamente a correlação entre os fatos imputados e as condutas de cada acusado.
    A denúncia não é sucinta nem clara, não descreve as ligações dos acusados com as condutas supostamente ilícitas e por isso não é apta para desencadear um processo criminal contra os acusados/as.  E ninguém pode ser incriminado somente em função do exercício de cargo. Todos têm o direito da presunção da inocência e não da culpa, como está acontecendo no Governo Farias, sabemos que o ônus da prova cabe ao acusador e não ao acusado. Temos de defender o processo legal e o direito de defesa. Isso não está acontecendo, forja-se uma situação hipotética e não se tem limites em perseguir pais, mães de famílias, filhas/os, irmãs/ãos, pessoas de bem, honestas e com serviços prestados ao povo de nossa terra.
    Temos compromisso com a luta contra a corrupção. Falamos isso olhando nos olhos de cada cidadão e cidadã barra-garcense. Não há nada na vida desses cidadãos e cidadãs que comprove o contrário. Em todos os cargos que ocuparam, em todas as funções que desempenharam, combateram a corrupção.
     Repudiamos o período de exceção que estamos vivendo sem o menor resquício de provas, atropelando as mais elementares normas do direito, a campanha difamatória teve por base única e exclusivamente alegações, ilações e mentiras, assacadas contra esse defensor de primeira linha da classe trabalhadora, atacado porque ousou escrever uma história de luta e compromisso com Barra do Garças e seu povo.
    Temos a convicção de que essa odiosa perseguição a que o companheiro Chaparral está sendo vítima é movida contra um projeto político nutrido pela força e a esperança de centenas de homens e mulheres que derrotaram o neoliberalismo e que continuam firmes na luta por uma Barra Bela e Melhor para Todos/as.
    É compreensível que setores de uma sociedade conservadora como a nossa tenham dificuldade para aceitar que alguém com semelhante história possa chegar onde chegou, ainda que por meios legais e constitucionais, como o voto. O inadmissível é que, em nome da divergência ideológica ou política, queiram tirá-lo da vida pública e para isso não importa em arrastar pessoas que dedicaram sua vida como funcionário/a pública em bem servir a sociedade.
    Na verdade na denuncia específica, o pano de fundo, é a tentativa de privatização das Águas Quentes a exemplo do que ocorreu com a privatização do Sistema de Água e esgoto pelo atual prefeito em sua gestão anterior.

   Fátima Aparecida Resende - presidente do diretório municipal do PT
   Paulo Henrique, presidente do diretório municipal do PC do B

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...